Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Petro e Inter partem amanh para Maputo

Juscelino da Silva - 23 de Novembro, 2019

Fotografia: Edies Novembro

As equipas de basquetebol, seniores masculina, do Petro de Luanda e do Interclube deixam o país amanhã, domingo,  às 09h00, com destino a Maputo, vão competir na III edição do Torneio Internacional "Inter-Cidades", que vai decorrer de 25 do corrente a 1 de Dezembro.
No palco da competição, os nossos representantes vão defrontar as formações do Soweto Panthers, campeã da África do Sul, selecção Sub-25 do Zimbabwe, Politécnica, Ferroviário de Maputo, Costa do Sol, selecção de Sub-25 do Zimbabwe e duas equipas de Cabo Verde.
Os petrolíferos vão no encalço do primeiro troféu do Torneio Internacional, ao passo que o Interclube pretende revalidar o título que conquistou na edição passada.
No país do Índico, as duas formações vão aproveitar a prova para dar rodagem aos seus jogadores, com mais  incidência  para o Petro de Luanda, que vai competir na BALL LEAGUE. Os petrolíferos vão na máxima da  força para o torneio. O base Gerson Gonçalves está a contas com uma lesão, também, deve seguir viagem com o grupo, de acordo com Gerson Bethel, técnico - adjunto de Lazare Adingono.
"O nosso objectivo é participar no torneio, de formas a consolidar  o processo que está  a começar que é o provincial sénior masculino,  que estamos a jogar agora. Em Maputo, queremos dar mais minutos aos jogadores e com isso, elevar os nossos níveis competitivos para as provas que se avizinham. Temos a noção dos adversários que vamos encontrar em Maputo, bem como os níveis competitivos que as mesmas apresentam, vamos levar todos os jogadores para a prova. De uma forma geral, penso que está tudo acautelado para o torneio de Maputo"
 No Interclube, o base Gerson Domingos continua a ser a grande dúvida quanto à sua integração na equipa. O atleta, ainda não recebeu luz verde da equipa médica dos polícias, para integrar o grupo. Antes da viagem, Raul Duarte aproveitou o embate de  quinta-feira com a Marinha de Guerra, para corrigir aspectos ligados com a defesa, transições defesa - ataque, circulação de bola e outros aspectos.
Durante a semana que antecede ao torneio, os técnicos das duas grandes equipas angolanas estiveram a atarefar as  equipas, com exercícios focados nos aspectos técnicos, tácticos e físicos. Além dos jogos realizados no provincial de basquetebol sénior masculino, com o objectivo de aferir a movimentação ofensiva, defensiva, bem como colectiva e individual dos atletas, os timoneiros trabalharam, também, a vertente da finalização.
 O Petro de Luanda acaba por ser o grande favorito à conquista do torneio, tudo devido à qualidade que o seu plantel apresenta, actualmente. O técnico Raul Duarte, timoneiro do Interclube, pretende fazer uma boa prova e deixar a sua marca no torneio.
 As condições técnicas, bem como a logística, está tudo acautelado, por parte da organização.
O Interclube é o detentor do título, enquanto o 1ºde Agosto venceu a primeira edição, em 2017.  A competição visa saudar o aniversário da cidade de Maputo, que se assinalou no dia 10 do corrente. Petro de Luanda e Interclube voltam a jogar no provincial de basquetebol sénior masculino apenas no dia 4 de Dezembro.