Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Petro de Luanda confirma perseguio

Juscelino da Silva - 05 de Março, 2018

Fotografia: Jornal dos Desportos

O Petro de Luanda confirmou o segundo lugar na tabela de classificação do  Unitel Basket 2017-2018 com 39 pontos, fruto do desaire do Sport Libolo e Benfica diante do Interclube, na primeira jornada da terceira volta. Os petrolíferos obtiveram vitórias na dupla jornada diante da Marinha de Guerra (88-68) e do ASA (87-49).
No primeiro confronto, Gerson Gonçalves assumiu as despesas da equipa do Eixo -viário e contribuiu com 22 pontos. O extremo-base esteve bem apoiado por Aboubakar Gakou, que foi o \"senhor\" das tabelas. O extremo -poste coleccionou sete pontos e 14 ressaltos.
No jogo com ASA, no pavilhão Anexo número dois da Cidadela Desportiva, as despesas dos petrolíferos estavam a cargo de Gerson Gonçalves, o melhor cestinha com 15 pontos. O extremo -base contou com apoios do poste nigeriano Olalekan Ajay, que terminou como o melhor ressaltador do jogo com 10, e o regressado Leonel Paulo. O extremo -poste obteve sete ressaltos e 10 pontos.
Os aviadores, que estão a atravessar um momento menos bom, vinham de um desaire diante da Universidade Lusíadas (57-61) e não tinham argumentos para contrapor o favoritismo dos petrolíferos. Cesaltino Reis, que orientou a equipa na ausência de Carlos Dinis e Jacinto Olim, técnicos principal e adjunto, não tinha alternativas para travar a fúria do Petro de Luanda.
\"Defrontámos uma grande equipa, candidata ao título. Os meus rapazes cometeram erros e pagámos caro. Vamos continuar a trabalhar. O campeonato é longo\", disse.
Noutros jogos da dupla jornada, o líder da compita, o 1º de Agosto, venceu o Vila Clotilde por 113-69, depois de dar a chapa cem a Academia Helmarc por 126-72 no dia anterior.
O Spor Libolo e Benfica redimiu-se do desaire do Interclube e venceu a Academia Helmarc por 110-70.
O jogo entre o Interclube e a Universidade Lusíada está adiada para amanhã.
Na tabela de classificação geral, o 1º de Agosto liderar com 45 pontos, seguido do Petro de Luanda (39) e Sport Libolo e Benfica (38).
JS

FEMININO
Interclube
e 1º de Agosto
decidem
a liderança


A equipa de basquetebol sénior feminina do Interclube recebe hoje às 19h00,  no pavilhão dos Bombeiros, o 1º de Agosto para mais uma ronda do campeonato provincial de basquetebol de Luanda, na partida de maior cartaz do torneio de abertura. O jogo vai decidir a liderança do provincial que é aguardada com muita expectativa. O público amante da modalidade tem condimentos para encher o pavilhão dos Bombeiros.
Depois do triunfo diante da aguerrida equipa do Maculusso, por 67-49,  Apolinário Paquete, técnico das poliícias, tem hoje um osso duro de roer. Ainda assim, o treinador acredita no resultado positivo.
\"O nosso grupo ainda não está completo. Temos muitas jogadoras lesionadas. Asterida Vicente e Ruth Daniel são as únicas jogadoras que restam da equipa principal. As outras continuam sob cuidados médicos. Esse ano, sete  jogadoras ascenderam à categoria de sénior e têm dado resposta positiva à equipa. É com elas que contamos para o embate com o 1º de Agosto\", disse.
No lado das militares, Jaime Covilhã  tem o grupo pronto. O treinador espera continuar na liderança do provincial.
\"Espero que as minhas jogadoras saibam cumprir com as orientações dentro do campo. Sabemos as qualidades do nosso adversário. Ainda assim, o nosso objectivo é ganhar o jogo\", disse.
O campeonato provincial de Luanda sénior feminino de basquetebol é liderado pelo 1º de Agosto com oito pontos, seguido pelo Interclube (6) e Maculusso (4).  

MUDANÇA
Público está
reconciliado    


As partidas realizadas nos pavilhões anexo da Cidadela Desportiva e nos Bombeiros levaram um numero considerável de espectadores. Era visível a satisfação nos rostos dos adeptos  que puxavam pelas equipas.
Victor Natalino, adepto do Petro de Luanda, disse que \"jogar no Arena é mais-valia, partindo do princípio de que as equipas jogam no pavilhão moderno, um campo com outra qualidade, mas jogar concentrado como se um torneio se tratasse, isso não é benéfico para o campeonato nacional, principalmente,  quando se chega a jogar em horários como às 21h00\".
\"Pela localização do Arena, é complicado no nosso país. Hoje, ficou provado que os amantes do basquetebol estão no centro da cidade. Jogar no Arena é uma forma de matar a modalidade\", disse.
Délcio Samassa, adepto do 1º de Agosto, congratulou-se com as partidas realizadas no pavilhão anexo da Cidadela Desportiva, em que a sua equipa venceu o Vila Clotilde por expressivos 113-69.
\"Já estava com saudades de ver os jogos na Cidadela Desportiva. Aqui estão os verdadeiros adeptos do basquetebol\", disse.
JS