Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Pr-seleco continua amputada

Melo Clemente - 16 de Junho, 2016

Aprimoramento da condio fsica continua a marcar a primeira semana de preparao do combinado nacional que projecta a sua participao no torneio pr-olmpico de Belgrado

Fotografia: Jos Cola

A  exactamente 72 horas do embarque da pré-selecção nacional de basquetebol em seniores masculino para o Reino deEspanha, onde vai cumprir um estágio pré-competitivo, tendo em vista a disputa do torneio pré-olímpico de Belgrado, Sérvia,  de 04 a 10 de Julho, prova selectiva para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro,  em Agosto, vários são os constrangimentos que têm marcado o início da preparação do combinado nacional.

O poste Yanick Moreira, que na temporada passada representou as cores da formação do Múrcia de Espanha, continua ausente dos trabalhos de preparação da pré-selecção nacional, apesar de estar em Luanda, há sensivelmente três semanas.

Depois de marcar presença no Pavilhão Victorino Cunha na terça-feira, sem no entanto, fazer parte da sessão de treino do combinado nacional, ontem, o internacional angolano não compareceu no quartel-general, onde devia fazer parte da terceira sessão da semana.

O Jornal dos Desportos apurou de fonte segura, que o poste formado nas escolas do 1º de Agosto condicionou a sua presença nos trabalhos da pré-selecção à  uma reunião com os membros de direcção da Federação Angolana de Basquetebol (FAB), liderados por Paulo Alexandre Madeira.

Entretanto, esta informação foi prontamente desmentida pelo secretário-geral do órgão reitor da modalidade, Tony Sofrimento, que assegurou que o poste está a tratar de assuntos pessoas, razão pela qual, não  trabalha com o resto do grupo.

"Desconheço, completamente, esta informação. O que posso dizer-lhe, é que o Yanick Moreira está a tratar de assuntos pessoas, razão por que  continua ausente dos trabalhos de preparação da pré-selecção. Acredito, que logo  que esteja solucionado o problema, o atleta estará à disposição do seleccionador nacional", assegurou Tony Sofrimento.
Quanto ao posto do Recreativo do Libolo, Valdelício Joaquim, um dos convocados para o torneio pré-olímpico de Belgrado, continua ausente dos trabalhos de preparação.
O Jornal dos Desportos apurou que o poste encontra-se em Espanha, a resolver problemas pessoais.

Indagado sobre o assunto, o secretário-geral da Federação Angolana de Basquetebol, Tony Sofrimento, confirmou a informação.
"De facto, o Valdelício Joaquim solicitou dispensa, e está nesta altura a resolver problemas pessoais em Espanha. Acredito, que deve juntar-se ao grupo apenas em Madrid, por altura do estágio pré-competitivo.

Quem também ficou de fora, ontem, foi o internacional Carlos Morais, que pelo segundo dia acompanhou o treino a partir da bancada.
O MVP (Jogador Mais Valioso) da 27ª edição do Campeonato Africano das Nações  de Basquetebol, vulgo Afrobasket, prova disputada em Abidjan,  em 2013, extraiu um dente e está em fase de recuperação.

Ontem, sob comando do preparador físico Miguel Hoyo Ramos, o combinado nacional voltou a aprimorar a componente física dos pré-convocados.
O seleccionador nacional, Carlos António Dinis, trabalhou com os seguintes jogadores: Gerson Gonçalves, Leonel Paulo, Reggie Moore, Armando Costa, Hermenegildo Santos, Edson Ndoniema, Islando Manuel, Felizardo Ambrósio "Miller", Olímpio Cipriano e Roberto Fortes.

PROVINCIAL
Militares e polícias lutam pelo ceptro


As formação de basquetebol sénior feminino do 1º de Agosto e do Grupo Desportivo Interclube defrontam-se hoje, a partir das 19h00, no Pavilhão Victorino Cunha, na terceira partida de play-off da final do campeonato provincial de Luanda, a melhor de três jogos.

Empatadas na eliminatória (1-1), militares e polícias voltam a protagonizar esta noite mais um duelo de gigantes.
Aliás, a igualdade que se regista nesta altura, atesta perfeitamente o quão será difícil a partida de mais logo para os dois contendores.

As militares estão desprovidas das suas principais executantes, designadamente, a experiente Nacissela Maurício, Fineza Eusébio, Letícia André e Sónia Guadalupe, todas sob cuidados médicos, aproveitam mais uma vez o factor casa para ganharem às polícias e conquistarem o título do campeonato provincial a nível de senhoras.

Jaime Covilhã, técnico principal do 1º de Agosto, não esconde o desejo de vencer o desafio de mais logo, diante da similar, o Grupo Desportivo Interclube.
"Apesar de estarmos, algo fragilizados, tudo faremos para mais uma vez vencermos a formação do Interclube, apesar de reconhecermos as qualidades das jogadoras do Interclube", disse.

O mesmo desejo foi manifestado pela Ana Lemos, adjunto do categorizado técnico, Apolinário Paquete.
As polícias pretendem aparecer no máximo da sua força, dado que clinicamente, a formação respira saúde.                                                           M.C