Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Prncipe destaca organizao do torneio de abertura no Bi

Srgio V. Dias - no Cuito - 13 de Agosto, 2014

Presidente est satisfeito com o nmero de equipas que disputam o torneio

Fotografia: Jornal dos Desportos

O presidente da Associação Provincial de Basquetebol (APB) do Bié, Paulo Rufino Eduardo “Príncipe”, destacou, em entrevista ao Jornal dos Desportos, o nível da organização do torneio de abertura da modalidade na região.

Paulo Rufino Eduardo “Príncipe”,  responsável máximo da modalidade da "bola ao cesto" no Bié, sublinha que o torneio serve de antecâmara ao campeonato provincial, que começa a 30 do mês em curso, com a integração de equipas provenientes de alguns municípios.

“O torneio está a ser disputado ao mais alto nível quer em termos de qualidade quer de competitividade. Ao longo do tempo em que estamos a organizar provas provinciais as nossas equipas cresceram bastante."

Paulo Eduardo “Príncipe” disse que o torneio de abertura do Bié serve para dar rodagem competitiva às equipas. Reiterou, igualmente, o facto de as várias formações que a Associação do Bié tem vindo a organizar, em termos de treino e de preparação física, têm sido uma mais-valia. Fruto dessas formações é a qualidade das equipas e dos jogadores estar a melhorar.

Por essa razão, o presidente da Associação Provincial de Basquetebol (APB) do Bié tem a convicção de que outras equipas vão emergir na região, com o apoio que a APB tem dado aos clubes, assim como de algumas Administrações Municipais.

“As Administrações Municipais têm dado apoio às suas equipas, sobretudo em termos de transporte e alimentação, já que este torneio é disputado aqui no Cuito, no Pavilhão do Sporting do Bié. Por isso, estamos satisfeitos com a sensibilidade demonstrada pelas Administrações Municipais."

Paulo Rufino Eduardo “Príncipe” dá  destaca as Administrações Municipais de Cunhinga, Catabola, Andulo e a comunal de Cunje, que    não pouparam esforços para apoiar a competição.
“Neste momento estamos a encetar contactos para ver se a essas Administrações se juntam as dos municípios de Chinguar, Nharêa, Chitembo e Camacupa."

Em masculinos competem no torneio de abertura as equipas de juniores e de cadetes do Sporting do Bié, as equipas da Escola Superior Politécnica, o Desportivo do Cunhinga, Benfica do Cunje, Recreativo da JASK, Projecto Logos e o Sport Andulo e Benfica, que se faz representar também pelos   juniores.
Já em femininos, a competição conta com as equipas de juniores e cadetes do Sporting do Bié e do Recreativo da JASK.

FACTO
Provincial tem data

O presidente da Associação Provincial de Basquetebol (APB) do Bié, Paulo Rufino Eduardo “Príncipe”, disse que o campeonato local da modalidade tem o começo  previsto para o próximo dia 30 de Agosto.
“Este torneio de abertuta termina na penúltima semana deste mês de Agosto e logo a seguir, no dia 30, começa o campeonato provincial, que pode  contar com mais equipas.”

Quanto ao emparceiramento do campeonato provincial, Paulo Eduardo “Príncipe” frisou que vai ser definida ainda esta semana, assim como as datas da realização dos jogos.

O líder da APB do Bié disse, ainda, que de 17 a 27 de Setembro vai organizar-se no Bié o campeonato da II Divisão, prova que serve de apuramento para o BAI-Basket. “Nessa altura o campeonato provincial pára. É nossa pretensão realizar esta prova porque temos grandes ambições e também pelo facto de a província do Bié carecer de alguma qualidade desportiva”, concluiu o presidente da Associação Provincial de Basquetebol (APB) do Bié, Paulo Rufino Eduardo “Príncipe”.
SVD | NO CUITO


MUNDIAL
Dirigente elogia preparação  da selecção


O presidente da Associação Provincial de Basquetebol (APB) do Bié, Paulo Rufino Eduardo “Príncipe”, destacou  o nível de preparação da Selecção Nacional sénior masculina, às ordens de Paulo Macedo, que projecta a sua participação no Mundial da modalidade, em Espanha.

Depois da participação da equipa na Taça Borislav Stankovic, na China, e no Torneio Internacional do Rio de Janeiro, a preparação prossegue na Espanha.

“Nesses torneios as equipas ficaram repartidas em A e B e com o ingressos de novos valores, face ao processo de renovação em curso na Selecção Nacional, os resultados não estiveram muito em causa”, disse Paulo Rufino Eduardo “Príncipe” ao Jornal dos Desportos.
O presidente da Associação Provincial de Basquetebol do Bié “Príncipe” considera mais importante   o trabalho que está a ser feito pela equipa técnica.

“Está a dar-se oportunidade a novos valores que despontam e desta forma trabalha-se para manter a nossa hegemonia em África. É preciso arriscar, é preciso ser-se destemido para manter a  selecção ao mais alto nível, já que Angola é a campeã das campeãs a nível do nosso continente e conta, para o efeito, com um pamarés visível a nível do mundo”, disse o  presidente da Associação Provincial de Basquetebol do Bié.

Príncipe acrescentou que não se deve olhar muito para os resultados, mas sim para a aposta que se faz nesses novos valores que  “vão já ganhando experiência e futuramente podem representar condiganamente a selecção”.

Em relação aos atletas Carlos Morais e Olímpio Cipriano, que se apresentavam com problemas clínicos, Paulo Rufino Eduardo “Príncipe” diz ter confiança na sua plena recuperação. “Pela força interior que carregam e pela responsabilidade que têm de representar mais uma vez  a Nação, isso pode contribuir para a boa participação deles no Mundial."

Depois da retirada de Carlos Almeida da Selecção Nacional, que na óptica de Paulo Eduardo “Príncipe” era um “supercapitão”, hoje o conjunto conta com outros jogadores que podem preencher essa lacuna.

 Olímpio Cipriano,  Mingas, Milton Barros, Joaquim Gomes “Kikas”, Carlos Morais e outros são jogadores experientes e penso que vão saber, condignamente, segurar o nosso balneário, depois da saída de profícuo Carlos Almeida”, disse.

Como homem de basquetebol e pelas contas que tem feito, o responsável da modalidade da "bola ao cesto" vaticina uma boa campanha de Angola no Mundial   de 30 do mês em curso a 14 de Setembro próximo, em Espanha.

“Se a sorte estiver do nosso lado, podemos passar para a segunda fase da competição. Penso ser importante ganhar pelo menos três ou dois jogos dos cinco que vamos efectuar no nosso grupo. É importante dar todo o apoio à Selecção Nacional”, disse.
Angola está no Grupo D ao lado   da Eslovénia, Lituânia, Coreia do Sul, México e Austrália.
SVD | NO CUITO