Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Interclube regressa ao 28 de Fevereiro

Juscelino da Silva - 24 de Fevereiro, 2020

Fotografia: Vigas da Purificao | Edies Novembro

Depois de três dias a trabalhar no pavilhão Victorino Cunha, casa do 1º de Agosto, o Interclube regressa hoje ao seu "quartel-general" para preparar as disputas da quinta e da sexta jornadas da terceira volta do campeonato nacional sénior masculino de basquetebol. O pavilhão 28 de Fevereiro beneficiou de restauração para oferecer melhores condições aos atletas, treinadores e o público.
O interregno no último final de final, resultante da janela FIBA-Mundo, facilitou à equipa da Polícia Nacional pintar todas as instalações e reparar o pavimento. As queixas dos agentes desportivos foram prontamente atendidas pela direcção liderada por Alves Simões.
A partir das 10h00 de hoje, o treinador principal Raul Duarte e os pupilos estreiam-se num ambiente mais confortável. A nova quadra apresenta visual diferente do anterior. É mais atractiva. As marcações no piso têm maior visibilidade. O lixo foi evacuado. As tabelas, aros e placard electrónico, que constituíam maiores preocupações, voltaram a dar o ar da sua graça.
Para empreender mais dinamismo à competição, Raul Duarte ensaia os diagramas com que deve actuar nos próximos dois jogos. O terceiro lugar na competição é o último objectivo. Os "polícias" têm plantel para equilibrar os jogos com o Petro de Luanda e o 1º de Agosto, os dois primeiros classificados. O topo é possível.
Além da equipa sénior, o pavilhão 28 de Fevereiro acolhe os treinos dos escalões de formação do Interclube e de algumas selecções nacionais, sempre que há em vista competições africanas. Essa é a terceira vez, que o recinto recebe obras de melhoramento.