Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Militares vergam polcias com chapa 100

Melo Clemente - 21 de Dezembro, 2019

Militares e petrolferos da capital partilham a liderana da prova ambos com seis pontos cada contra cinco dos Polcias

Fotografia: M. Machangngo | Edies Novembro

Com um duplo duplo do “inexperiente” jovem Jilson Bango (21 pontos e 12 ressaltos), o 1º de Agosto recebeu e venceu ontem, no Pavilhão Victorino Cunha, o Interclube, por 110-93, em partida a contar para a quarta jornada da primeira volta da fase regular da 42ª edição do Campeonato Nacional de basquetebol em seniores masculino e, alcançou o Atlético Petróleos de Luanda na liderança da prova, com seis pontos.

O quinteto da formação militar, constituído por Armando Costa (21 pontos), Hermenegildo Santos (21), Mohamed Malick Cissé (21), Edson Ndoniema (11) e Jilson Bango (21), acabou por destruir a excelente organização defensiva apresentada ontem pela equipa adstrita a Polícia Nacional.Certos a defender e eficientes nos lançamentos a longa distância, a formação forasteira acabou por surpreender a equipa rubro e negra nos minutos iniciais da partida, em que chegou a vencer por uma margem de 13 pontos (4-17).

Dado a ineficácia da sua rapaziada, Paulo Macedo, técnico principal do Clube Central das Forças Armadas Angolanas (1º de Agosto), foi “forçado” a solicitar um desconto de tempo para redefinir a estratégia.A reacção dos actuais vice-campeões nacionais  surgiu apenas quando restavam cinco minutos e 56 segundos para finalizar o quarto inicial.

FICHA TÉCNICA 

 

Pavilhão: Victorino Cunha

Comissário: Nuno Teixeira 

Arbitragem: Francisco Tando, Cláudio Anderson e António Samuel

1º de Agosto: Teotónio Dó (0), Carlos Cabral (2), Mohamed Malick Cissé (21), Edson Ndoniema (11), Armando Costa (Cap) (17), Jilson Bango (21), Pedro Bastos (2), Mutau Fonseca (4), Hermenegildo Santos (21), Islando Manuel (9), Cléusio Castro (0), Tárcio Domingos (2)

Treinador: Paulo Macedo

Interclube: Gerson Domingos (9), Elmer Félix (8), Ngombo Rogério (2), Ludgero Galiza (8), Paulo Márcio Barros (Cap) (9), Glofate Buiamba (0), Roberto Fortes (8), Egídio Ventura (24), Gilson Martins (0), Godalfim Freitas ((9) Joseney Joaquim (10) e Reggie Moore (15).

Treinador: Raul Duarte

Marcha do marcador:  25-26, 46-47, 79-72, 110-93

Parciais: 25-26, 21-21, 33-25, 31-21



A equipa militar ainda conseguiu igualar a marcha do marcador a 24 pontos, quando restavam um minuto e 23 para finalizar o primeiro quarto. Um lançamento a curta distância de Paulo Márcio Barros nos segundos  finais colocou a equipa adstrita a Polícia Nacional a vencer por uma margem mínima de um ponto (25-26).No segundo período, as duas equipas entraram mal, com perdas sistemáticas de bola.

Armando Costa e Edson  Ndoniema, ambos internacionais angolanos, estavam entre os destacados da equipa caseira, fundamentalmente, nos lançamentos a longa distância. Já no Interclube, Egídio Ventura, Gerson Domingos, Paulo Márcio Barros e Reggie Moore eram os principais desequilibradores da cortina defensiva do 1º de Agosto. 

No segundo período, as duas equipas estiveram bem quer a defender, quer a atacar, tendo se registado uma igualdade a 21 pontos, perfazendo 46-47, a favor do Grupo Desportivo Interclube, ao cabo dos primeiros 24 minutos. Com mexidas sistemáticas no seu cinco, a equipa militar acabou por criar um desgaste físico ao seu adversário, que perdeu no parcial, por 25-33, perfazendo 79-72, a entrada do derradeiro período.

Mohamed Malick Cissé, com um lançamento a longa distância, colocou a sua equipa a vencer por uma margem de dez pontos (84-74), quando restavam 11 minutos para o final da partida.O jovem Jilson Bango, com 21 pontos marcados e 12 ressaltos capturados, foi sem sombras de dúvidas uma das principais unidades do técnico Paulo Macedo.

Egídio Ventura, com 24 pontos, foi o melhor marcador da partida, tendo ainda capturado quatro ressaltos.Ainda ontem, para a quarta jornada da primeira volta da fase regular da 42ª edição do Campeonato Nacional, o Futebol Clube Vila Clotilde derrotou o Clube de Formação Desportiva Kwanza, por 68-71, ao passo que o Atlético Sport Aviação (ASA) perdeu em casa com a Marinha de Guerra, por 61-81.