Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Militares cimentam liderança

Melo Clemente - 30 de Março, 2015

Os militares estão fortemente apostado na conquista do BIC Basket depois do fracasso da época transacta onde ficaram em branco

Fotografia: José Soares

A formação do 1º de Agosto continua de pedra e cal na liderança da do Grupo A da 37ª edição do Campeonato Nacional de basquetebol em seniores masculinos (BIC Basket), agora com sete pontos, mercê da dupla vitória na dupla jornada do final de semana.Os militares estão fortemente apostado na conquista do BIC Basket, depois do fracasso da época transacta e venceram de forma apertada a sempre difícil equipa do Atlético Sport Aviação (ASA), de Carlos Dinis, por 79-66.

Já no sábado, no Pavilhão Victorino Cunha, sob observação do seleccionador nacional que ontem mesmo deixou a capital do país, Luanda, com destino a Lisboa, os pupilos de Paulo Macedo voltaram a sentir dificuldades, para vergaram a turma adstrita à Polícia Nacional, por 85-79.Com a dupla vitória, o Clube Central das Forças Armadas Angolanas reforçou a liderança do Grupo A, agora com sete pontos, contra cinco do Recreativo do Libolo, no segundo lugar.A dupla jornada do final de semana ficou ainda marcada pela quarta derrota consecutiva dos campeões nacionais frente aos petrolíferos da capital na presente época desportiva.

Apesar de terem perdido o poste Valdelício Joaquim, que se transferiu para o grémio de Calulo, a equipa do Eixo-viário continua a vulgarizar o seu adversário. Sexta-feira, os pupilos de Lazare Adingono bateram os libolenses, por 94-87, elevando para quatro o número de triunfos na presente temporada, contra nenhum dos campeões nacionais.O Recreativo do Libolo conseguiu reagir em casa no sábado, quando recebeu e venceu de forma apertada o Atlético Sport Aviação (ASA), por 97-92, numa partida onde o técnico aviador queixou-se mais uma vez da actuação do trio de arbitragem.

Entretanto, a dupla jornada do final de semana ficou  marcada pelo adiamento da partida entre o Sporting de Benguela e Atlético Petróleos de Luanda.O desafio foi remarcado para o dia 10 de Abril próximo, em face do compromisso dos petrolíferos da capital na Taça de Angola. A equipa do Eixo-viário visita amanhã o arqui-rival, para a primeira mão das meias-finais da segunda maior competição a nível da "bola ao cesto" (Taça de Angola). As emoções da 37ª edição do Campeonato Nacional de basquetebol em seniores masculinos, agora designado BIC Basket, regressam apenas no próximo dia 10 de Abril, com a disputa da quarta jornada da aludida competição.A fase de grupos está a ser disputada no sistema de todos contra todos a uma volta.

Sub-23
Selecção realiza
último apronto


A Selecção Nacional de basquetebol masculino de sub-23 realiza hoje, no Pavilhão Anexo número dois a Cidadela Desportiva, a sessão derradeira de treino, antes de rumar viagem para a França, onde de 4 a 8 de Abril próximo vai competir no torneio internacional da modalidade.A viagem do combinado nacional acontece em princípio amanhã, terça-feira, apurou o Jornal dos Desportos junto do seleccionador nacional, Alberto de Carvalho "Ginguba".

Durante a primeira semana de preparação, o seleccionador nacional trabalhou insistentemente nos aspectos defensivos, sem descurar o capítulo ofensivo.Alberto de Carvalho "Ginguba" considera fundamental que a Selecção Nacional parta para o local da competição com os fundamentos defensivos bem apurados, tendo em vista uma participação auspiciosa na aludida prova que vai servir para dar maior rodagem competitivos aos jogadores.

O facto de alguns atletas chamados para a "operação França” estarem a competir no BIC Basket deixa satisfeito o seleccionador nacional."Vamos levar um grupo com alguma experiência já que alguns deles militam no BIC Basket logo, têm experiência competitiva", disse Alberto de Carvalho "Ginguba. Para o torneio internacional de França, Alberto de Carvalho “Ginguba” convocou 15 atletas, Carlos Cabral, Moussa Kicassa, Gerson Domingos, Alexandre Jungo, Cristiano Xavier, Simão Lutonda, Valdir Victoriano, Joaquim Pedro, Eric Amândio, Cristiano Gomes, Dilson Piedade, Milton Valente, André Domingos, Moisés César e Benvindo Kimbamba.