Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Minjud recebe direco da FAB

21 de Julho, 2018

Fotografia: JA Imagens | Edies Novembro

A ministra da Juventude e Desportos, Ana Paula Sacramento Neto, recebeu na quinta-feira, no seu pelouro, a delegação da Federação Angolana de Basquetebol (FAB), encabeçada pelo seu presidente, Helder Martins da Cruz “Maneda”.
O líder do órgão reitor da modalidade no país foi oficializar a candidatura de Angola, que tenciona acolher mais uma das janelas de qualificação zona africana para a Copa do Mundo da China, em 2019, depois de ter albergado a primeira janela, em Novembro de 2017.
Helder Martins da Cruz “Maneda” deu garantias à ministra, que caso a candidatura de Angola volte a merecer a confiança da Fiba-Afrique, prova não terá encargos para Executivo, recorrendo a patrocínios para suprir algumas despesas.
A direção da Federação Angolana de Basquetebol apresentou a sensivelmente duas semanas e meia, a sua candidatura do Fiba-Afrique para acolher de 14 a 16 de Setembro do ano em curso, a quarta janela de qualificação zona africana para a Copa do Mundo de 2019.
Entretanto, o seleccionador nacional, Will Voigt, vai anunciar nos próximos dias a convocatória dos hendecacampeões africanos, que a partir do dia 28 do mês em curso, a 02 de Agosto próximo, vai competir no torneio internacional da China, prova que servirá de antecâmara, visando a quarta janela de qualificação, segundo apurou o Jornal dos Desportos junto de uma fonte federativa.De acordo com a nosso fonte, o técnico norte-americano que desembarca a qualquer altura na capital do país, Luanda, vai levar para o torneio da China os doze jogares que disputaram recentemente no Cairo, Egipto, a terceira janela de qualificação.

FAB REÚNE HOJE
COM ASSOCIAÇÕES

A direcção da Federação Angolana de Basquetebol reúne hoje, sábado, numa das salas de reuniões do órgão reitor da modalidade, sita no Complexo da Cidadela Desportiva, com os presidentes as associações provinciais da “bola ao cesto”.O fórum nacional vai abordar o actual estado da modalidade e não só, com realce para a falta de comunicado da FAB com os seus filiados.