Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Militares quebram enguiço

Melo Clemente - 09 de Abril, 2014

1º de Agosto recebeu e venceu ontem, no Pavilhão Victorino Cunha, o Recreativo do Libolo, por 88-86

Fotografia: José Soares

Desfalcado de três das suas principais unidades (Cedrick Ison, Joaquim Gomes "Kikas" e Carlos Almeida), a equipa do 1º de Agosto recebeu e venceu ontem, no Pavilhão Victorino Cunha, o Recreativo do Libolo, por 88-86, em desafio referente à terceira jornada da segunda volta do Grupo A da 36ª edição do BAI Basket e cimentou a liderança da série, agora com 13 pontos.

Com este triunfo, a equipa militar quebrou um enguiço de três derrotas consecutivas na presente edição do Campeonato Nacional de basquetebol em seniores masculinos.

Quando a derrota estava praticamente consumada, és que Edmir Lucas saído do banco, com um lançamento a longa distância a escassos segundos do fim, deu a primeira vitória à equipa militar na presente edição do BAI Basket.

A jogar no seu reduto e com o apoio incondicional dos seus adeptos, a formação do 1º de Agosto entrou melhor no desafio, ao contrário do seu opositor que se mostrou bastante apática, fundamentalmente, nos primeiros sete minutos, onde a turma militar conservava uma vantagem de  onze pontos (20-9).

Com um cinco inicial constituído por Armando Costa, Reggie Moore, Felizardo Ambrósio, Edson Ndoniema e Mário Correia, os militares conseguiram superiorizar-se frente aos libolenses, que se mostravam bastante permissíveis na defesa.

Em face do desgaste físico, Paulo Macedo foi obrigado a mexer no seu cinco inicial. Com Hermenegildo Santos no comando das jogadas ofensivas e auxiliado por Islando Manuel, Francisco Machado, Edmir Lucas e Mutu Fonseca, a formação militar baixou consideravelmente  de produtividade o que permitiu à equipa da vila de Calulo reduzir para três pontos ao cabo dos primeiros 12 minutos (27-24).

No segundo período, a formação do Libolo melhorou significativamente a sua defesa e o equilíbrio passou a ser a tónica do desafio. Os militares perderam a liderança do placard quando estavam jogados  um minuto e 50 segundos (27-28), mas os comandados de Paulo Macedo conseguiram anular a magra vantagem logo à entrada do minuto três (31-30).

Desprovido do norte-americano Cedrick Ison, MVP ( Jogador Mais Valioso) da última edição do BAI Basket, ele que foi dispensado para assistir ao nascimento do seu filho, Joaquim Gomes "Kikas", com problemas no joelho esquerdo, e Carlos Almeida, por opção técnica, as acções ofensivas do Clube Central das Forças Armadas Angolanas começaram a ser lideradas por Amando Costa, Mário Correia e Felizardo Ambrósio "Miller".

Os libolenses conseguiram um parcial de 26-23, o que perfez um rigoroso empate a 50 pontos, ao cabo dos primeiros 24 minutos.

Com as duas formações a exibirem-se ao mais alto nível, o equilíbrio voltou a marcar o terceiro quarto, com o Libolo a conseguir um parcial de 21-19, com o placard a registar (69-71), a favor dos forasteiros.

Os militares voltaram a superiorizar-se no detalhe, com Edmir Lucas a converter um lançamento a longa distância a escassos segundos do fim, para a alegria da massa associativa que estava praticamente conformada com a derrota.

Ainda ontem para o Grupo A, os petrolíferos da capital derrotaram os universitários, no Pavilhão Principal da Cidadela, por 103-73. Depois de ter baqueado na ronda anterior, frente ao arqui-rival, 1º de Agosto, por 82-83, a turma do eixo-viário não teve dificuldades para vencer o seu adversário.

Para o Grupo B, o ASA cilindrou o Clube Amigos  de Viana, por 111-56. Militares lideram o grupo A, agora com 13 pontos, contra dez do Libolo, no segundo posto. Petro de Luanda ocupa o terceiro lugar com os mesmos dez pontos.


FICHA TÉCNICA


Pavilhão Victorino Cunha
Comissário: José Carlos
Arbitragem: Carlos Júlio, David Manuel e Mbunga Pedro

1º DE AGOSTO:
Edson Ndoniema    13
Armando Costa    13
Adilson Baza     0
Mário Correia    15
Reggie Moore    9
Felizardo Ambrósio    13
Mutu Fonseca    13
Agostinho Coelho    0
Hermenegildo Santos    1
Edmir Lucas    5
Islando Manuel    6
Francisco Machado    0
Treinador: Paulo Macedo

LIBOLO:

Francisco Sousa    0
Olímpio Cipriano    24
Luís Costa    11
Carlos Morais    9
José Miguel    6
Edson Ferreira    2
Braúlio Morais    6
António Monteiro    2
Abdel Bouckar    2
Eric Coleman    15
Filipe Abraao    0
Eduardo Mingas    17
Treinador: Norberto Alves

Marcha do marcador:

27-24, 50-50, 69-71, 88-86


Provincial unificado feminino
Duelos de “irmãs” marcam segunda jornada


O campeonato provincial unificado sénior/júnior de basquetebol em feminino tem agendado para disputar amanhã, em diversos campos da capital, a segunda jornada da referida competição.

A formação do Grupo Desportivo O Maculusso A recebe no seu reduto, a partir das 19h00, a equipa B do Maculusso, ao passo que as militares, actuais vice-campeãs nacionais defrontam, no Pavilhão Victorino Cunha, igualmente às 19h00, o 1º de Agosto B.

No outro confronto entre «irmãs» marcado para o Pavilhão 28 de Fevereiro, a partir das 19h00, a equipa do Grupo Desportivo Interclube, campeã nacional em título, vai defrontar o Interclube B.

As formações principais, designadamente, 1º de Agosto A, Grupo Desportivo Interclube A e Grupo Desportivo O Maculusso A apresentam-se como principais favoritas à conquista dos dois pontos em disputa.

Entretanto, segunda-feira, para a disputa da primeira jornada do campeonato provincial unificado sénior/júnior, que ficou marcada com a estreia da formação do Clube Universidade Lusíada, a equipa do Grupo Desportivo Interclube A cilindrou o Grupo Desportivo o Maculusso B, por 64-27. A equipa militar A, agora dirigida pelo técnico Jaime Covilhã, venceu a estreante Universidade Lusíada, de Alexandre Neto, por expressivos 76-23, ao passo que o Interclube B superou o 1º de Agosto B, por 45-27.

A entrada da segunda jornada, o Grupo Desportivo Interclube A, 1º de Agosto A e Interclube B partilham o comando da tabela classificativa do campeonato provincial unificado sénior/júnior em feminino.

A prova serve de antecâmara para o Campeonato Nacional sénior feminino que arranca a 31 de Maio próximo.
    M.C