Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Interclube e 1 de Agosto ultimam preparao para taa do campees

Melo Clemente - 27 de Novembro, 2014

Embaixadoras do pas traam o caminho da consagrao a partir de amanh com a disputa da primeira jornada da Liga Africana

Fotografia: Dombele Bernardo

As formações do Grupo Desportivo Interclube e 1º de Agosto realizam hoje a última sessão de treinos, antes da estreia amanhã na fase final da Taça dos Clubes Campeões Africanos de basquetebol sénior feminino, prova a disputar-se até ao dia 7 de Dezembro, em Sfax, Tunísia. Adaptadas praticamente ao clima daquele país do norte de África, que a partir de amanhã acolhe a maior competição continental a nível de clubes, militares e polícias fazem esta manhã os últimos acertos para uma estreia auspiciosa na prova.

Após o brilharete no Zonal VI de Maputo, onde conquistaram os dois passes de acesso à fase final da aludida competição, as embaixadoras angolanas pretendem manter a mesma classe na luta pelo título africano, que amanhã começa a ser jogado. A formação do Grupo Desportivo Interclube, actual campeã africana, partiu com a missão de reconquistar o ceptro, que a acontecer pode ser o quarto no historial da equipa adstrita à Polícia Nacional.

Manuel Sousa “Necas”, antigo internacional angolano, hoje treinador principal da equipa da Polícia, não escondeu o desejo de trazer para o país a coroa, apesar de desconhecer o poderio das equipas que vão disputar a XX edição da Taça dos Clubes Campeões Africanos.  Depois de estar ligado durante largos anos ao basquetebol masculino, o bicampeão africano pela Selecção Nacional sénior decidiu abraçar o desafio colocado pela direcção do grémio liderado por Alves Simões.

Também com um treinador “novo” (Jaime Covilhã), o Clube 1º de Agosto vai em busca do seu segundo anel continental. Tal como o Interclube,  a equipa rubro - negra assumiu igualmente a luta pelo título africano, tarefa considerada difícil pelo técnico Jaime Covilhã. “Vai ser uma competição extremamente difícil a julgar pelo valor das nossas adversárias, mas ainda assim, vamos lutar pela coroa africana”, disse Jaime Covilhã em véspera da sua viagem para o palco da competição.

Para além das representantes angolanas (1º de Agosto e Interclube), a prova vai contar com a participação das formações dos Golfinhos e First Bank da Nigéria, INJS Camarões, INSS da República Democrática do Congo, USIU Chamas KPA e Quénia, US Beau Bassin Maurícias e a equipa anfitriã (Clube Sfaxien).

A edição 19 da Taça dos Clubes Campeões Africanos foi disputada em 2013, em Meknes, Marrocos, e o título africano foi ganho pelo Interclube, formação que conta já com três troféus conquistados. São 12 clubes de sete países que  ganharam a medalha de ouro nesta competição: Bopp do Dakar UC (3) e AS do Senegal (1), Interclube (3) e 1º de Agosto (1) Maxaquene (1), Académica (1), Desportivo (2) e Liga Muçulmana (1) de Moçambique, Tourbillon (2) da República Democrática do Congo, Djoliba AC (1), First Bank (2) e do Estádio da Tunísia (1).

Taça dos Clubes
Campeões nacionais continuam desfalcados


A formação do Recreativo do Libolo prossegue de forma animada a preparação em Portugal, para a disputa da fase final da Taça dos Clubes Campeões Africanos de basquetebol em seniores masculino, prova a decorrer de 12 a 21 de Dezembro, na Tunísia, ainda desfalcado das suas principais unidades.
Trata-se de Carlos Morais, Olímpio Cipriano, ambos extremos bases, Francisco Machado, poste, e o base Braúlio Morais.

Os atletas acima referenciados estão já na fase final da recuperação, mas devem mesmo falhar a disputa da XIX edição da Taça dos Clubes Campeões Africanos, conforme apurou o Jornal dos Desportos. Apesar destas contrariedades, o técnico Norberto Alves acredita numa campanha exitosa da sua colectividade que passe pela conquista do título africano, depois de ter ficado com a medalha de bronze na edição passada.

Em terras portuguesas, os actuais campeões nacionais têm agendado jogos de controlo com formações do país ibérico. Entretanto, a equipa do 1º de Agosto escolheu  Luanda, para efectuar toda a sua preparação com vista à disputa da fase final da Taça dos Clubes Campeões Africanos da “bola ao cesto”. Com oito troféus conquistados, o Clube 1º de Agosto é o conjunto mais titulado do continente berço. Hoje, a equipa militar realiza mais uma sessão de treinos, no Pavilhão Victorino Cunha.
M.C

LUTO
Higino Garcia “Fuba”
vai hoje a enterrar


Higino Domingos Garcia “Fuba”, antigo treinador da equipa sénior feminina de basquetebol do 1º de Agosto, vai hoje a enterrar no cemitério de Santa Ana, em Luanda. “Coach Fuba"”como era carinhosamente tratado nas lides da “bola ao cesto” faleceu esta terça-feira, vítima de doença.

Ao serviço do Clube Central das Forças Armadas Angolanas, Higino Garcia arrebatou vários títulos, entre os quais de campeão nacional. Higino Domingos Garcia “dedicou valiosos anos da sua vida em prol do desenvolvimento do Clube Desportivo 1º de Agosto, onde emprestou a sua sapiência por mais de 20 anos como treinador da modalidade de basquetebol”, lê-se no comunicado publicado no site do clube rubro - negro.
A direcção do Jornal dos Desportos endereça à família enlutada os sentimentos de pesar. 

NBA
Toronto Raptors
vencem Phoenix


Os Toronto Raptors venceram os Phoenix Suns em casa por 104-100  na madrugada desta terça-feira e são agora a equipa com melhor registo, a par dos Memphis Grizzlies, com 12 vitórias e duas derrotas.  Os Raptors desde cedo assumiram a liderança do marcador e à entrada para o quarto período, já venciam por 15 pontos de vantagem  por 66-81. O poste da Lituânia, Jonas Valanciunas, foi a grande figura da equipa e do encontro, terminou com 27 pontos e 11 ressaltos. O base/extremo DeMar DeRozan juntou 23 pontos para consolidar a 12ª vitória da época.

Os Phoenix Suns, com sete triplos em dez tentativas no último período, que venceram por 34-24, ainda recuperaram da larga desvantagem, mas não conseguiram a reviravolta. Na equipa de Arizona, destaque para o base Eric Bledsoe, que terminou a partida com 25 pontos, seis assistências, dois roubos de bola e dois desarmes de lançamento.

No polo oposto da classificação, os Philadelphia 76'ers continuam a ter um desempenho negativo. Esta madrugada, em casa, frente a Portland, somaram a 14º derrota consecutiva  por 104-114. Ao intervalo, a equipa da casa vencia por 52-50 e espreitava assim a primeira conquista da época.

Mas no regresso dos balneários, LaMarcus Aldridge acabou com essa esperança, virou  o jogo - o poste dos Portland Trailblazers somou 33 pontos e 11 ressaltos, ajudou a assegurar a 11ª vitória. O base Michael Carter-Williams foi o melhor jogador da equipa de Philadelphia, com 24 pontos, sete ressaltos e dois roubos de bola.  Várias surpresas têm marcado o início de temporada na melhor liga do mundo, com as melhores equipas a não justificarem o estatuto que ostem actualmente.