Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Libolo mantm domnio

Melo Clemente - 05 de Fevereiro, 2017

Libolenses continuam a passear toda a sua classe no Campeonato Nacional

Fotografia: Miqueias Machangongo

A formação do Clube Recreativo do Libolo mantém o seu domínio na fase regular da XXXIX edição do Campeonato Nacional de basquetebol em seniores masculino, vulgo BIC Basket. Os actuais vice-campeões nacionais somaram mais duas vitórias na dupla jornada do fim de semana, totalizando 12 triunfos em igual número de partidas.

Depois de ter vencido de forma apertada na sexta-feira, a similar do Grupo Desportivo Interclube, por escassos dois pontos de diferença (85-83), em pleno Pavilhão 28 de Fevereiro, os comandados de Hugo Lopez voltaram a triunfar ontem, desta, frente ao Clube Desportivo da Marinha de Guerra, mantendo-se de pedra e cal na liderança da tabela classificativa da XXXIX edição do BIC Basket, agora com 24 pontos.

Os libolenses que perseguem o título da edição 39 do Campeonato Nacional de "bola ao cesto", precisaram de recorrer da experiência do internacional angolano, Olímpio Cipriano, para suplantarem os polícias, que diga-se, deram um boa resposta aos actuais vice-campeões nacionais, fundamentalmente, no quarto derradeiro, onde sufocaram por completo a toda poderosa equipa do Recreativo do Libolo.

O grémio do Cuanza Sul que foi a busca do técnico espanhol, Hugo Lopez,  para resgatar o título doméstico, em posse do Clube Central das Forças Armadas Angolanas, continua a superiorizar-se entre as demais equipas que disputam a XXXIX edição do Campeonato Nacional de basquetebol em seniores masculino.
Com um plantel recheado de grandes estrelas, com realce para Olímpio Cipriano, Eduardo Mingas, Milton Barros, Roberto Fortes e Valdelício Joaquim, todos internacionais angolanos, o técnico Hugo Lopez continua a somar triunfos atrás de triunfos na fase regular da XXXIX edição do BIC Basket.

Em face da excelente prestação que tem tido até aqui na referida competição, a formação do Recreativo do Libolo poderá superar o recorde do Clube Central das Forças Armadas Angolanas, que na época desportiva 2015/2016 terminou a fase regular com apenas um desaire.

A formação do Recreativo do Libolo está há sete meses sem conhecer o sabor amargo da derrota, ostentando deste modo, o estatuto de melhor equipa da XXXIX edição do BIC Basket.
Os comandados de Hugo Lopez estão a 586 minutos sem perder, números que poderão crescer, caso a equipa continue a passear toda a sua classe na aludida competição.

GERSON DOMINGOS
REGRESSA AO INTER
O internacional angolano, Gerson Domingos, base do Grupo Desportivo Interclube, que em Dezembro último representou as cores do Recreativo do Libolo, na fase final da Taça dos Clubes Campeões Africano, prova disputada no Cairo, capital do Egipto, vai integrar o plantel da formação da Polícia nos próximos dias.
O facto foi dado a conhecer a Rádio Cinco, na sexta-feira, pelo presidente de direcção do Grupo Desportivo Interclube, Alves Simões.
Ao serviço da equipa da vila de Calulo, Gerson Domingos disputou igualmente algumas partidas do BIC Basket.


REACÇÃO

O técnico do Recreativo do Libolo, Hugo Lopez, valorizou sexta-feira, em Luanda, a atitude da sua equipa na vitória sobre o Interclube, por 85-83, em jogo da 13ª jornada do campeonato nacional de basquetebol sénior masculino (BIC Basket).

Em declarações à imprensa no final da partida, reconheceu que nunca foi fácil jogar com Interclube no seu pavilhão, apesar de a sua equipa ter dominado os dois primeiros quartos.

“Os jogadores do Interclube são muito jovens e batalham muito, no terceiro quarto  foram acreditando que poderiam reduzir a desvantagem e conseguiram o que  nos obrigou fazer mais para impedir um resultado negativo’’ – reconheceu  o técnico espanhol.

NECAS DESOLADO

O técnico interino do Interclube, Manuel Sousa, apontou que a falta de experiencia da sua equipa foi determinante na derrota diante do Recreativo do Libolo do Cuanza Sul, por 83-85, em jogo da 13ª jornada do campeonato nacional de basquetebol sénior masculinos (BIC Basket).

no final da partida disputada no Pavilhão 28 de Fevereiro, o treinador que esta em substituição do técnico principal, Alberto Babo, que está ausente por questões de saúde, admitiu que perderam o jogo nos dois primeiros períodos por causa da ansiedade dos atletas.

Manuel Sousa “Necas” salientou que conseguiu a calmar os seus ‘’pupilos’’ no terceiro quarto e conseguiram reduzir a intensidade que o adversário exercia.

“Apesar de perdem em todos os períodos, os nossos jogadores foram guerreiros, porque no último quarto conseguiram reduzir a desvantagem de 15 pontos que o adversário levava para dois (83-85)”, acrescentou o técnico.


NBA
Thomas decide
e Celtics vence 


O Boston Celtics segue a passos largos rumo à liderança da Conferência Leste. Na sexta-feira a equipa liderada por Isaiah Thomas venceu mais uma, desta vez contra o Los Angeles Lakers, por 113-107, em casa. O resultado, além de aproximar ainda mais a equipa do Cleveland Cavaliers, também garantiu ao Boston o título de franquia com maior número de vitórias da história da NBA. Enfrentando o seu principal rival da liga norte-americana de basquetebol, os Celtics não tomaram conhecimento dos Lakers, que vivem um momento totalmente oposto na actual temporada. Actual penúltimo colocado da Conferência Oeste, a equipa da Califórnia até tentou fazer frente a Isaiah Thomas e companhia, mas acabaram sucumbindo diante de uma equipa que está em ascensão.

O base dos Celtics foi o principal nome do jogo, anotando 38 pontos e tendo mais uma actuação arrasadora no último quarto da partida, quando marcou 17 pontos. Já pelo lado dos Lakers o principal nome foi Lou Williams, que saiu de quadra com 21 pontos, um a mais que D’Angelo Russell. O jogo- O primeiro quarto foi extremamente equilibrado. Apesar de não contar com uma equipa estrelada, os Lakers tinham noção da importância de vencer um clássico, ainda mais na actual situação em que se encontram. Justamente por isso os visitantes foram para cima e até conseguiram encerrar os 12 minutos iniciais com um ponto de vantagem.

Já no segundo quarto os Celtics acordaram e passaram a oferecer menos oportunidades para que os rivais pudessem infiltrar no garrafão. Isaiah Thomas e Jae Crowder iam fazendo a diferença para os donos da casa, que atropelaram os rivais no período para irem ao intervalo com 11 pontos à frente no marcador.

Na volta para o terceiro quarto os Lakers voltaram mais ligados e fizeram um jogo bem mais parelho em comparação com os 12 minutos anteriores. Faltando três minutos para encerrar o período os Celtics lideravam por 17 pontos, porém os visitantes rapidamente se reergueram para diminuir o prejuízo e irem para o último quarto com apenas oito pontos de diferença.

Foram nos 12 minutos finais que Isaiah Thomas mais uma vez chamou a responsabilidade e garantiu o 32º triunfo da temporada para o Boston Celtics. Abrindo o período com uma cesta de três pontos, o base confirmou as expectativas de quem compareceu ao TD Garden e brilhou em quadra, garantindo não só a vitória para a sua equipa, mas também colaborando com a quebra de um grande recorde sobre o maior rival da NBA. O próximo confronto do Boston Celtics acontece hoje, domingo, contra o Los Angeles Clippers, em casa novamente. Já os Lakers vão a Nova York na segunda enfrentar o New York Knicks.

JAMES HARDEN
COMANDA ROCKETS

O extremo base James Harden voltou a liderar o Houston Rockets com um duplo-duplo de 42 pontos e 12 ressaltos na vitória de sua equipa sobre o Chicago Bulls, por 121-117, em partida de sexta-feira da temporada regular da NBA.