Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Memphis Grizzlies faz "cesta impossível"

15 de Novembro, 2014

Memphis Grizzlies faz "cesta impossível"

Fotografia: AFP

Com a diferença de apenas um ponto ( o último arremesso decisivo e impressionante), os Grizzlies venceram por 111-110 e agora além de liderarem a Conferência Oeste, alcançaram a melhor campanha de toda a NBA, com oito vitórias, em nove jogos.

No fim do terceiro quarto, os Kings venciam por 15 pontos de diferença. No entanto, a Arena FedEx Forum foi à loucura, quando viu a equipa da casa arrasar os visitantes nos últimos dez minutos ao marcar 35 pontos, sofrer apenas 19 e virar a partida.

O grande destaque do confronto foi na recta final. À dez segundos para o término do jogo, os Grizzles atingiram a liderança com um ponto de vantagem. Os King viraram o jogo graças a dois lances livres certeiros de DeMarcus Cousins. A 0,3s do fim, a bola voltou às mãos da equipa de Memphis. Em linda jogada ensaiada, Vince Carter descolou uma bela ponte área para Courtney Lee, que livre só fez um encosto  na bola praticamente em baixo da tabela para dar a vitória aos Grizzles. Foi impressionante.

O extremo Rudy Gay, dos Kings, foi o cestinha do jogo com 25 pontos, sete ressaltos e duas assistências. No entanto, DeMarcus Cousins foi ainda melhor. O poste do Sacramento angariou o duplo-duplo ao marcar 22 pontos e pegar 12 ressaltos. Do lado do Tennesee, quem mais chamou à atenção foi o base Mike Conley, que marcou 22 pontos e serviu 11 vezes.

 O poste espanhol Marc Gasol (20 pontos e sete ressaltos) e o extremo Zach Randolph (17 pontoss e oito ressaltos) foram outros destaques.


EM TORONTO
Chicago Bulls
vencem Raptors


A vitória do Chicago Bulls sobre o Toronto por 100- 93, no Canadá, ficou em segundo plano. O base Derrick Rose saiu novamente lesionado e preocupa o líder da divisão central, mais uma vez. Derrick fez ontem os exames, para descobrir a gravidade da lesão.

Rose jogou partidas consecutivas apenas pela segunda vez na época. O atleta luta contra problema nos tornozelos. Na partida de Toronto, sentiu desconforto na coxa esquerda, quando faltavam dois minutos para o fim da partida. Saiu lentamente directo para o banco de suplentes.

Na quadra, Rose anotou 20 pontos. O cestinha foi Pau Gasol, com 27 pontos e 11 ressaltos. Jimmy Buttles também se destacou ao marcar 21 pontos.
No Toronto Raptors, Kyle Lowry liderou com 20 pontos.

A vitória do Bulls deixou as duas equipas com campanhas iguais: são sete vitórias e duas derrotas na época. A equipa de Illinois é líder da Conferência Central, enquanto o do Canadá lidera a Leste.


RECORDE
Mavericks atinge
marca histórica


O Philadelphia 76ers levou uma impiedosa “surra” do Dallas Mavericks. A actuar fora de casa, a equipa perdeu por 53 pontos de diferença ao ver o seu rival aplicar o placar de 123- 70. Assim, a equipa texana impôs ao adversário a oitava derrota em oito jogos disputados. É a pior equipa desde o início da época da NBA.Na história da NBA, Mavericks alcançou a vitória por maior diferença de pontos. O resultado, que garantiu o recorde e o quinto lugar da Conferência Oeste, superou o triunfo por 50 pontos que a equipa do Texas obteve sobre o New York Knicks em Janeiro de 2010. O cestinha do jogo foi Dirk Nowitzki, com 21 pontos. No massacre de Mavericks, todos os 13 jogadores que estiveram na quadra pontuaram. Cinco marcaram dez ou mais pontos. O segundo maior cestinha da equipa foi Monta Ellis, com 17, enquanto Tyson Chandler e Carl Parsons fizeram 14 cada um. Do lado do 76ers, o único que se salvou do vexame foi Michael Carter-Williams, com 19 pontos.Desde o dia 11 de Janeiro de 2011, essa foi a pior derrota de uma equipa na NBA. Na época, o Cleveland Cavaliers perdeu com os Los Angeles Lakers por 55 pontos de diferença.

Para completar foi o terceiro pior revés da equipa da Filadélfia que já apanhou por mais de 50 pontos em cinco jogos, na história da competição.No outro jogo, o Golden State Warriors venceu o Brooklyn Nets por 107- 99, em casa, e garantiu o terceiro lugar da Conferência Oeste, enquanto o rival de Nova York ocupa o sexto posto do Leste.

Assim, o Warriors redimiu-se após sofrer duas derrotas consecutivas. Klay Thompson foi determinante e terminou como cestinha da partida com 25 pontos, assim como o poste Andrew Bogut que esteve bem com um “double-double” de 11 pontos e 14 ressaltos. Pelo Nets, o destaque foi o base suplente Jarreth Jack.