Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Macedo resiste legio de estrangeiros

06 de Junho, 2013

Sucesso alcanado pelo tcnico angolano valeu o cargo de seleccionador

Fotografia: Jornal dos Desportos

O actual seleccionador nacional dos decacampeões africanos, Paulo Macedo, é nesta altura o único técnico angolano a dirigir uma agremiação do topo do Campeonato Nacional de basquetebol em seniores masculinos, vulgo BAI Basket, depois da saída de Alberto de Carvalho “Ginguba” do comando técnico da formação do Grupo Desportivo Interclube.

O BAI Basket regista nesta altura o seu defeso, mas as movimentações no mercado de transferências, quer a nível de jogadores, quer de treinadores, já se fazem sentir nos bastidores. Das quatro actuais melhores equipas do Campeonato Nacional da “bola ao cesto”, Petro de Luanda, Recreativo do Libolo, Interclube e 1º de Agosto, apenas esta última é liderada na temporada de 2013/2014 por um técnico angolano, contranstando com o equilíbrio registado na época recém terminada.

Lazare Adingono, camaronês, Luís Magalhães, portugês, Alberto de Carvalho “Ginguba” e Paulo Macedo, ambos angolanos, foram os técnicos que conduziram os destinos do Petro de Luanda, Recreativo do Libolo, Interclube e 1º de Agosto, respectivamente.

Paulo Macedo, técnico que assumiu os destinos do cinco nacional para o Afrobasket da Costa do Marfim, prova selectiva ao Campeonato do Mundo de Espanha de 2014, superou os demais concorrentes, tendo vencido quatro troféus a nível doméstico, contra apenas um do camaronês Lazare Adingono, no caso a Taça de Angola.

O português Alberto Babo deve ser confirmado nos próximos dias como o novo homem forte da equipa do Interclube, quarto classificado do recém terminado BAI Basket. Babo vai deste modo regressar ao basquetebol angolano, depois de ter trabalhado como técnico principal do Petro de Luanda.

O quarteto de equipas que disputam o título nacional é dirigido por três estrangeiros e um angolano, sendo dois portugueses e um camaronês. A nível dos jogadores, Edson Ndoniema, extremo do Recreativo do Libolo, está em conversações com a direcção do 1º de Agosto. O extremo consta entre os convocados de Paulo Macedo para a “operação” Costa do Marfim.

Afrobasket
Pré-selecção toma conhecimento do programa

Os atletas pré-seleccionados para o Campeonato Africano das Nações, a decorrer de 20 a 31 de Agosto próximo, em Abidjan, capital da Costa do Marfim, estiveram reunidos ontem, à porta fechada, com a direcção da Federação Angolana de Basquetebol (FAB).

Doze, dos vinte um atletas convocados marcaram presença ontem, na FAB, encontro que serviu também para a apresentação do novo preparador físico dos decacampeões africanos, doutor Petro Santos.

Entre os pré-seleccionados, a destacar as presenças de Reggie Moore, Hermenegildo Santos, Islando Manuel, Joaquim Gomes “Kikas”, Felizardo Ambósio, Edson Ndoniema, Mutu Fonseca, Edmir Lucas, Roberto Fortes, Hermenegildo Mbunga, Eduardo Mingas e Milton Barros, para além do seleccionador nacional, Paulo Macedo, e um dos seus adjuntos, Jaime Covilhã.

Questões contratuais e o plano de preparação do cinco nacional dominaram o encontro que foi dirigido pelo presidente do órgão reitor da modalidade no país, Paulo Alexandre Madeira. Os pupilos de Paulo Macedo ficaram a saber o trajecto que o combinado nacional vai realizar, antes da disputa do Afrobasket 2013.

Os exames médicos da Selecção Nacional começam na próxima segunda-feira, dia 10 e terminam a 15, disse o médico da Selecção Nacional, Agostinho Matamba. Esta semana ficou reservada ao tratamento de questões administrativas dos integrantes da pré-selecção. A preparação de campo inicia a 16 de Junho na província do Bié e termina a 17 de Agosto em Madrid (Espanha).

A selecção vai defrontar equipas da primeira liga espanholas e as congéneres da Eslovénia e Croácia.Angola integra o grupo C, com as selecções de Cabo Verde, Moçambique e República Centro Africana (RCA). A Tunísia é a actual campeã em título.
MC

Universitário
Nova temporada
começa no dia 15

O campeonato de basquetebol universitário em seniores masculinos arranca a 15 do mês em curso, de acordo com o comunicado da Federação dos Desportos Universitários (FANDU) a que tivemos acesso. Apesar do sorteio ter sido realizado na última segunda-feira, o comité organizador da prova aguarda as inscrições de mais universidades espalhadas pela capital do país.

O sorteio revela que fazem parte da série A, a Faculdade de Ciências, Faculdade de Medicina, Universidade de Belas (Unibelas) e Universidade Católica, ao passo que na série B estão as Universidades Jean Piaget, Unia, Metodista, Lusíada e Upra. Faculdade de Ciências Sociais é o actual campeão nacional em título.

No futsal, disputa-se domingo, no campo de São Domingos, mais uma jornada com o seguinte cartaz: às 15h00, Unia-Lusíada, às 16h00, Unibelas-Piaget , às 17h00, Upra-Faculdade de Direito , às 18h00, Cis-Católica , às 19h00, Faculdade de Ciências-Universidade Metodista. Nas duas primeiras jornadas registaram-se os seguintes resultados: Católica-Upra (2-1), Lusíada-Faculdade de Direito (14-2), Upra-Lusíada (3-5), Unia-Católica (6-7), Católica-F.Direito (6-1) , Unia-Upra (3-8).

Na série B, estão as universidades e faculdades da Universidade Agostinho Neto: Universidade Unibelas, Ista, Universidade Jean Piaget, Universidade  Metodista, Faculdade de Ciências Sociais, Faculdade de Ciências, Faculdade de Medicina e Iscisa. Eis os resultados: Medicina-Ciências (6-7), Piaget-Metodista (1-9) , Piaget-Ciências (5-7), Metodista-Medicina (15-0).

NBA
Dwight Howard
aposta no título

Dwight Howard é o principal alvo do mercado da NBA. Com o fim do seu contrato com o Los Angeles Lakers, o poste ainda não definiu se renova com a equipa ou se vai em busca de novos ares, mas revelou que tem um único desejo. Após uma má temporada à frente do Lakers, Howard revelou que a sua única ambição agora é ser campeão da NBA.

Em entrevista ao jornal “LA Times”, o poste foi mais longe quando perguntaram se era capaz de alcançar este objectivo na sua actual equipa.
"Qualquer equipa em que eu estiver pode vencer", disparou Howard em tom de humor.