Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Militares podem terminar invictos

Melo Clemente - 15 de Dezembro, 2015

Já a formação do Kano Pillars da Nigéria, que continua sem vencer na prova, vai procurar fazê-lo.

Fotografia: José Cola

Recuperado que estão as energias, em face do repouso que "beneficiou" de dois dias, a formação do 1º de Agosto regressa hoje à competição, quando defrontar a partir das 18h00, no Pavilhão Multiusos do Kilamba, a congénere do Interclub da República do Congo, em partida a
contar para a quinta e última jornada do Grupo A da fase preliminar da XXX edição da Taça de Clubes Campeões Africanos da "bola ao cesto".

Os militares, líderes do grupo A, com seis pontos, podem terminar invictos nesta fase preliminar, em caso de triunfo esta noite. Com o pensamento virado para os quartos-de-final da competição, onde em princípio defrontam o Kano Pillars da Nigéria, a formação militar vai procurar seguramente despedir-se da fase preliminar da edição 30 da Taça de Clubes Campeões Africanos com uma vitória.

Depois de ter superado o arqui-rival, Atlético Petróleos de Luanda, na ronda anterior, por 74-55, a equipa rubro e negra apresenta-se como a principal favorita à conquista dos dois pontos em disputa.

Mas este favoritismo, os pupilos do técnico espanhol Richard Casas, vão ter de prová-los na quadra. Com oito títulos conquistados na competição, o Clube Central das Forças Armadas Angolanas vai em busca do seu nono troféu continental.

LIBOLO TEM TAREFA DIFÍCIL
A equipa do Recreativo do Libolo volta a ter um teste difícil, quando defrontar hoje, a partir das 15h45 minutos, a similar do Gezira do Egipto, em partida referente à quinta e última jornada do Grupo B da fase preliminar da XXX edição da Taça de Clubes Campeões Africanos da "bala ao cesto".
Depois de terem cilindrado ontem os nigerianos do Kano Pillars, os libolenses vão procurar esta tarde terminar a fase de grupos de forma invicta.

À entrada da última jornada do Grupo B, o Recreativo do Libolo ocupa o segundo lugar da tabela classificativa, com seis pontos, contra sete do Etoile Sportive de Radés da Tunísia, que hoje folga por imperativo de calendário. Gezira do Egipto ocupa o terceiro lugar, com cinco pontos. Já a formação do Kano Pillars da Nigéria, que continua sem vencer na prova, vai procurar fazê-lo hoje, quando defrontar a partir das 13h30 minutos, a modesta formação do Ascut do Madagáscar.

Atlético Petróleos de Luanda e Asfar de Rabat de Marrocos encerram a fase de grupos, quando se defrontarem a partir das 20h15, em partida referente à última jornada do Grupo A. A partida é de difícil prognóstico, a julgar pela qualidade dos dois planteis.
M.C