Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Militares regressam ao trabalho

Melo Clemente - 01 de Janeiro, 2014

Clube Central das Forças Armadas tem agora as baterias viradas para o Campeonato

Fotografia: Jornal dos Desportos

Após cumprir as férias natalícias, a formação do 1º de Agosto em basquetebol sénior masculino regressa amanhã aos trabalhos de preparação, com vista a disputa da XXXVI edição do Campeonato Nacional de Basquetebol, vulgo BAI Basket.

Depois de conquistar a XXVIII edição da Taça dos Clubes Campeões Africanos, prova disputada na Tunísia, a equipa militar às ordens do técnico angolano, Paulo Macedo, tem as suas baterias viradas para o BAI Basket.

 O extremo poste Reggie Moore falhou a disputa da  28ª  Taça dos Clubes Campeões Africanos da «bola ao cesto», por força de uma lesão, é a principal atracção da sessão matinal de treinos de amanhã, recuperado que está da ‘mazela’ que o apoquentava.

Com o regresso do internacional angolano, o técnico Paulo Macedo dispõe de todas as suas unidades no regresso à competição doméstica. Cumpridas as férias de natal, a equipa rubro e negra começa a preparar-se com todos os cuidados para o desafio do dia 11 de Janeiro próximo, diante do Recreativo do Libolo, em partida de acerto de calendário referente a IX jornada da primeira volta da fase regular da XXXVI edição do BAI Basket.

O desafio não se realizou na data prevista, face à participação das duas agremiações na fase final da Taça dos Clubes Campeões Africanos da «bola ao cesto», o que levou  a direcção técnica da Federação Angolana de Basquetebol a remarcar  a referida partida para o dia 11 de Janeiro, no Pavilhão Principal da Cidadela Desportiva.

Com quatro vitórias consecutivas, uma delas arrancadas na secretária, frente ao rival, Petro de Luanda, com quem perdeu na quadra, os pupilos de Paulo Macedo pretendem manter o ciclo de vitórias no BAI Basket.

Quem também está invicto no 36º Campeonato Nacional de Basquetebol cuja segunda volta da fase regular começa a 31 do mês em curso, é o Recreativo do Libolo, formação que ocupou o terceiro lugar na Taça dos Clubes Campeões Africanos.

A direcção Técnica da Federação Angolana de Basquetebol faz disputar na primeira, e metade da segunda quinzena, as partidas em atraso do BAI Basket.


Em feminino
Sporting do Bié pode disputar “Nacional”


A equipa feminina em seniores do Sporting do Bié pode disputar o Campeonato Nacional, aprazado para a cidade do Cuito, de quatro a 14 do mês em curso, de acordo com Préncipe Paulo, presidente da Associação Provincial de Basquetebol do Bié.

Em declarações ontem ao Jornal dos Desportos, o homem forte do basquetebol da província do Bié assegurou igualmente a participação da província da Huíla, que se faz representar no evento com um Misto.

Com a provável ausência do Grupo Desportivo Juventude de Viana, em virtude das suas atletas estar a 14 meses sem receber os respectivos ordenados, a província de Luanda é representar no certame pelas equipas do 1º de Agosto, actual campeã nacional em título, Grupo Desportivo Interclube, actual campeã africana da Taça dos Clubes Campeões Africanos, e Grupo Desportivo O Maculusso.

De acordo ainda com Príncipe Paulo, a associação local em parceria com a direcção provincial da juventude e desportos e o governo tem estado a trabalhar no sentido de criares todas as condições técnicas e administrativas para que a prova seja um sucesso.

«As condições estão praticamente asseguradas. A hospedagem para as caravanas participantes ao Nacional está já assegurada, assim como as condições técnicas e administrativas.

Felizmente temos encontrado boa resposta, quer da direcção provincial da juventude e desportos e do governo da província e estou consciente que este Campeonato Nacional vai ser um sucesso», alvitrou Príncipe Paulo, presidente da Associação Provincial de Basquetebol do Bié. M.C


Jogos da Lusofonia
FAB divulga lista
das pré-selecções


As selecções nacionais de basquetebol de sub-23, em ambas as classes, concentram-se amanhã, a partir das 11 h00, nas instalações da Federação Angolana de Basquetebol (FAB), sita no Complexo da Cidadela Desportiva, com vista aos Jogos da Lusofonia, a decorrer de 18 a 28 de Janeiro, em Goa, Índia.

Para a «operação Goa», o seleccionador nacional, Emanuel Trovoada, que tem como coadjuvante Jacinto Olim «Jabila», convocou 12 atletas, com destaque para Hermenegildo Santos e Valdelício Joaquim, ambos campeões africanos pelo Selecção Nacional sénior masculino de basquetebol.

As formações do 1º de Agosto e do Recreativo do Libolo do Kwanza -Sul foram as equipas que forneceram o maior número de atletas, com cinco e dois jogadores respectivamente, seguido do Atlético Sport Aviação (ASA), Petro de Luanda, Grupo Desportivo Interclube e Sporting de Benguela, com dois e um atleta cada.

Eis os atletas convocados pelo técnico Emanuel Trovoada: Edson Ndoniema, Edmir Lucas, Hermenegildo Santos, Islando Manuel e Mutu Fonseca (1º de Agosto), António Monteiro e Braúlio Morais (Recreativo do Libolo), Valdelício Joaquim (Petro de Luanda), Yuri Swingui e Jone Pedro (Atlético Sport Aviação (ASA), André Miguel (Grupo Desportivo Interclube, e António Deográcio Matuchape (Sporting de Benguela). Igor Cordeiro, fisioterapeuta, e Pova Francisco, estatístico, completam a equipa técnica masculina. A nível das senhoras, Eliza Pires, seleccionadora nacional convocou treze atletas, com destaque para Artemis Afonso, atleta que milita no basquetebol português.

Eis o grupo chamado para a campanha Goa, Índia: Ana Gonçalves, Letícia André, Rosa Gala e Helena Francisco (1º de Agosto), Angelina Golombe, Cristina Matiquite, Elsa Eduardo, Judith Queta e Mereciana Fernandes (Grupo Desportivo Interclube), Analzira Américo e Rosemira Daniel (Grupo Desportivo O Maculusso).
M.C 


NBA
Oklahoma Thunder
mantêm bom momento


A equipa dos Oklahoma City Thunder recebeu e venceu na madrugada desta segunda-feira a formação dos Houston Rockets, por concludentes 117-86, e mantém a liderança na conferência oeste.

No encontro entre duas das melhores equipas do campeonato, os Thunder nunca deram quaisquer chances e comandaram tranquilamente desde início, muito por culpa de uma exibição fantástica de Kevin Durant, grande estrela da equipa. O extremo roubou o espectáculo com 33 pontos e 13 assistências, numa noite em que a grande figura dos Rockets, Dwight Howard, passou completamente ao lado do jogo, com apenas nove pontos marcados.