Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Lesão deixa Anthony Davis fora da prova

22 de Março, 2016

Davis fica sem jogar nesta temporada

Fotografia: AFP

O pivot do New Orleans Pelicans, Anthony Davis, não mais vai jogar pela equipa nesta temporada, por se ter lesionado no ombro e no joelho esquerdos, o que obriga a passar pela  cirurgia.

A confirmação da baixa de Anthony foi dada no domingo pelo treinador dos Pelicans, Alvin Gentry, antes do início da partida em que a sua equipa venceu o Los Angeles Clippers por 109 - 105.

Davis de 23 anos sofreu uma ruptura no ombro esquerdo e tem problemas no joelho do mesmo lado do corpo, e as lesões vão ter de ser corrigidas por diferentes cirurgias.
A ausência indefinida de Davis é considerada como algo necessário, tanto para o jogador como para a equipa, que sem possibilidades reais de estar na fase final, prefere apostar na recuperação completa da estrela.

Gentry disse que ainda é cedo para saber se as cirurgias impedem Davis de disputar os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em Agosto, mas garantiu que se ele fosse o treinador da selecção americana, ainda ia levar em conta.

"Ele está desiludido e frustrado. Ele gosta de entrar em quadra, superar-se e fazer com que a equipa ganhe como aconteceu no ano passado, quando chegaram aos play - offs. Não poder ajudar é o que mais lhe dói", ressaltou Gentry.


NBA

Dirk Nowitzki
anota 40 pontos


Em noite de seis partidas na NBA, o jogo mais emocionante deste domingo foi, sem dúvidas, o embate entre Dallas Mavericks e Portland Trail Blazers. Jogando em casa, os Mavs venceram por 132-120 com uma actuação de gala do veterano alemão Dirk Nowitzki.

A vitória veio no tempo extra. Empatados em 103-103, o craque dos Blazers, Damian Lillard, teve a oportunidade de virar a partida nos últimos segundos, mas desperdiçou um arremesso da linha de três pontos. O base foi o cestinha da equipa de Portland com 26 pontos e oito assistências. CJ McCollum também teve boa partida, com 22 pontos e oito assistências.

A noite, contudo, tinha dono. E seu nome era Dirk Nowitzki. O alemão foi apenas o quarto atleta da história a alcançar a marca dos 40 pontos com mais de 37 anos, juntando-se a um selecto grupo de lendas como Karl Malone, Michael Jordan e Kareem Abdul-Jabbar. Seis desses 40 pontos foram anotados em duas decisivas cestas de três anotadas no tempo extra para sacramentar a vitória da equipa texana.

Quem também fez grande partida pelos Mavs foi Daron Williams, anotando um duplo-duplo com 31 pontos e 16 assistências. O aproveitamento da equipa nos chutes de quadra foi excelente, mas, nas bolas de três foi, excepcional, convertendo 60% dos arremessos.

O triunfo foi de suma importância para a equipa de Dallas na luta para avançar na Conferência Oeste. A equipa chegou à sua 35ª vitória em 70 partidas e garante, por enquanto, a última das oito vagas para os play-offs com uma vitória a mais que a equipa de Raulzinho Neto, Utah Jazz, que também venceu. O brasileiro contribuiu muito pouco, jogando dez minutos e anotando apenas uma cesta de três pontos.