Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Petrolíferos podem alargar a vantagem

Melo Clemente - 21 de Maio, 2015

Atlético Petróleos de Luanda volta hoje, no Pavilhão da Cidadela

Fotografia: M.Machangongo

O  Atlético Petróleos de Luanda volta a recebe hoje, no Pavilhão Principal  da Cidadela, a partir das 18h00, o Atlético Sport Aviação (ASA), na segunda partida dos play-off das meias -finais  da 37ª edição do Campeonato Nacional de basquetebol em seniores masculino, agora designado BIC Basket.

Depois do susto na primeira partida, em que ao cabo dos primeiros 24 minutos perdia para a turma aviadora, liderada pelo técnico, Carlos Dinis, por 42-44, os petrolíferos da capital vão seguramente  obter hoje mais um triunfo, rumo à vassourada, entenda-se a terceira vitória consecutiva.

Aliás, com maior ou menor dificuldade, os pupilos às ordens do técnico camaronês, Lazare Adingono, vão assegurar o passe dos play-off da final da 37ª edição do BIC Basket, a ser jogada a melhor de sete partidas.

 Apesar de reconhecer o potencial do  opositor, a equipa do Aeroporto vai tentar mais uma vez dificultar ao máximo as pretensões dos petrolíferos da capital, que contam já com um troféu (Supertaça Wlademiro Romero), num ano em que declinou a luta para os troféus nacionais.


CLASSIFICATIVAS
ENTRAM EM ACÇÃO

Duas partidas abrem hoje as classificativas, do quinto ao décimo lugares, da 37ª edição do Campeonato Nacional da “bola ao cesto”. A formação da Marinha de Guerra recebe hoje, a partir das 16h00, no Pavilhão Victorino Cunha, a Universidade Lusíada, ao passo que o Progresso Associação  do Sambizanga mede forças, às 18h00, no Pavilhão Anexo número dois da Cidadela, o Grupo Desportivo Interclube.
O equilíbrio vai prevalecer na partida, que envolve as formações da Marinha de Guerra e Universidade Lusíada, enquanto a turma da Polícia entra como favorita diante dos sambilas.
M.C


NBA
Golden Warrios
superam Rockets


O Golden State Warrios  recuperou-se  do susto contra o Houston Rockets, no primeiro jogo das finais da Conferência Oeste, nesta terça-feira. Mas venceu de virada por 110-106 diante dos seus adeptos e largou na frente pelo lugar na grande final. A equipa chegou a estar a perder por 16 pontos no início do segundo quarto, mas venceu na reviravolta com grande actuação do reserva Shaun Livingston e do cestinha do jogo e MVP da temporada regular: Stephen Curry.

O segundo embate entre as franquias ocorre hoje, quinta-feira, novamente em casa do Golden State Warriors. Depois, vai ser a vez do Houston jogar duas vezes seguidas em casa.

O Golden State começou muito mal e deixou o Houston abrir óptima vantagem. Mas contou com  o “apagão” de seis minutos, no segundo quarto, para terminar o primeiro tempo três pontos à frente.

A segunda metade do jogo foi mais equilibrada, com o Houston sempre colado ao Golden State. Mas Stephen Curry tomou conta da partida, terminou o jogo como cestinha com 34 pontos e cinco assistências e decidiu com dois lances livres no fim a primeira vitória dos Warriors nas finais do Oeste.

Os Rockets abriram seis pontos nos dois primeiros minutos. Mas o Golden State encostaram com três cestas seguidas de Klay Thompson: uma enterrada espectacular, uma bola de três e outro arremesso da zona morta (lance livre).

Stephen Curry começou a aparecer no jogo de perímetro dos Warrios e  destacar-se ao lado de Klay Thompson, mas os Rockets dominaram o garrafão com Dwight Howard e colocaram sete pontos a frente no final do primeiro quarto.O brasileiro Leandrinho voltou para o segundo quarto e logo deu uma linda assistência para enterrada de Iguodala. Mas o Golden State continuou muito instável na partida e Houston chegou a abrir vantagem de 16 pontos na metade do segundo período. O Houston regressou ao segundo tempo do mesmo jeito que foi aos balneários: a errar muito. Assim, os donos da casa ampliaram a vantagem com Klay Thompson e Stephen Curry calibrados.

Com poucos minutos de quadra mas a participar bem do jogo sempre que requisitado, Leandrinho voltou no terceiro quarto e acertou uma linda bola de três para o Golden State. A equipa da casa continuou superior no fim do terceiro período e levou vantagem de seis pontos para o quarto final.No quarto final, a estrela de Stephen Curry brilhou mais uma vez. O MVP da temporada regular, esbanjou dos arremessos de três pontos, converteu dois lances livres no fim e decidiu o primeiro jogo da final do Oeste.