Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Kevin Love brilha na vitória do Cleveland Cavaliers

25 de Dezembro, 2014

Pelos Warriors, os “splash brothers” Stephen Curry e Klay Thompson foram os principais destaques com 22 e 18 pontos.

Fotografia: DR

O extremo-poste do Cleveland Cavaliers, Kevin Love, foi um dos principais destaques da vitória por 125- 104 no reencontro  com a sua ex-equipa, o Minnesota Timberwolves. Love chegou a um double-double de 20 pontos e dez ressaltos e foi o terceiro integrante do “Big Three” dos Cavaliers a marcar 20 pontos ou mais. Kyle Irving foi o cestinha da equipa com 29 pontos, enquanto Lebron James chegou aos 24 pontos.

A jogar em casa, a equipa do Ohio sofreu a ausência de Anderson Varejão, que se lesionou no pé esquerdo, no 17º minuto, no terceiro quarto. Os colegas carregaram-no até ao banco, depois de facturar seis pontos, seis ressaltos, uma assistência e um roubo de bola. Os Cavaliers confirmaram a lesão, mas limitaram-se  a dizer que se tratava de um problema no tornozelo do pé esquerdo, sem fazer mais comentários.

O brasileiro deixou a Quicken Loans Arena com a perna imobilizada e a usar muletas. Pelos Timberwolves, o destaque foi Andrew Wiggins, cestinha da partida com 27 pontos. A equipa de Minnesota, que regista muitos desfalques, sofreu a sexta derrota consecutiva e ocupa a lanterna da Conferência Oeste, com apenas cinco vitórias em 27 jogos.

O seu próximo desafio está agendado para amanhã com o Denver Nuggets, fora de casa. Já os Cavaliers seguem na quinta posição do Leste, com 17 vitórias e dez derrotas. Na ronda de Natal, hoje, é a vez de LeBron James reencontrar-se com a sua ex-equipa, o Miami Heat, na Flórida.

Em Washington, os Wizards jogaram com o Chicago Bulls, mas foram derrotados por 99 - 91, com grande actuação do base Derrick Rose, que chegou aos 25 pontos. O espanhol Pau Gasol também se destacou ao conseguir 18 pontos e nove ressaltos, seguido de Aaron Brooks, com 13 pontos, Taj Gibson, com 12, e Jimmy Butler, com 11 pontos. O francês Joakim Noah foi o mais eficiente no jogo dentro do garrafão com 11 ressaltos.

Pelos Wizards, Nenê marcou oitos pontos e obteve cinco ressaltos. John Wall foi o cestinha da equipa com 18 pontos e nove assistências, seguido de Bradley Beal, com 15 pontos, e do polaco Marcin Gortat, que conseguiu um double-double de 14 pontos e 11 ressaltos. O veterano Paul Pierce, com 12 pontos, foi o quarto titular com pontuação de dois dígitos. Mesmo com a vitória, os Bulls mantém-se atrás dos Wizards na Conferência Leste.

A equipa de Washington está na quarta posição com 19 vitórias e oito derrotas, uma a menos que o Chicago, que vem logo atrás com a marca de 19-9. As duas equipas voltam a jogar hoje, na noite de Natal. Washington Wizards vai até Nova Iorque defrontar os Knicks no Madison Square Garden, enquanto os Bulls fazem o clássico com o Los Angeles Lakers em Chicago.

A equipa de Los Angeles surpreendeu no Staples Center ao vencer, por 115- 105, o Golden State Warriors, a equipa com a melhor campanha da liga. Mesmo sem a sua principal estrela, Kobe Bryant, que foi poupado pelo treinador, os Lakers chegaram a nona vitória na época, mas mantém-se nas últimas posições da Conferência Oeste, com 19 derrotas em 28 jogos.

Carlos Boozer foi o grande destaque da equipa de Los Angeles, com 18 pontos e nove ressaltos, seguido de Ronnie Price, com 17, e Nick Young, com 15 pontos. Além disso, outros três jogadores terminaram a partida com pontuação de dois dígitos. Pelos Warriors, os “splash brothers” Stephen Curry e Klay Thompson foram os principais destaques com 22 e 18 pontos.

Os Warriors lideram a Conferência Oeste com 23 vitórias e quatro derrotas, três a menos que o segundo colocado Portland Trail Blazers (23-7), que bateu o Oklahoma City Thunder, por 115 - 111, fora de casa.