Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Madeira concorre com Muhima para a zona VI

25 de Abril, 2019

Antigo presidente da FAB pode substituir Anbal Manave na presidncia da Zona VI

Fotografia: Vigas da Purificao | Edies Novembro

O angolano Paulo Alexandre Madeira Rodrigues da Silva vai travar um duelo interessante nas urnas, com o antigo arbitro internacional moçambicano, Abreu Muhima, para ocupar a presidência da Zona VI para a Fiba-Afrique. 
A eleição do novo homem forte da zona, poderá acontecer a 12 de Maio próximo, através de uma reunião ou, no dia 21 de Junho do ano em curso, em Bamako, Mali, em véspera do congresso do organismo, que tutela a modalidade no continente.
O antigo presidente da Federação Angolana de Basquetebol (FAB), Paulo Alexandre Madeira Rodrigues da Silva, oficializou a sua candidatura junto da Fiba-Afrique na última segunda-feira, 24h00 antes do prazo de encerramento da entrega das candidaturas, ao passo que o seu opositor, o moçambicano João Muhima, fê-lo com a devida antecedência.
A direcção da Federação Angolana de Basquetebol (FAB), liderada por Hélder Martins da Cruz "Maneda",  entregou o documento de proposta de candidatura e a declaração de voto, apenas na segunda-feira, data em que Paulo Alexandre Madeira Rodrigues da Silva formalizou a sua candidatura, junto do organismo que tutela a modalidade no continente africano.
De acordo com a nossa fonte, apenas dois candidatos, nomeadamente, Paulo Alexandre Madeira Rodrigues da Silva, angolano, e João Muhima, moçambicano, formalizaram as respectivas candidaturas, para a presidência da Zona VI para a Fiba-Afrique.
Entretanto, com a saída do moçambicano Aníbal Manave, actual presidente da Zona VI, Paulo Alexandre Madeira Rodrigues da Silva, membro da Comissão para as Federações Nacionais da Fiba-Afrique Zona VI, apresenta-se como um dos fortes candidatos para a assumir a presidência da Zona.
Aníbal Manave vai concorrer a presidência da Fiba-Afrique, dado que o actual presidente, Hamane Niang, maliano de nacionalidade, vai candidatar-se ao cargo de presidente da Fiba-Mundo.
Paulo Alexandre Madeira Rodrigues da Silva, de 49 anos de idade, conta nesta altura com o apoio de quase todos os países que compõem a Zona VI, nomeadamente, Botswana, Eswatini, antiga Suazilândia, Leshoto, Namíbia, África do Sul e Zimbabwe. Em declarações ao Jornal dos Desportos, o candidato angolano mostrou-se confiante na vitória, sobre os aspirante João Muhima.
"O trabalho de casa está praticamente feito. Vamos aguardar até ao dia do pleito eleitoral. Eu particularmente estou confiante na vitória ", revelou o antigo homem forte da FAB.
Apesar do domínio que exerce no continente africano, quer a nível de selecções, quer a nível de clubes, Angola não tem conseguido ocupar lugares de relevo na estrutura da Fiba-Afrique.
Madeira assumiu a presidência da FAB de 2013 a 2016, período em que Angola conquistou dois Afrobasket´s em seniores (masculino e feminino), dois  Afrobasket´s nos escalões de formação (Sub-16 e Sub18 masculino), para além da conquista dos Jogos Africanos de Brazzaville e a participação em vários Campeonatos do Mundo, Torneio Pré-Olímpico entre outros feitos. Antes de assumir o cadeirão máximo da FAB, Paulo Alexandre Madeira Rodrigues da Silva exerceu também funções de secretário do Conselho Jurisdicional da federação angolana da modalidade, de 2004 a 2008, tendo posteriormente assumido a presidência do Conselho de Disciplina da FAB, de 2009

NBA
Milwaukee Bucks
fa
z história na prova
  
  O Milwaukee Bucks confirmou a sua superioridade e, com uma "varrida", conquistou a sua classificação para as semifinais dos play-offs da Conferência Leste da NBA, ao derrotar o Detroit Pistons, na noite de segunda-feira, por 124- 107, na Little Caesars Arena, fechando a série melhor de sete em 4-0.
Desde 2001 que os Bucks não conseguiam se classificar para as semifinais do Leste. Além disso, foi a primeira vez, desde 1983, que a equipa encerra uma série vencendo por 4-0. O adversário por uma vaga na final da conferência será o Boston Celtics, que passou também com uma "varrida" pelo Indiana Pacers.O grande nome da noite foi o grego Giannis Antetokounmpo, que marcou 41 pontos para os Bucks, além de nove ressaltos e três assistências.