Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Kobe Bryant pode ultrapassar Jordan

11 de Dezembro, 2014

Kobe Bryant pode ultrapassar Jordan

Fotografia: AFP

Os Lakers conseguiram a sexta vitória da época, num total de 22 jogos, frente aos Sacramento Kings, muito por culpa de Bryant, que ajudou os californianos com 32 pontos, uma marca que o coloca a uma pequena margem daquele que é considerado o melhor basquetebolista de sempre.

Neste momento, Bryant tem 32.262 pontos, menos 30 que Michael Jordan, numa classificação comandada confortavelmente por Kareem Abdul-Jabbar (38.387), seguido de Karl Malone 36.928), dois jogadores já retirados.No jogo do Staples Center de Los Angeles, Bryant adicionou aos 32 pontos mais seis assistências, seguido por Carlos Boozer, o jogador dos Lakers que mais se aproximou, mesmo assim à distância, da maior estrela da equipa, com 15 pontos e nove ressaltos.
Pelos Kings, dois jogadores fixaram nas estatísticas mais de duas dezenas de pontos: Darren Collison (26, mais seis assistências) e Rudy Gay (23, mais cinco assistências e cinco ressaltos).

Apesar do triunfo, os Lakers mantiveram-se no último lugar na Divisão do Pacífico, com o segundo pior registo da Conferência Oeste, com apenas seis vitórias e 16 derrotas. Pior nesta conferência só os Minnesota Timberwolves, com quatro triunfos em 20 jogos (perderam nove dos últimos dez, com uma série de seis derrotas consecutivas).


Espanha no grupo da morte


A selecção francesa, vencedora da edição de 2013 do Europeu de basquetebol, vai iniciar a defesa do título no Grupo A, frente às selecções da Rússia, Israel, Polónia, Bósnia e Finlândia, conforme o sorteio realizado esta segunda-feira em Paris.

A equipa francesa, que venceu em 2013 o seu primeiro e único título do Eurobasket, vai  iniciar a edição de 2015 da competição na cidade francesa de Montpellier, em que está sediada o Grupo A. No Grupo B, com sede em Berlim, ficaram as selecções de Espanha (terceira classificada da edição de 2013), Sérvia, Turquia, Itália, Alemanha e Islândia. O grupo C, a disputar em Zagreb, ficou completo com Croácia, Eslovénia, Grécia, Macedónia, Geórgia e Holanda, por fim no Grupo D, sediado em Riga, vão defrontar-se as selecções da Lituânia (vice-campeã em 2013), Letónia, Ucrânia, Bélgica, República Checa e Estónia.

Além de ser a primeira edição realizada em países diferentes, a edição de 2015 do Eurobasket vai ser a primeira em que os finalistas garantem automaticamente uma vaga nos Jogos Olímpicos, que se vão  realizar em 2016 no Rio de Janeiro. As selecções que ficarem entre o terceiro e  o sexto classificados vão ter ainda a possibilidade de disputar um torneio pré-olímpico, juntamente com oito outras selecções, para a luta de um lugar nos Jogos.  Grupos: A (Montpellier): França, Finlândia, Bósnia, Polónia, Israel e Rússia. B (Berlim): Espanha, Sérvia, Turquia, Itália, Alemanha e Islândia. C (Zagreb): Croácia, Eslovénia, Grécia, Macedónia, Geórgia e Holanda. D (Riga): Lituânia, Letónia, Ucrânia, Bélgica, República Checa e Estónia.