Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Porto reforça plantel de 2017

08 de Agosto, 2017

A equipa portista estreia-se oficialmente na Taça da Europa da FIBA no dia 04 de outubro, data em que disputará a primeira mão da segunda ronda de qualificação frente aos polacos do Ostrow ou aos isrealitas do Bnei Herzliya.

Fotografia: AFP

O FC Porto reforçou a sua equipa principal de basquetebol com a contratação de um trio de norte-americanos, anunciou ontem, o clube da Invicta no seu site oficial. Will Sheehey, Marcus Gilbert e Will Hanley assinaram contrato com os vice-campeões da Liga Portuguesa por uma temporada.

Segundo o técnico portista, Moncho López, estes jogadores trazem à equipa versatilidade, \"dada a capacidade de todos eles conseguirem jogar em várias posições, além de serem muito jovens e de terem provas dadas de carácter, compromisso e motivação\".
Will Sheehey é um extremo de 25 anos, oriundo da norte-americana G-League, na qual foi campeão ao serviço dos Raptors 905, equipa filiada nos Toronto Raptors, da NBA. Foi também campeão da NCAA pela Universidade de Indiana.

Will Hanley tem 27 anos e capacidade de jogar como extremo e poste. É muito forte fisicamente e na luta das tabelas, ostentando vasta experiência europeia.Nas últimas cinco épocas jogou na I Liga de Espanha (ACB), tendo conquistado a nova Liga dos Campeões da FIBA pelo Tenerife. Apresenta as médias de 17,7 pontos e 11,2 ressaltos por jogo.

Já Marcus Gilbert joga a extremo, tem 24 anos e teve a sua primeira experiência internacional na II Liga de Itália. Vem cotado como um excelente triplista (percentagem de 43 por cento de concretização) e média de 15,1 pontos por jogo. O base internacional português Pedro Pinto (ex-Vitória de Guimarães) e o extremo António Monteiro (ex-Lusitânia) são os outros reforços do FC Porto para 2017/18.

A equipa portista estreia-se oficialmente na Taça da Europa da FIBA no dia 04 de outubro, data em que disputará a primeira mão da segunda ronda de qualificação frente aos polacos do Ostrow ou aos isrealitas do Bnei Herzliya.