Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Interclube campeo nacional feminino

JUSCELINO DA SILVA - 25 de Agosto, 2018

A base Italle Lucas, da equipa da Polcia Nacional, foi considerada a MVP da competio.

Fotografia: Jornal dos Desportos

Em dia sim de Italle Lucas, o Interclube ergueu ontem o terceiro troféu consecutivo e o décimo segundo de campeão nacional sénior feminino de basquetebol. Em meio a fortes emoções, a bandeira azul com letras brancas desfraldou no interior do pavilhão principal da Cidadela Desportiva pela vitória de 77-49. As lágrimas e os sorrisos de felicidade contagiaram jovens, adultos, sócios e fãs da equipa da Polícia Nacional.
A melhor equipa da fase regular fez jus ao reconhecimento público. O Interclube entrou convicto para arrumar de vez a disputa dos play off do campeonato nacional, depois da derrota sofrida no jogo anterior. Com forte ataque, Apolinário Paquete estava decidido a arrumar a equipa do Jaime Covilhã. O Interclube fechou a defesa e atacou a cesta do 1º de Agosto. Os lançamentos certeiros e contra-ataques rápidos permitiram às polícias chegar ao intervalo com uma diferença de 25 pontos: 47-22.
No reatamento, a saga continuou. As meninas do Rocha Pinto mantiveram a mesma avalanche ofensiva e não permitiram às do Rio Seco veleidade. A defesa permaneceu impenetrável e o ataque furou a seu bel-prazer a cesta militar.
Longe de jogo anterior, assistiu-se a uma equipa transformada em todos os sectores. Lideradas pelas norte-americanas Italee Lucas e Roben Parkes, o Interclube estava demolidor.  A piedade do jogo anterior não teve espaço. Os cacetes venceram as metralhadoras.
No final do jogo, ficou para a história da competição nacional sénior feminina a vitória por 77-49 no quarto jogo dos play offs. As polícias estabeleceram o placard final em 3-1.
A turma da Polícia Nacional já havia vencido os dois primeiros desafios por 62-53 e 60-37, enquanto as militares triunfarem no terceiro jogo por 74-71.
Com a consagração, o Interclube redimiu-se da derrota sofrida na final da Taça de Angola diante do 1º de Agosto.
A base Italle Lucas, da equipa da Polícia Nacional, foi considerada a MVP da competição.