Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Olmpio Cipriano refora petrolferos

Juscelino da Silva - 01 de Outubro, 2018

Olmpio Cipriano e Toms Faria negociaram em curto espao de tempo

Fotografia: Edies Novembro

O extremo-base Olímpio Cipriano, de 36 anos de idade, 93 quilogramas e 1,93 metros de altura, é o principal reforço do Petro de Luanda para a época 2018-2019. O ex-atleta do Sport Libolo e Benfica faz-se acompanhar do poste Divaldo Mbunga, de 34 anos de idade e 2,02 metros de altura, na primeira sessão de trabalhos às ordens do técnico norte-americano Lazare Adingono.
Olímpio Cipriano assinou contrato válido para duas épocas e Divalgo Mbunga permanece no Eixo-Viário até o final da presente época. Os dois atletas viram os seus contratos de trabalho revogados no Sport Libolo e Benfica por extinção da equipa sénior masculina. A equipa de Calulo atravessa dificuldades financeiras.
O Petro de Luanda começa a esboçar hoje o jogo com 1º de Agosto, agendado para as 19h00 de sexta-feira no Victorino Cunha, e o técnico Lazare Adingono vê a equipa mais reforçada. Fontes do clube petrolífero afirmam que Olímpio Cipriano pode ser utilizado no duelo contra o arqui-rival. O MVP de 2007 tem um estilo de jogo marcado pela simplicidade e combinado com movimentos de puro espectáculo.
O extremo-base dispensa comentários pela elevada qualidade técnica. É um exímio marcador de lances livres e de dois pontos. No currículo desportivo, consta teste no Detroit Pistons, da Liga Norte-Americana de Basquetebol - NBA, mas sem sucesso. O pouco tempo na quadra determinou a fraca percentagem nos lançamentos.
Em épocas mais recentes, Olímpio Cipriano ostentou os títulos de Melhor Marcador, Melhor Jogador e Melhor lançador de dois pontos e de lances livres. A posição zero-três, onde já estão Leonel Paulo, Gerson Gonçalves \\\"Lukeny\\\", José António, Bemvindo Quimbamba, António Deogracio e Rafael Silva, torna-se mais forte com a chegada do \\\"menino\\\" que se estreou no Desportivo da Nocal.
A chegada do extremo-base tem a chancela do presidente de direcção do clube do Catetão, Tomás Faria. O número um foi o responsável pela negociação e contratação de Olímpio Cipriano.
Noutro prisma, o poste Divaldo Mbunga regressa à casa com a especificidade de recuperar bolas e travar adversários debaixo da tabela. A posição zero-cinco está mais reforçada na visão de Lazare Adingono. Mbunga junta-se a Aldimiro Jaõa \\\"Vander\\\" Aboubacar Gakou, Manda João e Daniel César.
O Petro de Luanda defronta o 1º de Agosto em partida da terceira jornada do Unitel Basket 2018-2019, depois dos triunfos sobre a estreante Kuanza de Luanda por 105-33 e Marinha de Guerra por 100-82.

QUEZADA RENOVA
COM 1º DE AGOSTO

O base dominicano com passaporte norte-americano, Emmanuel Quezada, renovou o vínculo contratual com o 1º de Agosto por duas épocas. O campeão nacional deve juntar-se, nos próximos dias, ao grupo de trabalho às ordens do técnico angolano Paulo Macedo.
Emmanuel Quezada foi determinante na conquista do Unitel Basket 2017-2018 e na Taça de Angola. O base pode defrontar a antiga equipa, naquele que vai ser o primeiro embate da época entre as duas equipas.
A demora na renovação de contrato teve muito a ver com a situação cambial do país. Os militares encontravam dificuldades em transferir as divisas para o exterior, situação que foi prontamente resolvida pela direcção de Carlos Hendrick. Nesta altura, os militares tratam das questões administrativas para o regresso do base.
Os militares do Rio Seco começam, a partir de hoje, a projectar o clássico dos clássicos com o arqui-rival Petro de Luanda.  O prognóstico do resultado  do jogo é difícil pela qualidade elevada de jogadores nas duas equipas.

Adeptos
valorizam
contratação

A contratação de Olímpio Cipriano é aplaudida pelos aficionados da \\\"bola ao cesto\\\". Walter Bastos, adepto do Petro de Luanda, disse que o extremo-base \\\"ainda é um grande jogador, apesar da idade um pouco avançada\\\".
O jovem adepto sustenta que \\\"a contratação de Olímpio Cipriano tem impacto económico no Unitel Basket\\\".
\\\"Os clubes bem organizados, como Petro de Luanda, vão fazer dinheiro. A bilhética vai render nos confrontos contra o 1º de Agosto, ASA ou Interclube. Olímpio Cipriano arrasta muito público aos pavilhões. Por isso, está de parabéns a equipa de Eixo-Viário pela contratação do extremo-base\\\", rematou.
No mesmo diapasão está Euclides Avelino, adepto do 1º de Agosto.
\\\"A contratação de Olímpio Cipriano valoriza mais o Unitel Basket e as pessoas vão encher os pavilhões. O regresso da prova à Cidadela Desportiva e noutros pavilhões próximo aos centros populacionais vai contribuir para maior arrecadação de receitas\\\", disse.
Para fechar o plantel, o Petro de Luanda negocia com um poste de nacionalidade norte-americana, segundo fontes contactadas. A chegada do único estrangeiro está aprazada ainda para este ano.
Trabalham às ordens da Lazare Andingono, os atletas Leonel Paulo, Gerson Gonçalves “Lukeny\\\", Rafael Silva, Childe Dundão, Joaquim Pedro “Quinzinho”, Gelson Varanda, José António, Aboubakar Gakou, Benvindo Quimbamba, Manda João, Aldimiro João \\\"Vander\\\", António Deogracio, Domingos Bonifácio, Daniel César, Pascoal Conde, Ângelo Alexandre, Tiago André. Hoje, juntam-se Olímpio Cipriano e Divaldo Mbunga.