Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Petro confirma favoritismo

Melo Clemente - 18 de Março, 2015

Extremo poste Leonel Paulo esteve igualmente em destaque contribuindo com 17 pontos

Fotografia: Jornal dos Desportos

A equipa sénior masculina do Atlético Petróleos de Luanda confirmou ontem o seu favoritismo, no Pavilhão Anexo número dois da Cidadela, ao conseguir o passe de acesso às meias-finais da 27ª edição da Taça de Angola, mercê do triunfo obtido frente ao Interclube, em partida referente a segunda mão dos quartos-de-final da aludida competição.O base Emanuel Quezada que esteve escondido durante os primeiros 24 minutos, tratou de ofereceu o visto para o grupo disputar as mais-finais da segunda maior competição a nível da “bola ao cesto”.

O dominicano naturalizado norte-americano anotou 20 pontos, contra 21 do Kevin Foster, do Interclube, que foi o cestinha da partida.Inicialmente previsto para o Pavilhão Principal da Cidadela Desportiva às 18h00, a partida foi transferida para o anexo, já que o recinto vai receber as partidas do torneio pré-olímpico de andebol sénior feminino.Tal como se esperava, a formação do Atlético Petróleos de Luanda entrou determinada no desafio, ao contrário do seu opositor que se mostrou algo nervosa, principalmente, nos primeiros três minutos.

Aliás, em desvantagem de seis pontos, fruto da derrota que sofreu no desafio da primeira mão dos quartos-de-final (90-86), a equipa do Eixo-vário assumiu as rédeas da partida.Fruto da marcação que o base Emanuel Quezada tem sofrido, Lazare Adingono colocou mais dois bases, Domingos Bonifácio e Pedro Bastos, facto que causava alguns embaraços a cortina defensiva da equipa adstrita a Polícia Nacional. 

A entrada do minuto cinco no quarto inicial, os polícias conseguiram equilibrar a partida, tendo tomado de assalto a liderança do marcador quando restavam dois minutos e 26 segundos para o termo do primeiro período (19-21).Os petrolíferos da capital melhoraram a sua defesa e conseguiram mostrar superioridade nos minutos finais,  e fixaram o resultado em 30-27.O segundo período começou melhor para os pupilos de Lazare Adingono, que conseguiram um parcial de 7-0 (34-27), quando estavam decorridos dois minutos e 30 segundos.

Ante a ineficácia do jogo ofensivo da turma do Aeroporto, a formação do Atlético Petróleos de Luanda conseguiu nesta etapa a maior diferença pontual (43-36). Neste período, a equipa petrolífera antou 18 pontos, contra 13 do seu opositor, o que perfez 48-40, a favor da equipa caseira.E quando se esperava mais das duas colectividades a entrada do terceiro período, o nervosismo  tomou conta dos jogadores. Em cinco minuto, o Grupo Desportivo Interclube havia anotado apenas um ponto, contra nenhum do seu adversário.O poste Hermenegildo Mbunga tratou de marcar os primeiros dois pontos da sua equipa, quando restavam sete minutos e 56 segundos.

Apesar dos sucessivos erros de parte a parte, o Interclube conseguiu melhorar o seu jogo ofensivo, tendo conseguido uma parcial de 8-3 (51-48), quando restavam quatro minutos e 54 segundos. 63-51, foi o resultado final ao cabo do terceiro quarto, a favor dos petrolíferos da capital.O derradeiro quarto ficou marcado por sucessivos erros da arbitragem de parte a parte, protagonizado por Wilson Boaventura e Mbunga Pedro. Nesta etapa, a equipa do Eixo-viário experimentou algumas dificuldades na pontam final mas, acabou vencendo por 94-76. Na primeira mão, os pupilos de Lazere Adingono perderem por 86-90.

A equipa caseira que sempre teve o controlo das operações, viu-se assustada, quando restavam quatro minutos para o termo da partida já que vencia apenas por três pontos (77-74). Esteve resultava qualificava a equipa adstrita a Policia Nacional.Miguel Kiala (Interclube) foi o rei dos ressaltos, com 13, sendo três ofensivos e dez defensivos.

Mini Basket
Torneio Mário Octávio
decorre sem sobressaltos


O torneio de mini basket denominado “Mário Octávio”, uma organização da direcção do Futebol Clube Vila Clotilde,  prossegue de forma animada em Luanda, com a particiapção das principais equipas.No último fim de semana, para a terceira jornada, a formação do 1º de Agosto em sub-10 derrotou a equipa B do Futebol Clube Vila Clotilde, por 14-4, ao passo que o Futebol Clube Vila Clotilde A despachou o Atlético Petróleos de Luanda, por expressivos 34-9.

Na categoria de sub-12, os petrolíferos da capital venceram a formação do Futebol Clube Vila Clotilde A, por 27-13, o 1º de Agosto venceu o Grupo Desportivo da Banca, por 49-25, o Atlético Petróleos de Luanda A ganhou o Vila A, por 37-19.Entretanto, no sábado dia 21, a competição tem agendada a quarta jornada do torneio de mini basket denominado “Mário Octavio”, que compreende o seguinte cartaz: Na categoria de sub-10, a partir das 8h00, o Vila A defronta a similar do Vila B, ao passo que às 9h30 minutos, o Clube Central das Forças Armadas Angolanas mede forças com os petrolíferos da capital.

Já na categoria de sub-12, o Futebol Clube Vila Clotilde A e Grupo Desportivo da Banca abrem a ronda quatro,  a partir das 8h45 minutos, o Atlético Petróleos de Luanda defronta o 1º de Agosto, a partir das 10h45 minutos e no encerramento da jornada, o Vila A vai ter pela frente a formação do Vila B.

ficha técnica

Pavilhão Anexo:

Com pouco público
Comissário: Henriques Bastos
Arbitragem: Fernando Pacheco “Baganha”, Mbunga Pedro e Wilson Boaventura
Petro: Pedro Bastos ( 3), Roberto Fortes ( 0), Joaquim Pedro (0 ), Vlademir Ricardino (7 ), Paulo Santana (0 ), Emanuel Quezada ( 20), Leonel Paulo (17 ),  Domingos Bonifácio ( 9), Hermenegildo Mbunga (10 ), João Fernandes (3 ), Jerson Gonçalves (9 ), Janson Cain (16).
Treinador: Lazare Adingono
Interclube: Emanuel António (8 ), Eric Norman (0 ), Francisco Horácio (6), Osvaldo Vieira ( 6), Roming Sambo ( 11), Jorge Tati ( 0), Miguel Kiala ( 6), Abdel Gomes (0 ), Kevin Foster (21 ), Quintrel Thomas (18 ), Fidel Cabita ( 0), Adilson Ramos (0 )
Treinador: Alberto Babo
Marcha do marcador: 
30-27, 48-40, 63-53, 94-76