Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Kobe Bryant recebe homenagens

16 de Fevereiro, 2016

A defender a equipa do Oeste Kobe teve uma actuação nada brilhante, mas pôde mostrar um pouco do talento magistral

Fotografia: AFP

Kobe Bryant disputou o último All-Star Game na noite de domingo, em Toronto, no Canadá. O astro do Los Angeles Lakers anunciou a aposentação no fim da actual temporada e com isso tem vindo a ganhar o carinho dos fãs por onde passa e no domingo não foi diferente. A defender a equipa do Oeste, Kobe não teve uma actuação brilhante, mas pôde mostrar um pouco do talento magistral e ajudou a sua equipa a bater o Leste por 196 - 173, a quinta vitória nos últimos seis anos.

Antes do início do confronto, no anúncio dos jogadores, Kobe começou a receber homenagens e sabia que aquela noite ia ser especial para a sua carreira. Magic Johnson assim como ele defendeu apenas o Los Angeles Lakers durante toda a trajectória na NBA, fez um discurso ao astro  em que declarou que “jamais haverá um jogador como Kobe”.

Depois, foi exibido um vídeo em que os atletas comentam sobre o ala e o último a homenagear o jogador foi LeBron James, um de seus maiores rivais e ao mesmo tempo admirador da sua carreira. Após toda a cerimónia, o duelo começou e contou com um festival de belas jogadas, enterradas e lances acrobáticos. Russel Westbrook chamou a atenção dentro de quadra com um óptimo desempenho e terminou a partida a ser eleito o MVP do All-Star Games, pela segunda vez consecutiva. Já Paul George saiu como o cestinha da partida, com 41 pontos.

Kobe deixou a quadra a faltar pouco mais de um minuto para o fim da partida com dez pontos, sete assistências e mais seis ressaltos. Anthony Davis entrou  para o seu lugar quando não havia mais chances do Leste tentar uma virada e acabar com a freguesia no evento. Antes do término, Stephen Curry um dos maiores jogadores de basquetebol na actualidade ainda converteu uma cesta do meio da quadra para fechar a noite de domingo no Canadá.“Hoje foi divertido. Eu explodi a jogar com esses camaradas, a rir e a  brincar no banco. Pude parar Pau Gasol no garrafão, redimir-me do que ele fez comigo em Los Angeles, quando o Chicago Bulls nos denfrontou. Foi muito, muito bom”, disse o astro dos Lakers em entrevista após o evento.