Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Libolo festeja em beleza

Hélder Jeremias - 23 de Maio, 2014

O Clube Desportivo e recreativo do Libolo terminou em beleza

Fotografia: José Cola

O Clube Desportivo e recreativo do Libolo terminou em beleza a XXXVI edição do Campeonato Nacional de Basquetebol sénior masculino (Bai Basket), ao vencer ontem, à noite, no pavilhão principal da Cidadela Desportiva, por 85-79, a formação do Interclube, em partida de encerramento da época.

Com a conquista do ceptro, consumada desde sábado último, mercê da vitória diante do 1º de Agosto por 78-77, os libolenses entraram para a quadra de jogo num ambiente festivo, mas determinados em impor o seu poderio sobre a aguerrida formação da Polícia Nacional. Em causa estava o estoirar do champanhe com maior propriedade, o que passava pela obtenção de um triunfo na partida de encerramento da maior competição da bola ao cesto nacional.

Ao comando do técnico Norberto Alves, o melhor treinador da época, a equipa de Calulo começou com algumas cautelas, dando a entender o relaxe que pairava no seio do plantel, na qualidade de vencedores antecipados. O estado de espírito os libolenses galvanizou os comandados de Alberto Babo que fizeram sentir a boa estruturação táctica, sobretudo nos dois quartos iniciais, em que os polícias começaram por perder por um ponto (17-18) e foram para o intervalo com vantagem de três pontos(43-40).

A partir da segunda parte do jogo, o Libolo esteve mais solto, com Eduardo Mingas a revelar-se o senhor da situação debaixo da tabela, quer em situações de defesa, quer no ataque. O extremo-poste destacou-se ao anotar 15 pontos, mais um que o seu colega de equipa Olímpio Cipriano, que teve uma noite de grande exibição com investidas acrobáticas bem sucedidas. A atitude do extremo-base esteve na base da fuga para os 10 pontos de vantagem para a equipa do Cuanza Sul à entrada do último período (67-57).

Com Bráulio Morais, Luís Costa, Eric Colleman a justificarem a aposta acertada da direcção de Rui Campos, o Interclube teve de se render à supremacia táctica esboçada por Norberto Alves no seu primeiro ano no comando dos campeões nacionais. Desprovidos de Milton Barros, o desfalque da equipa do Interior fez-se sentir desde o início da época.

Alberto Babo utilizou todos os meios ao seu alcance, mas, refém das investidas individuais de Jorge Taty, Paulo Barros e Francisco Horácio, pouco mais poderia fazer senão perder pela mínima diferença de 85-79 a favor do Recreativo do Libolo.

Domínio do Libolo

O Recreativo de Libolo dominou o cinco ideal da 36ª edição do campeonato nacional sénior masculino ao fazer constar três atletas. O 1º de Agosto e Petro de Luanda foram as outras duas equipas na lista restrita de melhores da competição.

Armando Costa - 1º de Agosto
Olímpio Cipriano - Libolo
Mose Soiko - Libolo
Eduardo Mingas - Libolo
Valdelício Joaquim - Petro

Outros atletas que também
mereceram distinção.


Atleta Fair Play:
Afonso Rodrigues - S. Benguela

Melhor recuperador:

Edson Ndoniema - 1º de Agosto

Melhor assistente:
Paulo Santana - Petro

Melhor ressaltador:
Felizardo Ambrósio - 1º de Agosto

Melhor lançador de livres:
Olímpio Cipriano - Libolo

Melhor cestinha de 2 pontos:
Reggie Moore - 1º de Agosto

Melhor triplista:
Milton Barros - Interclube

Melhor Cestinha da prova:

Roderic Neal - Petro

Melhor treinador:
Norberto Alves - Libolo

Melhor árbitro:

Deidre Figueira

MELHOR DA COMPETIÇÃO
Eduardo Mingas foi eleito MVP


O poste do Recreativo de Libolo, Eduardo Mingas, foi eleito o Jogador Mais Valioso (MVP) da 36ª edição do campeonato nacional sénior masculino de basquetebol. O craque natural da Lunda Sul entra na lista restrita de melhores atletas da maior competição da bola ao cesto. Aos 35 anos de idade, Eduardo Mingas é reconhecido pela primeira vez numa prova em que Gomes Kikas e Carlos Morais passaram ao lado do maior evento de basquetebol nacional.

APOSENTAÇÃO
Abdel Boucar deixa quadra


O atleta angolano Abdel Boucar, de origem tchadiana, abandonou, ontem, a carreira desportiva com o segundo título de campeão nacional com as cores de Recreativo de Libolo. O atleta que chegou a Angola nas mãos de Nuno Teixeira, ex-treinador do ASA, colecciona assim o sexto titulo durante a sua presença no país. Depois do ASA, Abdel Boucar vestiu as cores do 1º de Agosto, clube que ajudou a conquistar outros quatro.

BAI Basket
1º de Agosto vence Petro na despedida


O 1º de Agosto voltou a superiorizar-se diante do arqui-rival Atlético Petróleos de Luanda, ao vencer, ontem, à noite, no pavilhão principal da Cidadela Desportiva, por 100-90, em partida de encerramento da XXXVI edição do "Nacional da Bola ao cesto". Com a vitória, a equipa do Rio Seco manteve a segunda posição com 20 pontos e superado pelo Clube Recreativo do Libolo, campeão.

Os dois maiores emblemas do país ofereceram um espectáculo muito aquém das suas reais capacidades, muito por conta da falta de entusiasmo criada pela consagração antecipada do título por parte do Recreativo do Libolo. Ainda assim, ambos os plantéis trataram de fazer o melhor para dignificar a presença dos escassos adeptos que se mostraram fieis aos dois clubes.

Nota de realce recai para poste Valdelício Joaquim, que voltou a evidenciar altos níveis de progressão técnica e física. O poste revelou-se como o cestinha da partida com 31 pontos.

No final da partida, os treinadores Paulo Macedo e Lazare Andigono foram  unânimes em felicitar o Recreativo de Libolo por ter conquistado o troféu e garantiram mais trabalho na próxima época.

BAI – BASKET
CLASSIFICAÇÃO FINAL 4


                                                 J     V       D    PM/      PS     P

1º Libolo                                  12  10      2    1091 – 992   22

2º 1º de Agosto                      12   8        4   1074 – 991    20

3º Petro                                  12   5        7   1092 – 1112  17    

4º Interclube                          12   1       11     927 -1089   13