Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Libolo e D´Agosto em destaque

Hélder Jeremias - 29 de Março, 2013

Libolo recebe o 1º de Agosto na partida de abertura da segunda volta da prova nacional

Fotografia: Jornal dos Desportos

A quadra do pavilhão Dream Space volta a estar no centro das atenções dos amantes da bola ao cesto, quando, a partir das 16h00 de hoje, o Recreativo do Libolo receber o 1º de Agosto para a abertura da segunda volta da fase de grupos da XXXV edição do Campeonato Nacional de Basquetebol.

Depois da disputa da segunda mão da Taça de Angola, em que o 1º de Agosto foi eliminado não obstante a vitória por 83-82, o encontro de hoje é visto como a tábua de salvação para a equipa do Rio Seco.

Os militares vêem-se na obrigação de retirar o título nacional à equipa do Kwanza-Sul para devolver o alento aos seus adeptos. A perda do segundo maior troféu do basquetebol angolano não foi bem aceite.

Na primeira volta, os militares comandados por Paulo Macedo, bateram o libolenses por 100-87, perderam na segunda jornada diante do Interclube, às ordens de Alberto de Carvalho “Ginguba” por 98-90, voltaram a ser vitoriosos frente ao Atlético Sport Aviação, orientado por Carlos Dinis, por 98-74 e superiorizaram-se ao Petro de Luanda, por 109-83.

Paulo Macedo respira de alívio por contar com uma equipa mais coesa e com todas unidades recuperadas das lesões, o que limitou o conjunto nas duas partidas das meias-finais da Taça de Angola, com destaque para o influente extremo-poste Carlos Almeida.

O Libolo, na versão Luís Magalhães, depois de ser mal sucedido na primeira jornada frente os militares do Rio Seco, bateu o Petro de Luanda, sob a batuta de Lazare Andigono, por 96-79, voltaram a triunfar diante do Interclube por 86-83 e superaram o Atlético Sport Aviação pela vantagem de 12 pontos, 81-73.

No jogo de hoje, a equipa de Calulo pode considerar o factor casa como um elemento a seu favor. O técnico Luís Magalhães acredita que uma vitória pode facilitar o percurso da equipa até à fase dos play-off, em função das debilidades evidenciadas pelos demais plantéis com que vai cruzar nas jornadas subsequentes.

Noutra partida, Atlético Sport Aviação e Interclube medem forças duas horas mais tarde, no pavilhão do Rio Seco.


NBA

Miami Heat
perde para Bulls


Depois de muito tempo, o Miami Heat voltou a perder na NBA. A equipa da Flórida foi até ao United Center, em Chicago (EUA) e sucumbiu por 97 a 101, diante dos Chicago Bulls, depois de 27 vitórias consecutivas.

Com esta derrota, a equipa de Miami fica sem hipóteses de igualar a maior série de vitórias de toda a história da NBA (33), atingida pelos Los Angeles Lakers na época 1971/72.

O conjunto da Florida não perdia uma partida na NBA desde 1 de Fevereiro, quando foi superado, longe dos seus domínios, pelos Indiana Pacers, por 102 a 89.

Apesar do revés fora de casa, o grande nome do duelo disputado em Chicago foi LeBron James, do Miami Heat, que teve mais uma excelente actuação e saiu da quadra com 32 pontos, sete ressaltos e três assistências. Ainda pelo Heat, Chris Bosh fez 21 pontos e apanhou quatro ressaltos, e Dwyane Wade que contribuiu com 18 pontos e sete ressaltos.

Do lado dod Chicago Bulls, Luol Deng (que esteve Outubro de 2012 em Angola) foi o cestinha da equipa e fechou o jogo com 28 pontos, sete ressaltos e cinco assistências. Carlos Boozer também fez boa apresentação pela equipa da casa e saiu da quadra com um duplo-duplo de 21 pontos e 17 ressaltos.

Como já era comum nas últimas partidas, Miami Heat começou o primeiro quarto em ritmo lento e, assim, os Chicago Bulls abriram vantagem e terminaram o período a vencer por 32 a 22.

No segundo quarto, os donos da casa estiveram melhores no jogo, mas foi o Heat que venceu o quarto por 24 a 23, o que não foi suficiente para tirar os Bulls da liderança e foram ao intervalo a vencer por 55 a 46.No reatamento, os representantes da Florida voltaram inspirados e ganharam o período por 22 a 14. Os actuais detentores do título da liga diminuíram a folga da equipa de Chicago para apenas um ponto (69 a 68).No último quarto, o confronto foi muito mais equilibrado, mas os Chicago Bulls voltaram a levou a melhor no placar parcial e venceram por 32 a 29, o que assegurou o resultado positivo e a quebra da sequência impressionante atingida pelo Miami Heat.

Apesar da derrota, o Miami Heat mantém-se folgado na liderança da Conferência Leste, com 56 vitórias e 15 derrotas. Os Chicago Bulls, que venceram a terceira consecutiva, ocupam a quinta posição na Conferência Leste, com 39 vitórias e 31 derrotas.


»Breves

Angola conhece adversários do Afrobasket
A selecção nacional sénior masculina de basquetebol conhece amanhã os adversários que vai defrontar na primeira fase do Campeonato Africano das Nações. O sorteio do Afrobasket 2013 realiza-se em Abidjan, capital da Costa de Marfim. A equipa nacional, que teve apuramento directo para a fase final da competição, não deve ficar no mesmo grupo da Tunísia, Nigéria e Costa de Marfim, possíveis cabeças-de-série.

Ruanda e Mali voltam ao grupo da elite
As selecções do Mali e Ruanda foram integradas pela FIBA-África no Afrobasket 2013, que se disputa de 20 a 31 de Agosto, em Abidjan, depois de falharem a qualificação nas suas zonas. Outros países participantes são a Costa de Marfim,Tunísia, Angola, Nigéria,Marrocos, Argélia, Senegal, Cabo Verde, Burkina Faso, RCA, Camarões, Congo, Egipto e Moçambique.