Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Kabuscorp revalida título nacional

Sérgio V. Dias, no Cuito - 27 de Maio, 2013

Formação cabindense mantém domínio no basquetebol

Fotografia: Jornal dos Desportos

A equipa do Kabuscorp de Cabinda revalidou ontem o título de campeão nacional de basquetebol em cadeira de rodas, em seniores masculinos, ao derrotar, no Pavilhão do Sporting do Bié, no Cuito, o Complexo da Cidadela, por 71-47, quando ao intervalo vencia já por 37-26.

Com este triunfo, a formação nortenha arrebatou o seu quarto troféu, liderando desse modo o ranking nacional.

A formação cabindense foi mais feliz ao aproveitar da melhor maneira as oportunidade de que dispôs. O conjunto luandense reagiu até aonde pôde, ante a grande capacidade evidenciada pelo Kabuscorp de Cabinda.

As duas equipas, que se apuraram para a final ao ultrapassarem os Mistos do Bié e do Moxico, nas meias-finais, justificaram ao longo dos 40 minutos regulamentares do jogo que não atingiram esse desiderato por mero acaso.

Na projecção desta final, sublinhara-se já que, tanto o conjunto de Cabinda como o da Cidadela, justificaram, com todo o mérito, a presença neste duelo, que encerrou a IX edição da maior montra do basquetebol nacional em cadeira de rodas.

O Kabuscorp de Cabinda venceu a Cidadela no primeiro quarto por 21-16, no segundo por 16-10, no terceiro por 15-11 e no quarto e último por 19-10. Essa supremacia acabou por justificar a vitória no final da contenda.

De resto, o triunfo do conjunto da cidade mais ao Norte do país acabou por se justificar ante um adversário que não virou a cara à luta e que, acima de tudo, ofereceu uma óptima réplica.

Para a história, fica esta vitória da formação cabindense sobre Complexo Desportivo da Cidadela neste “Nacional” de basquetebol em cadeira de rodas, disputado de 17 a 26 de Maio.

DESEMPENHO
Certame superou as expectativas


A IX edição do Campeonato Nacional de Basquetebol em cadeira de rodas, que a cidade do Cuito, capital do Bié, acolheu de 17 a 26 do mês em curso, superou todas as expectativas.

Para lá da forma emotiva como os jogos decorreram, com as equipas intervenientes a demonstrarem grande capacidade, há também a destacar a presença do público durante os jogos.

Foi agradável testemunhar a presença do público desde o lançamento da bola ao ar, a 17 de Maio, até ao cerrar das cortinas, ontem, com a disputa de uma final emotiva entre o Complexo Desportivo da Cidadela e o Kabuscorp de Cabinda. O campeonato que o Cuito acolheu, traduziu-se num verdadeiro hino ao basquetebol em cadeira de rodas.

Uma nota relevante deste certame vai para o número de cestos convertidos que, acabou também, por superar todas as expectativas. Após a disputa da final de ontem, entre o Complexo Desportivo da Cidadela e o Kabuscorp de Cabinda, foram contabilizados 2.617 cestos convertidos.

A marca atingida supera todas as edições da prova já disputadas.O coordenador do certame, Lino Chimuco, fez questão de realçar que, nas anteriores provas, o número de pontos marcados nunca passou dos 600.

TABELA
Bié em terceiro


O Misto do Bié acabou por não deixar os seus créditos em mão alheias neste campeonato nacional de basquetebol em cadeira de rodas, que a cidade do Cuito albergou durante nove dias.

O conjunto bieno não se fez rogado, batendo-se palmo a palmo com os vários adversários que cruzarem o seu caminho nesta competição.

Pela ousadia que teve na competição, o Misto do Bié acabou por justificar, com todo o mérito, a terceira posição.

No desafio referente às classificativas do terceiro e quarto lugares, disputado sábado último, a formação biena superou a similar do Moxico, por 55-50.

A equipa do Centro de Reabilitação Física de Viana confirmou a quinta posição mercê da vitória, na última sexta-feira, por 44-22, sobre o Misto do Kwanza-Sul, que se quedou no sexto posto.

Na 7ª, 8ª, 9ª e 10ª posições quedaram-se os Mistos de Malange, Huambo, Kwanza-Norte e Benguela.

PALMARÉS
Kabuscorp lidera ranking


 Ao cabo das nove edições já disputadas do Campeonato Nacional de Basquetebol em cadeira de rodas, o Misto de Luanda, que já actuou com a designação de Fundo Lwini, e o Kabuscorp, como Misto de Cabinda, repartem os louros da competição. Eis a seguir o palmarés da prova:
 
Ano   Campeão                           Local
 
2005   Misto de Luanda       Luanda        
2006   Fundo Lwini (a)          K. Sul
2007   Fundo Lwini (a)         Huíla
2008   Fundo Lwini (a)         Cabinda
2009   Misto de Luanda     Luanda
2010   Misto de Cabinda    Benguela
2011  Misto de Cabinda    Luanda
2012   K. de Cabinda (b)   K. Norte
2013   Kab./Cidadela         Bié