Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Luanda define data do provincial

Melo Clemente - 09 de Setembro, 2016

Grupo Desportivo Interclube é actual detentor do título do campeonato provincial de Luanda

Fotografia: Kindala Manuel

O campeonato provincial de basquetebol de Luanda em seniores masculinos referente à temporada 2016 disputa-se de 23 do mês em curso a 05 de Novembro próximo, com a participação de nove agremiações desportivas, segundo apurou o Jornal dos Desportos junto da associação local da modalidade.

De acordo com a nossa fonte, estão já inscritas e confirmadas para a referida competição as formações do 1º de Agosto, Grupo Desportivo Interclube, Atlético Petróleos de Luanda, Atlético Sport Aviação (ASA), Clube Desportivo da Marinha de Guerra, Futebol Clube Vila Clotilde, Progresso Associação Sambizanga, Clube Universidade Lusíada e Clube Amigos de Viana.

A Associação Provincial de Basquetebol de Luanda (APBL) tem já assegurada as condições técnicas e administrativas para fazer disputar o "provincial", prova que antecede a disputa do Campeonato Nacional de basquetebol, vulgo BIC Basket, que este ano vai para a edição 39.

Das chamadas equipas grandes, nomeadamente, 1º de Agosto, Atlético Petróleos de Luanda, Atlético Sport Aviação (ASA) e Grupo Desportivo Interclube, esta última, poderá aparecer nesta competição com as suas melhores unidades, à semelhança do que aconteceu muito recentemente, quando disputou na terra da Palanca Negra Gigante, Malanje, o torneio que visou saudar os 20 anos da Fundação Eduardo dos Santos (FESA) e o 74º aniversário do seu Patrono, Engenheiro José Eduardo dos Santos, assinalado a 28 de Agosto último.

O mesmo poderá suceder com a turma do aeroporto, comandada pelo técnico angolano Carlos António Dinis.

Com o mercado de transferência agitado, as formações do Atlético Petróleos de Luanda e do 1º de Agosto podem apresentar-se no campeonato provincial com alguns juniores.

O campeonato provincial de basquetebol vai ser disputado no sistema de todos contra todos a duas voltas, sagrando-se campeão referente à época desportiva 2016 a colectividade que somar o maior número de pontos.

A formação do Grupo Desportivo Interclube, liderada pelo técnico português, Alberto Babo, é a detentora troféu do campeonato provincial de Luanda.No seio da equipa adstrita à Polícia Nacional, um conjunto que diga-se, bastante jovem, não se fala noutra coisa senão na revalidação do título.

Entretanto, polícias e petrolíferos da capital vão centralizar as atenções da jornada inaugural do campeonato provincial da "bola ao cesto" a nível da capital.

A ronda número um compreende ainda as partidas 1º de Agosto-Clube Universidade Lusíada, Atlético Sport Aviação (ASA)-Progresso Associação Sambizanga e Clubes Amigos de Viana-Futebol Clube Vila Clotilde.


FIBA
Brasil sobe no ranking


A Federação Internacional de Basquetebol (FIBA) actualizou recentemente o ranking mundial de selecções. A medida  deu-se com o fim dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. No torneio, os Estados Unidos conquistaram as medalhas de ouro em ambos os eventos, masculino e feminino.

Os campeões olímpicos continuam na liderança isolada da classificação geral, com 1000 pontos. A Espanha, medalha de bronze nos Jogos, também manteve o segundo lugar, com 665. A novidade no top 3 é a Sérvia, que ficou com a prata. A selecção balcã subiu três posições, alcançando os 553.

Apesar da campanha ruim nos Jogos Olímpicos, a selecção brasileira também conseguiu melhorar o seu ranking. A equipa garantiu 323 pontos, subindo duas posições, e agora está na sétima posição. De acordo com a FIBA, todo o ciclo olímpico é contabilizado, o que auxiliou o Brasil a subir, mesmo com a eliminação na primeira fase dos Jogos.

A Argentina, eliminada pelos americanos nos quartos de final dos Jogos, perdeu duas posições. A equipa campeã olímpica em 2004 caiu da quarta para a sexta posição, com 360 pontos. A Lituânia, que perdeu na mesma fase para a Austrália, caiu também duas posições. Com 442 pontos, a equipa saiu da terceira para quinta posição.

No ranking feminino, o Brasil sofreu uma queda. A campanha das meninas brasileiras nos Jogos também teve desempenho abaixo do esperado, já que não obteve nenhuma vitória. Agora, o país caiu uma posição, e está em oitavo lugar com 296 pontos. Campeãs, as americanas continuam a liderar, com 1000.