Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Libolenses continuam invictos

Melo Clemente - 15 de Janeiro, 2015

Petrolíferos da capital e militares testam a invencibilidade do Recreativo do Libolo neste final de semana para o BIC Basket

Fotografia: José Cola

A formação do Recreativo do Libolo, campeã nacional em título, continua imbatível no  Campeonato Nacional de basquetebol em seniores, agora designado BIC Basket, competição que entra na recta final da primeira volta da fase regular.

Das chamadas equipas grandes, o grémio da vila de Calulo mantém a invencibilidade na prova, ao contrário do 1º de Agosto e do Atlético Petróleos de Luanda, que já somaram uma derrota cada.

Os militares foram os responsáveis pela quebra do ciclo de triunfos dos petrolífero, ao passo que o ASA tratou de vencer na terça-feira, no Pavilhão Anexo número dois da Cidadela, o 1º de Agosto, que diga-se esteve no “máximo” da sua força.

Depois de ter baqueado na Supertaça Wlademiro Romero, com o Atlético Petróleos de Luanda, com quem perdeu por 75-88, os pupilos de Norberto Alves receberam e venceram a modesta equipa do Comité Desportivo Militar da Marinha de Guerra, na última terça-feira, no Pavilhão Dream Space, em Viana, por 77-58, desta para acerto de calendário do BIC Basket.

Entretanto, a invencibilidade dos libolenses na edição do BIC Basket vai ser testada amanhã, quando receber no seu reduto os petrolíferos da capital, numa partida que pode servir de ajuste de contas.

Alias, os campeões nacionais vão ter dois grandes testes este final de semana. Sábado, a formação comandada por  Norberto Alves recebe, a partir das 18h00, no Pavilhão do Dream Space, em Viana, a equipa do 1º de Agosto que viu o seu ciclo de triunfos  ser quebrado pela turma do Aeroporto que aguarda os reforços de dois norte-americanos, designadamente, o poste Davon White (2.08 metros) e o extremo Aaron Smith (1.96).

Apesar das ausências de Carlos Morais, Olímpio Cipriano, Braúlio Morais e Francisco Machado que continuam sob observação do departamento médico da colectividade, os libolenses tencionam ultrapassar as duas grandes barreiras do final de semana. A liderança da edição do BIC Basket é partilhada pelo Atlético Petróleos de Luanda e 1º de Agosto, ambos com 17 pontos. Libolo e Grupo Desportivo Interclube ocupam os últimos lugares da tabela classificativa, ambos com dez pontos.

EQUIPA                    J         V       D     PM-PS            Pts

1º Petro                   09       08      1    849-580           17

2º 1º de Agosto       09        08      1    849-631           17

3º ASA                    09        06     03  709-696            15

4º Progresso           09        03     06   581-703            12

5º Sporting             09        03     06   732-820            12

6º Lusíada              08        02      06   595-722            11

7º Vila                   09        02       07   648-777            11

8º Marinha            09          02       07  568-669            11

9º Interclube         07          03       04  646-573            10

10º Libolo              05         05       00  465-369            10

FASE REGULAR
Paulo Macedo quer terminar com vitória


Depois de ter averbado a primeira derrota, frente ao Atlético Sport Aviação (ASA), por 79-73, a formação do 1º de Agosto já começou a preparar a deslocação ao Pavilhão Dream Space, em Viana, a fim de defrontar no sábado, o Recreativo do Libolo, com pensamento virado para a vitória, de acordo com Paulo Macedo, técnico principal do 1º de Agosto.Depois de terem sido surpreendidos pelos aviadores na última terça-feira, com quem perderam por 79-73, os militares já começaram a ensaiar as estratégias para suplantar os campeões nacionais, em pleno Pavilhão do Dream Space, em Viana.

Após o desaire de terça-feira, Paulo Macedo, falou sobre a necessidade de se encerrar a primeira volta da fase regular com triunfo.
“Depois da derrota vamos procurar como é natural encerrar a nossa participação nesta primeira volta da fase regular com uma vitória. É uma partida bastante difícil, dado o potencial do nosso adversário, mas tudo faremos para tentar vencer o jogo porque queremos terminar no primeiro posto da tabela classificativa”, augurou Paulo Macedo, que não contou com os préstimos do jovem base Hermenegildo Santos.

Hoje, a equipa militar realiza mais uma sessão de treinos, no Pavilhão Victorino Cunha. Transições rápida defesa ataque, circulação da bola em todas as áreas de jogo, lançamentos a curta e longa distância têm dominado as sessões de treino do Clube 1º de Agosto.
M.C

FICHA TÉCNICA
Nacional de cadetes
decorre em Benguela


O campeonato nacional de basquetebol em cadetes unificado referente à época 2015 decorre, desde segunda-feira, na cidade das Acácias Rubras, prologando-se até 20 de Janeiro, com a participação de 15 equipas em representação das províncias de Benguela, Luanda e Huíla.

Em masculinos competem nove formações, nomeadamente Sporting de Benguela, Atlético Sport Aviação (ASA), Desportivo da Banca, Club Amigos de Benguela (CAB), Grupo Desportivo da Baía, Petro de Luanda, Casa do Pessoal do Porto do Lobito, 1º de Maio e 1º de Agosto.

Já em femininos, a prova é disputada por seis equipas, como Sporting de Benguela, 1º de Agosto, Grupo Desportivo do Maculusso, Inter de Benguela, Inter de Luanda e Sport e Benfica do Lubango.

O campeonato vai ser disputado em duas fases,  a primeira no sistema todos contra todos a uma volta apuram-se para a segunda fase as quatro primeiras equipas.
Em declarações à  Angop, o presidente da Associação Provincial de Basquetebol de Benguela, Júlio Paiva, indicou que com a realização da prova,  pretende-se  avaliar a qualidade competitiva das equipas e os ganhos que os provinciais têm trazido para a modalidade.

Destacou as responsabilidades acrescidas de Benguela no actual contexto do basquetebol nacional, isto, porque aparece sempre no pódio nas distintas categorias de formação,  esta a razão pela qual se candidatou a acolher o evento.

“O campeonato estava inicialmente programado para a província do Bié, mas acabou por ser transferido para Benguela que reúne melhores condições desportivas”, frisou  e louvou  a participação massiva dos clubes locais.

Júlio Paiva espera que o campeonato incentive mais crianças e adolescentes a aderirem à prática do basquetebol, com vista a expandir a modalidade, aumentar o número de praticantes e melhorar a qualidade.

NBA
Williams dá vitória
aos Timberwolves


A noite de terça-feira foi de Mo Williams, que frente aos Indiana Pacers assinalou a sua melhor exibição da temporada, anotou  52 pontos, e deu mote à vitória dos Minnesota Timberwolves, por 110-101.

O base liderou a formação de Minnesota que não vencia há 15 jogos, bateu o seu recorde de pontos (o seu máximo estava em 44 pontos, em 2009, quando jogava pelos Cleveland Cavaliers) e superou também os 46 pontos de Pau Gasol e Carmelo Anthony esta temporada.

Além dos pontos marcados, Mo Williams, de 32 anos, fez ainda sete assistências e quatro ressaltos.
Na senda das vitórias continuam os Atlanta Hawks, que bateram por 105-87 os Philadelphia 76ers, somaram o  nono triunfo consecutivo.