Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Pires Ferreira lamenta postura de Maneda

Melo Clemente - 02 de Novembro, 2019

O antigo presidente de direcção da Federação Angolana de Basquetebol (FAB), António Pires Ferreira, lamentou profundamente a postura adoptada por Hélder Martins da Cruz \"Maneda\", que renunciou o cargo de presidente do órgão reitor da modalidade, quando restam exactamente um ano e dois meses para o termo do seu mandato.
Pires Ferreira, como é conhecido nas lides da \"bola ao cesto\", considera inédito no associativismo desportivo angolano, a decisão tomada pelo antigo homem forte da direcção da Federação Angolana de Basquetebol (FAB).
\"Estou completamente apreensivo e julgo ser algo inédito no associativismo desportivo nacional, o que estamos a testemunhar hoje no basquetebol angolano, modalidade que tantas alegrias deu a este país: esta renuncia sem qualquer explicação aos amantes da modalidade. Eu, particularmente, gostaria de saber afinal o que se passa realmente, para que a modalidade chegasse a este estágio\", desabafou o antigo presidente da Federação Angolana de Basquetebol, cujo mandato ficou marcado por várias conquistas, fundamentalmente, no continente berço da humanidade.
Perante esta tomada de decisão, António Pires Ferreira chegou mesmo a colocar em causa a idoneidade do elenco do antigo homem forte da FAB.
\"Perante todo este estado de coisas, parece-me legitimo questionar a idoneidade das pessoas, que foram incumbidas para dirigirem a modalidade. Portanto, estou muito triste e acho que o basquetebol não merecia estar a passar por estas situações completamente constrangedoras\", finalizou António Pires Ferreira.
Depois de ter anunciado a sua retirada do cargo de presidente da Federação Angolana de Basquetebol, em Janeiro do ano em curso, alegadamente por pressão da comunicação social, aliado a falta de apoios financeiros do Ministério da Juventude e Desportos, Hélder Martins da Cruz \"Maneda\", deu o dito pelo não dito, durante a Assembleia-Geral de Maio último, tendo permanecido na presidência do órgão reitor da modalidade no país.
E, contra todas as expectativas, os amantes da modalidade foram mais uma vez surpreendidos, por Hélder Martins de Cruz, que apresentou recentemente a sua renuncia do cargo ao presidente da Mesa da Assembleia-geral, Agostinho Matamba.
De acordo com o comunicado que o Jornal dos Desportos teve acesso, para além de Hélder Martins da Cruz \"Maneda\" mais cinco membros da direcção decidiram abandonar a federação, fazendo com que a mesma ficasse sem quórum.
Em face disso, a Mesa da Assembleia-Geral da Federação Angolana de Basquetebol, liderada por Agostinho Matamba, deve convocar uma assembleia-geral extraordinária, a fim de nomear uma Comissão de Gestão, para conduzir os destinos da modalidade até a altura do próximo pleito eleitoral, agendado para 2020, altura em que termina o ciclo olímpico.
Ontem, o Jornal dos Desportos procurou ouvir o presidente da Mesa da Assembleia-Geral, Agostinho Matamba, mas, infelizmente, fomos mal sucedidos.