Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Nona Campees Africanos ultimam preparao em Roma

Melo Clemente - 22 de Julho, 2009

Depois de ter conquistado a medalha de ouro nos II Jogos da Lusofonia, que se disputou de 11 a 19 do mês em curso, em Portugal, tendo derrotado na final a sua similar de Cabo Verde, por 106-64, a Selecção Nacional de Basquetebol em seniores masculinos que projecta a sua participação no Campeonato Africano das Nações da “bola ao cesto”, Afrobasket, a decorrer de cinco a 15 de Agosto próximo, na Líbia, encontra-se desde ontem na capital italiana, Roma, onde cumprirá a etapa derradeira da sua preparação, antes de embarcar para o local da competição.

Já com o grupo completo para a “operação” Líbia, num total de doze atletas, a Selecção Nacional, nove vezes campeã africana, vai realizar três ou quatro jogos de controlo, testes que servirão para o seleccionador nacional, Luís Magalhães, português de nacionalidade, corrigir eventuais debilidades, antes de começar a competir na XXV edição do Afrobasket 2009, que se disputa nas cidades de Benghazi e Tripoli.

Apesar de terem se apresentado algo apáticos no torneio internacional de Almada, onde ocuparam a última posição, contra toda a expectativa, os pupilos de Luís Magalhães deram mostras de estarem a subir gradualmente de rendimento nos recém-terminado Jogos da Lusofonia, tendo arrebatado a medalha de ouro.

O desempenho dos atletas nos II Jogos da Lusofonia deixou satisfeito o português ao serviço do cinco nacional. Mas esclarecido nas transições defesa ataque, aliado a ataques planeados, o conjunto nacional que persegue o seu décimo título africano e consequentemente o apuramento à fase final do Campeonato do Mundo da modalidade, a disputar-se em 2010, na Turquia, evidenciou no torneio acima referenciado a sua verdadeira identidade.

A viagem para o local da competição acontece a um de Agosto próximo, estando a estreia, frente ao seleccionado do Mali, aprazada para o dia cinco, dia em que acontece a cerimónia de abertura da prova.

Angola figura no grupo B com as selecções de Moçambique, Mali e Egipto. Líbia, país anfitrião, África do Sul, Nigéria e Costa do Marfim fazem parte do grupo A que à semelhança do B farão os seus jogos em Benghazi. Camarões, República Centro Africana, Senegal e Congo Democrático perfilam na série C, ao passo que na série D estão as selecções de Cabo Verde, Ruanda, Tunísia e Marrocos.