Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Kobe Bryant tem inveja da estabilidade dos Spurs

16 de Novembro, 2014

Kobe Bryant tem inveja da estabilidade dos Spurs

Fotografia: AFP

O trio composto por Tim Duncan, Tony Parker e Manu Ginobili, está junto desde 2002 e leva 111 vitórias em jogos dos play-off, superam os números de Magic Johnson, Kareem Abdul-Jabbar e Michael Cooper nos Lakers.

“Tenho muita inveja disso. Não consigo expressar quanta inveja tenho pelo facto de Tim Duncan, Tony Parker, Manu Ginobili e o treinador Gregg Popovich estarem juntos depois destes anos todos. Não é estes altos e baixos”, disse o jogador dos Lakers.


Astro Kobe Bryant
volta a decepcionar


Nada parece dar certo aos Los Angeles Lakers. A tradicional equipa da Califórnia perdeu para o San Antonio Spurs por 93-80 e chegou ao pior início de época da sua história. Ainda viu Kobe Bryant gripado, fazer uma partida nefasta com apenas um arremesso convertido em 14 tentativas.“É a primeira vez que enfrentei uma situação assim, na carreira. É duro, muito duro. Fez-me recordar o que significa ter 36 anos. Depois de 19 anos na NBA o meu corpo não respondeu a jogar doente, algo a que estava acostumado fazer. É duro”, disse Kobe.

Kobe terminou com apenas nove pontos, sete deles em lances livres. Do outro lado, Tim Duncan fez 12 para os Spurs e tornou-se  o segundo jogador na história a atingir a marca de 25 mil pontos, 14 mil ressaltos. O outro é Kareem Abdul-Jabbar, lendário ídolo dos Lakers.

A equipa de Los Angeles chegou à  oitava derrota em nove jogos. É o pior início de época da história dos Lakers, em que inclui o período que a franquia ficava localizada em Minneapolis. Já o San Antonio chegou a cinco triunfos em oito partidas e chegou à sua terceira vitória consecutiva.

Entretanto, se Kobe teve uma noite para esquecer, outras duas estrelas da NBA tiveram actuações de gala. Carmelo Anthony teve o melhor desempenho desta época ao marcar 46 pontos na derrota do New York Knicks para o Utah Jazz por 102- 100.

O incrível desempenho de Carmelo não foi suficiente para compensar a actuação ruim de sua equipa, que contou com apenas mais um jogador pontuando em duplo dígito – o argentino Pablo Prigioni, que saiu do banco para contribuir com 13 pontos.

Já LeBron James fez 41 pontos na suada vitória do Cleveland Cavaliers sobre o Boston Celtics por 122-121. Foram dez tentos do astro apenas no último período, que ajudaram a compensar o desastroso desempenho defensivo da equipa no terceiro quarto – quando sofreu 42 pontos.

“Levamos mais de 40 pontos em um quarto e isso é inaceitável, se você quer crescer. Mas apresentamos melhorias no último período”, afirmou LeBron.

Eis os resultados: Indiana Pacers 87 x 108 Denver Nuggets, Orlando Magic 101 x 85 Milwaukee Bucks, Atlanta Hawks 114 x 103 Miami Heat, Boston Celtics 121 x 122 Cleveland Cavaliers, New York Knicks 100 x 102 Utah Jazz, Houston Rockets 88 x 87 Philadelphia 76ers, New Orleans Pelicans 139 x 91 Minnesota Timberwolves

Oklahoma City Thunder 89 x 96 Detroit Pistons, Phoenix Suns 95 x 103 Charlotte Hornets, Los Angeles Lakers 80 x 93 San Antonio Spurs.