Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Interclube e Crisngunza encerram a segunda fase

Juscelino da Silva - 15 de Fevereiro, 2018

Fotografia: Edies Novembro

O Interclube e Crisngunza defrontam-se amanhã, às 18h00, na última das três partidas em atraso, agendadas para esta semana, da segunda fase do campeonato nacional de basquetebol. A partida é disputada no pavilhão Acácias Rubras, palco que albergou a primeira partida vencida pelos polícias por 99-65.
As três partidas remarcadas pela Federação Angolana de Basquetebol, em virtude da data FIBA, fecham a segunda fase da Unitel Basket 2017-2018.
Ontem, na segunda partida, os rapazes de Manuel Sousa voltaram-se a superiorizar-se diante dos anfitriões, liderados por Manuel da Silva \"Pipas\". Hoje, o dia está reservado para folga das duas equipas.
O comité organizador do Unitel Basket faz disputar hoje, às 18h00, no Arena do Kilamba, o jogo entre o Atlético Sport Aviação e Marinha de Guerra.
Na tabela de classificação geral, o 1º de Agosto lidera a competição com 37 pontos em 19 jogos disputados.
A equipa afecta às Forças Armadas Angolanas soma apenas uma derrota diante do Sport Libolo e Benfica.
Na segunda posição está, de pedra e cal, o Sport Libolo e Benfica. A equipa de Raul Duarte persegue os militares com 36 pontos. Na terceira e penúltima fase, a equipa de Cuanza Sul deve manter os altos níveis para sonhar com o título.
A três pontos do líder está o Petro de Luanda na terceira posição. A agremiação de Lazaré Adingono procura ajustar a veterania e a juventude na prova dominada pelo 1º de Agosto. As derrotas sofridas fazem parte do passado e a equipa precisa de nova mentalidade para a nova fase.
Sem presidente de direcção, \"o cockpit\" está entregue a Carlos Dinis. O treinador do Atlético Sport Aviação procura manter-se entre os quatro melhores da competição para sonhar com a \"final four\" da Unitel Basket 2017-2018. Os 29 pontos, três a mais que o perseguidor directo, dão alguma segurança relativa os aviadores.
Na quinta posição, com 26 pontos, o Interclube luta para voltar a constar entre os melhores da competição. Agora sob a filosofia do angolano Manuel de Sousa \"Necas\", os polícias procuram esquecer as desilusões da fase anterior sob comando do português Alberto Babo. Longe do quarteto, a única saída na fase seguinte é impor a sua vontade sobre os adversários.
Sem a performance da equipa \"mãe\", a Marinha de Guerra continua sem acertar os torpedos. Os marinheiros com 25 pontos na sexta posição \"lidera\" uma competição à parte.
A Academia Helmarc com 24 pontos na sétima posição atravessa um momento não bom. Os salários atrasados podem comprometer o regresso da equipa à competição.

No bairro Maculusso, os gestores estão sensibilizados com os 23 pontos do Vila Clotilde. A equipa ocupa a oitava posição, longe da cauda.
A um ponto do \"lanterna vermelha\" está a Universidade Lusíada com 23 pontos na nona posição. Os estudantes perderam o fôlego do passado e cumprem apenas o calendário.
Sem alternativa para sair da cauda, o Crisngunza de Benguela é o \"bombom\" da Unitel Basklet 2017-2018. Os meninos do antigo basquetebolista Pipas precisam de \"deuses\" para fazerem a reviravolta. A qualidade dos atletas estão muitos furos abaixo das equipas de Luanda.


REGRESSO À QUADRA
Terceira Fase começa a 1 de Março

A terceira fase do Unitel Basket 2017-2018 começa no dia 1 de Março com o Atlético Sport Aviação a receber Crisngunza no Arena do Kilamba, às 18h00. O jogo entre os aviadores e benguelenses pode definir o percurso dos meninos da cidade das acácias rubras.
Noutras partidas, a Academia Helmarc recebe no mesmo dia e palco o 1º de Agosto, às 20h30. A derrota dos anfitriões é uma certeza. Do outro lado da quadra, vão estar os líderes da competição.
No dia 2 de Março, às 20h00, a Arena do Kilamba recebe o jogo entre o Interclube e o Sport Libolo e Benfica. É o primeiro jogo mais importante da terceira fase. Os polícias vão procurar ajustar as contas das fases anteriores. Agora na versão Necas, o equilíbrio vai ditar a contenda.
No mesmo pavilhão, às 17h30, o Atlético Sport Aviação vai receber a Universidade Lusíada. Os aviadores vão entrar na quadra com a dose de favoritismo face ao investimento feito na posição cinco.
Antes, o Arena do Kilamba testemunha a disputa entre a Marinha de Guerra e o Petro de Luanda. Os marinheiros têm argumentos para contrapor a avalanche dos jovens animados do eixo-viário.
Na abertura do dia, às 15h00, o Vila Clotilde vai confirmar a vitória ante o Crisngunza de Benguela.
JUSCELINO DA SILVA