Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Paulo Macedo garante mais trabalho

08 de Setembro, 2013

Macedo conquistou recentemente o seu primeiro título como técnico do “cinco” nacional

Fotografia: Jornal dos Desportos

O seleccionador Nacional sénior masculino de basquetebol Paulo Macedo garantiu sexta-feira na cidade do Uíge, maior trabalho no conjunto nacional de basquetebol, com vista a continuar na senda das vitórias tanto nas competições africanas como nos mundiais.

O responsável em entrevista a Angop a propósito da apresentação na província do Uíge do 11º troféu alcançado recentemente em Abidjan durante a realização do Campeonato Africano da modalidade disse ser necessário continuar a trabalhar para que se possa manter a coesão no seio do conjunto.

«Foi um trabalho de muita humildade, solidariedade e de inter-ajuda. Na verdade com o carinho do povo angolano hoje aqui demonstrado nós só podíamos trabalhar da forma como trabalhámos e conquistar  o que conquistámos. Vamos continuar a trabalhar para que cada dia tenhamos uma selecção que traga mais conquistas para o povo angolano», disse.

Aproveitou a oportunidade para agradecer a honrosa recepção na província, apelou à juventude no sentido de abdicar das más acções e apostar no desporto, para que possam dar também a sua contribuição para o futuro da modalidade.

Por seu turno o capitão da Selecção Nacional sénior masculino de basquetebol Carlos Almeida também se manifestou satisfeito pelo número de pessoas que afluiu às ruas das cidades de Negage e Uíge na   recepção  aos campeões africanos de basquetebol, encorajou os jovens locais a darem o melhor de si para que Uíge atinja patamares superiores em termos do desporto.

Por este motivo, o jovem residente da cidade do Uige Júlio Maingui Mendes considerou benéfica a vinda dos atletas de basquetebol à província, admitiu ser um gesto que deve servir de mola impulsionadora aos atletas locais na prática da modalidade.

«Isto também vai chamar a atenção dos nossos dirigentes, em termos de apoios. Hoje são estes a alegrar o povo angolano e amanhã devem ser outros jovens que estão a ser formados», disse.

Durante a permanência de algumas horas na província do Uíge, os atletas da selecção, visitaram a sede da Universidade Kimpa Vita, a Centralidade do Quilumosso, o Hospital Geral do Uíge e a Escola do I ciclo do ensino secundário do bairro Papelão, respectivamente. A Selecção Nacional sénior masculino de basquetebol conquistou a 31 de Agosto do corrente ano, pela 11ª vez em Abidjan, a Taça de África de basquetebol (Afrobasket 2013), derrotou na final o Egipto por 57-40.


Tributo
Bié quer troféu do Afrobasket


Desportistas na cidade do Cuito  Bié  pretendem ver a Selecção Nacional de basquetebol sénior masculino  que conquistou o 11º Campeonato Africano do seu historial da modalidade, na província. Interpelados alguns adeptos da «bola ao cesto» dizem que o facto de o «cinco nacional» ter iniciado a sua preparação no planalto do Bié, leva-os a reclamar a materialização desse desejo a presença dos Campeões Africanos.

O comentador desportivo Inácio Walima disse que devia ser um reconhecimento para o povo e o governo do Bié, que acolheram com satisfação a selecção na fase inicial da sua preparação para o Afrobasket que decorreu na Costa do Marfim.

 «A vinda da Selecção sénior masculino à província do Bié   devia ser uma forma da Federação de basquetebol agradecer o povo do Cuito pelo carinho e apoio que recebeu durante a sua estadia nesta cidade», disse Inácio Walima que acrescentou que o gesto era bem visto pela sociedade civil biena.
Augusto Samuel atleta do clube Victória Atlético Clube, disse que podia ser uma grande honra receber os campeões no Bié. 

«A selecção  recebeu muito carinho e apoio da população do Bié. Esperámos o mesmo gesto da Federação Angolana de Basquetebol. Afinal a caminhada vitoriosa da nossa selecção teve inicio aqui, no Cuito. Queremos ver os campeões africanos com o troféu conquistado», afirmou.
JOAO CONSTANTINO, NO CUITO


Eurobasket
Espanha consente
primeira derrota


A Espanha bicampeã europeia de basquetebol foi derrotada por 78-69 frente a uma motivada Eslovénia que, a jogar em casa mostrou que pode ir longe no Euro'2013, enquanto a Rússia voltou a desiludir.

Os espanhóis em Celje  até chegaram ao intervalo em vantagem (25-33) e tudo indicava que iam  somar novo triunfo na prova, mas a selecção eslovena acabou por realizar uma segunda parte de grande nível, com uma exibição memorável de Goran Dragic. O base dos Phoenix Suns liderou a sua equipa em todos os aspectos do encontro somou 18 pontos, sete assistências e seis ressaltos, que de nada valeu a Espanha os 17 pontos e sete ressaltos do poste Marc Gasol.

No segundo dia de competição a Rússia voltou a surpreender pela negativa com nova derrota desta vez frente à Grécia, que parece querer recuperar o estatuto perdido nos últimos anos. Os helénicos venceram por 80-71 em nova boa demonstração colectiva, com cinco jogadores a ultrapassarem a fasquia dos 10 pontos, deixaram a Rússia, terceira classificada em 2011, em «maus lençóis».

Igualmente com tarefa mais complicada está a Macedónia semifinalista há dois anos, que sofreu mais um desaire perante a Lituânia por 75-67. Depois da derrota na estreia a vice-campeã europeia a França alcançou uma confortável vitória sobre a Grã-Bretanha, por 88-65, com 17 pontos de Nicolas Batum e 16 pontos e cinco assistências de Tony Parker.

A Itália manteve a onda vitoriosa desta vez com um confortável triunfo sobre a Turquia por 90-75, enquanto a Finlândia reforçou o estatuto de equipa surpresa da prova desta vez ao não dar hipóteses à Suécia, com uma vitória por 81-60. Além dos finlandeses e italianos, Ucrânia, Sérvia e Letónia mantiveram-se 100 por cento vitoriosos neste arranque do Europeu.


»Breves


Português falha “cut” na Suíça
O português Ricardo Santos terminou  sexta-feira o European Masters  de golfe, a decorrer em Crans Montana  na Suíça, no grupo dos classificados em 85.º lugar, falhou  a passagem do «cut» por duas pancadas. No segundo dia do torneio, o golfista português fez um cartão de 71, ou seja o PAR do campo, pelo que termina a sua participação com uma pancada acima.


Rafael Silva triunfa na 3.ª etapa
Rafael Silva (LA Alumínios-Antarte) venceu  sexta-feira ao «sprint» no Bombarral, a terceira etapa da Volta a Portugal do Futuro em bicicleta, prova que continua a ser liderada por Domingos Gonçalves (Rádio Popular-Onda). A mais longa etapa da prova, 160,3 quilómetros entre Sertã e Bombarral foi cumprida em 4:14.16 horas por 18 ciclistas com outros 26 a perderem menos de um minuto. A exemplo da primeira etapa Rafael Silva, vencedor da edição de 2012.