Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Interclube de Benguela almeja revalidar o ttulo

Gud?ncio Hamelay- Lubango - 11 de Janeiro, 2017

Equipa de Benguela apresenta fragilidade no ataque.

Fotografia: Junilson Antnio

A três dias do final do Campeonato Nacional de Basquetebol de Sub-16 feminino, o Interclube de Benguela tem as atenções viradas à revalidação do título de campeão. O técnico principal, José Pontes, reconhece que a defesa da consagração é sempre mais difícil pela acutilância das equipas participantes.

O treinador destacou que o nível competitivo das equipas femininas estão a ascender na recta final da competição em função dos jogos disputados. Nos últimos dias, prevê momentos "difíceis". José Fontes realçou que, das seis equipas presentes na prova, as cinco primeiras equilibram-se no nível competitivo. A única agremiação que se apresenta mais débil é o Benfica Petróleos do Lubango, por "perder o treinador Papy, que emigrou por razões pessoais".

Lembrou que o campeão provincial de Luanda é o Interclube e, em Benguela, ostenta o título o homónimo, Interclube. O 1º de Agosto e as Formigas do Cazenga são "grandes equipas" pela qualidade das atletas. As polícias das acácias rubras perderam por um ponto para as militares do Gama e por 57-84 para as formigas. Por isso, "existe equilíbrio até a 5ª classificada".

O treinador preveniu aos colegas à gestão de jogadoras na "fase decisiva" porque "vai mesmo a doer". Quanto à realização das competições nacionais, em Luanda e Lubango, o treinador do Interclube de Benguela considerou louvável a aposta da Federação Angolana de Basquetebol. É uma "política bem desenvolvida anualmente nos escalões de formação e a acção estimula a promoção da massificação", segundo José Pontes.

Enalteceu a boa política do Interclube de Benguela no fomento dos escalões de formação. O lançamento do trabalho de base visa ressurgir a equipa sénior nos próximos anos, com uma base de sustentação. A título de exemplo, disse que o clube apareceu nas lides desportivas com uma equipa sénior na primeira época. No ano passado, posicionou-se à frente do Desportivo do Maculusso na competição sénior "e isso foi muito bom".

"É um indicador que Benguela vai aparecer com mais uma equipa sénior feminina dentro de dois a três anos. Estamos no caminho certo", perspectivou.

SUPREMACIA
DE LUANDA

José Pontes admitiu que as equipas de Luanda, sobretudo, as masculinas, transportam supremacia em relação às de outras províncias que participam no campeonato nacional de Sub-16, em ambos os sexos, por realizarem muitos jogos. Indicou que a equipa masculina do Sporting Clube de Benguela tem bons executantes, mas faltou-lhes disputar o campeonato provincial para se apresentar melhor na prova.

A equipa está a subir de forma gradual e "se disputar a fase final não é surpresa nenhuma". Por questões administrativas, a equipa não se fez presente na competição interna de Benguela. José Pontes asseverou que as equipas masculinas do Interclube e do Petro de Luanda são as potenciais candidatas ao troféu nessas provas.

A organização e a qualidade das equipas colocam-nas na liderança da lista das candidatas. Pelo trabalho feito nos escalões de formação, não se pode descurar do Sporting de Benguela, "uma equipa bem moldada que possui atletas com técnica individual bem apurada". O negativo da agremiação "é a falta de maturidade competitiva".

Quinta Jornada
Jogo de “polícias” agita hoje Lubango

O Interclube de Luanda e o Interclube de Benguela defrontam-se hoje, às 10h00, no pavilhão do Benfica do Lubango, em desafio da quinta jornada da 27ª edição do Campeonato Nacional de Basquetebol de Sub-16 feminino. A partida de cartaz desperta interesse aos aficionados que afluem diariamente em massa nos recintos de jogos. Trata-se de duas equipas equiparadas e com técnicas de execução bem apuradas.

Ontem, o dia foi reservado para o repouso das equipas e o técnico do Interclube de Benguela, José Pontes, aproveitou para fazer um treino ligeiro de uma hora. O restante período do dia foi de descanso das atletas.  Em declarações ao Jornal dos Desportos, José Pontes disse que o dia serviu igualmente para reflexão sobre o último jogo da fase regular diante do Interclube de Luanda.

A estratégia já está definida para "alcançar a outra fase", apesar de enfrentar um grupo "com mais experiência competitiva". A contenção da bola e lançamento na casa dos 20 segundos é o modelo a adoptar. "São duas equipas equiparadas, independentemente da forte experiência do Interclube de Luanda. Esperamos um bom desempenho e bom espectáculo", disse José Pontes que assegura não dever "em nada" à equipa adversária do jogo de hoje.

O treinador reitera que a ostentação do título de campeã faz com que a equipa não pode "defraudar" diante do Interclube de Luanda, um conjunto que ganhou nas quatro jornadas disputadas. No entanto, "os objectivos das benguelenses continuam intactos". No lado das "caluandas", o treinador João Manuel reitera que a equipa ainda não ganhou nada, apesar de somar quatro vitórias consecutivas. O molde de disputa foi "desgastante" para as atletas em formação.

"Já conseguimos ressentir por jogar num clima de elevada altitude e, diante das anfitriãs, prevemos dificuldades", disse João Manuel que garantiu continuar a trabalhar com a mesma atitude para vencerem o jogo de hoje. O único treinador do 1º de Agosto presente na competição disse que a equipa fez algumas rectificações para o jogo com o Benfica do Lubango, hoje, às 12h00.

A distância que separa a equipa da liderança é uma questão de manter a fé e muito trabalho. "Vamos continuar a lutar até o fim do evento numa prova equilibrada", disse. O Sporting Clube de Benguela mede forças com as Formigas do Cazenga, em partida marcada para as 11h00, no pavilhão Multiuso da Nossa Senhora do Monte.
GH| NO LUBANGO

NACIONAL MASCULINO
Quartos-de-final
aquecem
os pavilhões


O Campeonato Nacional de Basquetebol da categoria de Sub-16 masculino entra hoje na sua fase crucial com a disputa dos jogos dos quartos-de-finais e das classificativas. No pavilhão Multiuso da Nª Sr.ª do Monte, decorre às 9h00 o confronto entre os quintos classificados de cada grupo.

Para os quartos-de-finais defrontam-se hoje, às 11h00, no pavilhão Multiuso da Nª Sr.ª do Monte, o 1º classificado da série A e o 4º classificado do grupo B. Às 14h00, no pavilhão do Benfica do Lubango, jogam o 2º classificado do grupo A e o 3º classificado da série B.
 
O desafio que opõe o 3º classificado do grupo A e 2º classificado do grupo B está aprazado para as 16h00, no pavilhão do Benfica do Lubango. O 4º classificado do grupo A, medem forças com o 1º classificado da série B, às 8h00, no mesmo recinto.
GH| NO LUBANGO