Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Marinheiros recebem aviadores

Melo Clemente - 16 de Maio, 2017

Emoções do BIC Basket regressam esta tarde em duas quadras de Luanda com a visita do ASA ao reduto da Marinha de Guerra

Fotografia: kindala Manuel | Edições Novembro

As formações do Grupo Desportivo Marinha de Guerra e do Atlético Sport Aviação defrontam-se hoje a partir das 16h00, no Pavilhão Victorino Cunha, na primeira partida do play-off para as classificativas do quinto lugar, da 39ª edição do Campeonato Nacional de basquetebol em seniores masculino, vulgo BIC Basket, a melhor de três partidas.

Depois de afastar a similar do Futebol Clube Vila Clotilde, por 2-1, com recurso a uma negra, a formação satélite do Clube Central das Forças Angolanas vai aproveitar o factor casa, para alcançar a sua primeira vitória na eliminatória.

Ontem, os comandados de Paulo Macedo, antigo técnico da Selecção Nacional de basquetebol em seniores masculino e do 1º de Agosto, ensaiaram os mais variados diagramas ofensivos e defensivos, para suplantar a turma do Aeroporto que renasceu nesta ponta final do Campeonato Nacional da \"bola ao cesto\".

Para esta etapa da competição, o técnico principal do Grupo Desportivo Marinha de Guerra vai contar com todas as unidades, facto que deixa satisfeito o ex -seleccionador dos hendecacampeões africanos.

\"Felizmente, não temos qualquer problema de saúde,  contamos com todos os nossos atletas para atacar esta ponta final do campeonato nacional. Temos consciência do grau de dificuldades que vamos encontrar diante do Atlético Sport Aviação (ASA) , tudo faremos para conquistar o quinto lugar do BIC Basket\", augurou Paulo Macedo.

Entretanto, a formação do Atlético Sport Aviação (ASA) venceu de forma surpreendente na eliminatória anterior, a congénere do Progresso Associação do Sambizanga, por 2-0, desloca-se ao Pavilhão Victorino Cunha, com a estrita missão de contrariar ao máximo o favoritismo dos marinheiros.
Carlos António Dinis, comandante principal da aeronave do Atlético Sport Aviação (ASA), tenciona surpreender esta tarde a formação satélite do 1º de Agosto.

Apesar de jogar em reduto alheio, Carlos António Dinis não esconde a satisfação de vencer esta tarde a similar do Grupo Desportivo Marinha de Guerra, dado que a meta na presente temporada desportiva passa pelo quinto lugar, no BIC Basket.

\"Penso que será mais uma eliminatória extremamente difícil, porque o nossa adversário persegue o mesmo objectivo. Vamos trabalhar no sentido de materializarmos o nosso objectivo\".

O equilíbrio vai seguramente prevalecer no desafio desta tarde, a julgar pela semelhança no modelo de jogo, que assenta no colectivismo.
Ainda hoje, terça-feira, para as classificativas do sétimo lugar, Futebol Clube Vila Clotilde e Progresso Associação do Sambizanga vão medir forças no Pavilhão 28 de Fevereiro, a partir das 16h00.

Espera-se uma partida bastante disputada, a julgar pela qualidade de jogo que as duas agremiações têm patenteado, na presente época desportiva.
As quatro colectividades voltam a entrar em actividade nesta quinta-feira, dia 18, para a segunda partida do play-off.

GRANDES PROJECTAM
FINAL DO BIC BASKET

As equipas do Recreativo do Libolo e do Atlético Petróleos de Luanda continuam a projectar com todo o cuidado a final da 39ª edição do Campeonato Nacional de basquetebol em seniores masculino, vulgo BIC Basket, prova que arranca esta quinta-feira, no sistema de play-off, a melhor de sete jogos.

Hugo Lopez, técnico espanhol ao serviço do Recreativo do Libolo, tem a rapaziada recuperada,  para enfrentar a grande final do BIC Basket, depois de ter disputado e vencido na sexta-feira, o troféu da 33ª edição da Taça de Angola.

O mesmo  pode dizer-se do técnico Lazare Adingono, do Atlético Petróleos de Luanda, que afastou os actuais campeões nacionais (1º de Agosto) das meias-finais.