Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Madeira perspectiva uma prova renhida

Gaudêncio Hamelay, no Lubango - 19 de Novembro, 2013

Paulo Madeira, admitiu no Lubango que o Campeonato Nacional

Fotografia: Jornal dos Desportos

O presidente de direcção da Federação Angolana de Basquetebol (FAB), Paulo Madeira, admitiu no Lubango  que o Campeonato Nacional sénior masculino da “bola ao cesto”, vulgo BAI-Basket em curso, vai ser  “extremamente competitivo”. Paulo Madeira esclareceu que o sorteio do BAI-Basket foi feito apenas com 8 equipas em função da realização do campeonato nacional de basquetebol sénior masculino da II divisão que decorre na Huíla até o próximo sábado.

Acrescentou que para continuidade do campeonato com normalidade a federação pode apurar duas ou até uma equipa para não se criar situações problemáticas a nível da programação e do calendário de 2013/2014. “Mas eu acredito que vamos ter um campeonato extremamente competitivo e o provincial de Luanda deu-nos esses indicadores. O apuramento para a Taça dos Clubes Campeões na Zâmbia também deu-nos esse indicador. O próprio jogo da Supertaça está a mostrar que as equipas estão de facto muito equilibradas e continuam a investir. Por isso, reafirmo que vamos ter com um campeonato muito equilibrado”, perspectivou. 

O responsável máximo da Federação Angolana de Basquetebol apelou mais uma vez para os treinadores e dirigentes das formações a importância de apostarem nos jovens talentos que despontam na modalidade. Paulo Madeira lembrou que se olhar para traz, o treinador que o ano passado correu o risco de pôr juventude na sua equipa, acabou por ser campeão nacional. “Então, acho que temos de voltar a olhar para dentro para percebermos quais são os nossos jovens que têm qualidade. Há jovens com qualidades e é neles que temos que apostar porque é ali onde está o futuro do nosso basquetebol”, destacou.