Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Petrolíferos querem ajuste de contas

Melo Clemente - 05 de Outubro, 2016

Petrolíferos e polícias voltam a medir forças

Fotografia: Santos Pedro

As formações do  Atlético Petróleos de Luanda e do Grupo Desportivo Interclube abrem hoje as hostilidades, a partir das 17h30 minutos, para a  primeira jornada da 8ª edição do Torneio Victorino Cunha. A partida servirá de ajuste de contas para os petrolíferos da capital, que na última semana foram vencidos pelos polícias, por 118-107, desafio que contou para o campeonato provincial de basquetebol de Luanda.

Moralizado com o triunfo de sábado, frente ao rival 1º de Agosto, a quem venceram por 94-81, para o provincial, a equipa do Eixo -viário  vai aparecer desfalcada de Emanuel Quezada e Jason Cain, duas das  melhores unidades, preparou a estratégia para surpreender a sempre aguerrida equipa adstrita à Polícia Nacional.

Lazare Adingono, técnico principal do Atlético Petróleos de Luanda, vai montar uma equipa capaz de neutralizar as acções ofensivas dos comandados do técnico luso, Alberto Babo. Apesar de reconhecer o valor do adversário, o técnico camaronês ao serviço da turma petrolífera, não esconde o desejo de vencer os polícias.

“Vai seu um jogo extremamente difícil para as duas equipas, dado o valor das duas agremiações. Nós perdemos na semana passada, embora, em competições diferentes. Portanto, vamos lutar no sentido de vencer a partida”, disse Lazare Adingono.

Tal como os petrolíferos da capital, os polícias estão igualmente apostados na conquista da vitória. O equilíbrio pode marcar o desafio, a julgar pelo potencial dos dois conjuntos.  A competição prossegue amanhã, com o emparceiramento: Libolo -Petro (às17h00) e Interclube -1º de Agosto (às 19h15 minutos).
M.C

Palmarés
Militares dominam

Com cinco troféus conquistados, a formação do 1º de Agosto domina o ranking do Torneio Victorino Cunha, prova que visa homenagear a figura do antigo seleccionador nacional de basquetebol, em seniores masculino.

A competição começou a ser disputada em 2009, organiza este ano, a oitava edição da aludida prova. As formações do Atlético Petróleos de Luanda e Recreativo do Libolo arrebataram um troféu cada, em 2010 e 2013, respectivamente.

Rockets retiram
camisola de Ming

O poste Yao Ming vai ser o primeiro jogador chinês a ter a  camisola retirada por uma equipa da NBA, neste caso, o Houston Rockets que é o conjunto da qual o gigante de 2,29m  tornou-se ídolo.

A cerimónia de aposentação da camisola número 11, usada pelo poste chinês entre 2002 e 2012, está marcada para o dia 2 de Fevereiro, no Toyota Center, quando os Rockets recebem o Atlanta Hawks. O anúncio da equipa de Houston ocorre um mês depois de Yao Ming ter entrado no Hall da Fama da NBA, junto  dos lendários Shaquille O'Neal e Allen Iverson.

A primeira escolha do draft de 2002, Yao Ming  transformou-se  num dos atletas mais importantes do desporto profissional na China, e um jogador -chave para que a NBA pudesse globalizar o negócio no país. O ex -jogador do Rockets deixou a liga americana de basquetebol, de forma prematura, devido às lesões. Após  nove temporadas na NBA, o poste reconheceu que não esperava receber a homenagem.

“Simplesmente,  ocorreu breve demais. É algo  com que eu não podia  sonhar. Agradeço tudo o que o Houston fez por mim, pela oportunidade de vir para aqui, e jogar”, disse Yao Ming. O poste chinês  une-se a outros jogadores do Rockets, que estão no Hall da Fama, e tiveram as suas camisolas aposentadas, no Toyota Center. Entre eles, estão alguns dos maiores nomes da história da NBA, como Hakeem Olajuwon, Clyde Drexler e Moses Malone.

“Em muitas noites, quando andei pela quadra ou joguei aqui, olhava para as camisolas e pensava: essas camisolas são o espírito da equipa de Houston. São honradas, são motivação. Seria uma honra manter essa tradição”, disse o gigante chinês. Os Rockers enfrentaram o Shanghai Sharks, e venceram por 131-94, vão viajar à China na próxima semana. Yao Ming é mais uma vez o grande embaixador da equipa, e da NBA na realização de dois jogos de pré-temporada, no país.