Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Libolo pretende recuperar liderança

Melo Clemente - 30 de Janeiro, 2014

Representante de Calulo quer retomar a liderança do Campeonato Nacional que perdeu para o 1º de Agosto

Fotografia: Jornal dos Desportos

O Petro de Luanda desloca-se hoje ao Complexo do Dream Space em Viana, a fim de defrontar o Recreativo do Libolo (18h00), que continua imbatível no BAI Basket, em desafio de acerto de calendário referente à oitava jornada.

A invencibilidade dos actuais campeões nacionais em título é hoje novamente testada, desta vez diante dos petrolíferos da capital que recentemente regressaram de Houston, Estados Unidos, com um reforço de luxo. A equipa do Eixo-viário realizou um curto estágio de cerca de 15 dias.

O reforço é o norte-americano Orien Greene, base, de 31 anos de idade, atleta que já actuou na melhor liga do mundo, a NBA.
Os petrolíferos da capital que ocupam o sexto lugar da tabela classificativa do BAI Basket, com 12 pontos, com menos dois jogos, vêem-se na obrigação de vergar o seu opositor desta noite, em pleno Complexo do Dream Space, a fim de não se distanciarem ainda mais dos lugares cimeiros do Campeonato Nacional.

Desprovidos de Braúlio Morais, base, e António Monteiro, extremo, atletas que representaram a Selecção Nacional de sub-23 nos III Jogos da Lusofonia, que ontem encerrou em Goa, os libolenses não pensam noutra coisa senão na manutenção da invencibilidade na prova.

O Recreativo do Libolo que no último fim-de-semana perdeu a liderança do BAI Basket a favor do 1º de Agosto, vai seguramente tentar reassumir o comando da prova.

Norberto Alves, técnico português ao serviço do Recreativo do Libolo, preparou com todos os cuidados o desafio desta noite, que se espera bastante equilibrado, a julgar pelo potencial das duas colectividades.

Eduardo Mingas, Carlos Morais e Olímpio Cipriano, três atletas que estão em plena forma desportiva, vão seguramente travar um despique interessante com as estrelas do Petro de Luanda.

Depois de ter abandonado o Petro de Luanda, na época passada, Carlos Morais vai enfrentar pela primeira vez os seus antigos companheiros.
O Complexo do Dream Space vai seguramente escaldar logo mais, sendo que a equipa que souber explorar convenientemente os erros do seu adversário vai conquistar os dois pontos em disputa.

1º de Agosto ocupa o primeiro lugar do BAI Basket, com 19 pontos, seguido do Libolo, com 18 e com menos um jogo, ao passo que o Interclube e a Lusíada ocupam as posições imediatas, ambas com 13 pontos cada.

Amanhã, a competição prossegue com a disputa das seguintes partidas: Petro-Amigos de Viana (16h00 na Cidadela), ASA-Progresso (16h00 no Anexo), Interclube-Sporting de Benguela (18h30 em Benguela) e Lusíada-Vila (15h00 no 28 de Fevereiro).

CONCLAVE
Federação reúne em Assembleia-Geral


A direcção da Federação Angolana de Basquetebol (FAB) realiza em Março, em princípio na capital do país, a sua assembleia-geral ordinária, apurou o Jornal dos Desportos do director de marketing e relações internacionais do órgão reitor da modalidade, Tony Sofrimento.

Balanço das actividades desenvolvidas durante ano de 2013, apresentação, discussão e aprovação do relatório de contas e outros temas vão dominar o primeiro conclave do elenco, liderado por Paulo Alexandre Madeira, que assumiu os destinos da Federação Angolana de Basquetebol no primeiro trimestre de 2013.

O primeiro ano de mandato de Paulo Alexandre Madeira foi considerado positivo, em face não só das conquistas obtidas pelas distintas Selecções Nacionais, mas também pelo cumprimento do calendário das actividades desportivas programadas. A Selecção Nacional masculina recuperou o título no Campeonato Africano das Nações da Costa do Marfim, ao passo que as senhoras reconquistaram o anel continental.

Outro grande feito foi da Selecção Nacional masculina de sub-16, que conquistou o Afrobasket da categoria, apurando-se deste modo para o Campeonato do Mundo que este ano se disputa no Dubai. A nível interno, o órgão reitor da modalidade no país cumpriu na íntegra as actividades programadas para 2013.MC

NBA
Estrela Kobe Bryant
com regresso adiado


O regresso de Kobe Bryant ao trabalho nos Los Angeles Lakers foi adiado pelo menos por mais três semanas, pois o joelho esquerdo do base ainda não está sarado.
"Bryant ainda sente dores e o seu joelho permanece inflamado. Ele vai continuar com o programa de recuperação", disse John Black, porta-voz dos Lakers.

No final deste período de três semanas, Bryant, 35 anos, volta a ser avaliado pelo departamento médico dos Lakers, que na madrugada de quarta-feira foram derrotados em casa pelos Indiana Pacers (104-92). Bryant falhou o arranque da temporada, por estar a recuperar de uma intervenção cirúrgica ao tendão de Aquiles do pé esquerdo, em Abril de 2013.
 No regresso em Dezembro, fez seis jogos e sofreu a lesão no joelho esquerdo.

EXIBIÇÃO
Washington Wizards
surpreende Golden


O Washington Wizards mostrou, na noite de terça-feira, que pode beliscar algo mais na actual temporada da NBA. Com um elenco entrosado, a equipa da capital norte-americana visitou o Golden State Warriors e surpreendeu, fora de casa. Vitória por 88-85 e confirmação da boa campanha na Conferência Leste da NBA - são seis triunfos nos últimos dez compromissos pelo melhor basquetebol do mundo.

O brasileiro Nenê Hilário esteve bem de novo e depois dos 34m44s em que permaneceu em campo somou 16 pontos e sete ressaltos, aproximando-se de um duplo-duplo. O poste acertou sete de 15 arremessos, converteu os dois lances livres que fez, distribuiu duas assistências e, enquanto actuou, viu a sua equipa fazer sete pontos a mais que o adversário. Os números desta terça-feira superam, inclusive, a média de Nenê na temporada (13,5 pontos e 5,9 ressaltos por partida).

O cestinha do jogo foi o base de Golden State, Stephen Curry, que anotou 23 pontos. Pelo lado dos Wizards, quatro jogadores ultrapassaram os dois dígitos na pontuação, Bradley Beal (20), Nenê (16), John Wall (15) e Martell Webster (10). Destaque também para o poste bastante alto Marcin Gortat, que apesar de ter somado apenas oito tentos, pegou 12 ressaltos, além de ter sido o segundo atleta da franquia de Washington a ter permanecido mais tempo em campo (37m02s).
Sobre o jogo em si, foi equilibrado do princípio ao fim. No total, houve oito empates e oito trocas de liderança.

O primeiro quarto foi vencido pelos visitantes, que fizeram 24- 22. Antes do intervalo, os Warriors reagiram, anotaram 27-21 no segundo período e foram para os vestuários com vantagem de quatro tentos. Na sequência, Washington apertou a marcação e triunfou nos dois últimos períodos (21-16 e 22-20) para sair do duelo vitorioso.