Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Reggie Moore confirmado

Melo Clemente - 11 de Junho, 2013

Reggie Moore confirmado para Afrobasket

Fotografia: Jornal dos Desportos

O poste norte-americano, Reggie Morre, de 33 anos de idade, 1, 98 centímetros de altura, vai representar a Selecção Nacional no Campeonato Africanos das Nações de basquetebol em seniores masculinos, vulgo Afrobasket, prova a decorrer de 20 a 31 de Agosto próximo, na Costa do Marfim, resolvido que está o processo de nacionalização do atleta, de acordo com Paulo Alexandre Madeira, presidente de direcção da Federação Angolana de Basquetebol (FAB).

“Felizmente o processo de nacionalização do Reggie Moore está quase terminada e acredito que nos próximos dias o atleta tem já o seu bilhete de identidade e o passaporte em sua posse”, asseverou o novo homem forte do órgão reitor da modalidade no país. Paulo Alexandre Madeira fez saber que a utilização do poste do 1º de Agosto na XXVII edição do Campeonato Africano das Nações da Costa do Marfim fica a depender única e exclusivamente do seleccionador nacional, Paulo Macedo.

“Penso com a conclusão do processo de nacionalização, a utilização do Reggie Moore no Afrobasket de Abidjan fica a depender do seleccionador nacional, porque como sabe durante a preparação pode surgir situações que possam impedir com que o atleta dispute o Campeonato Africano”, disse.

Paulo Alexandre Madeira aproveitou a ocasião para agradecer as estruturas de direito que não têm poupado esforços para a resolução do processo de nacionalização.

Para a “operação” Costa do Marfim Paulo Macedo convocou os seguintes atletas:  Armando Costa, Carlos Almeida, Felizardo Ambrósio, Islando Manuel, Joaquim Gomes “Kikas” e Reggie Moore (1º de Agosto); António Monteiro, Edson Ndoniema, Mutu Fonseca, Olímpio Cipriano e Roberto Fortes (Libolo); Carlos Morais, Hermenegildo Mbunga, Leonel Paulo e Paulo Santana (Petro); Eduardo Mingas e Milton Barros (Interclube); Valdelício Joaquim (Hawai University); e Yanick Moreira (South Planes College).
M.C

BASQUETEBOL  
FAB  assiste  homenagem
a Jean Jacques da Conceição


Uma delegação da direcção da Federação Angolana de Basquetebol, encabeçada pelo seu presidente, Paulo Alexandre Madeira, vai testemunhar a 19 do mês em curso, em Mies, arredores de Genebra (Suíça) a cerimónia da Fiba-Mundo que homenageia o antigo internacional angolano, Jean Jacques da Conceição entre outras figuras mundiais, na edição 2013 do Fiba Hall Fame (Hall da fama), segundo apurou o Jornal dos Desportos junto do novo homem forte da FAB. Paulo Alexandre Madeira faz –se  acompanhar no evento  da  secretária-geral do órgão reitor da modalidade no país, Isabel Major, para além do Tony Sofrimento, membro da Comissão de Basquetebol  jovem da Fiba-Mundo.

O evento cujo objectivo é reflectir a história do basquetebol e as suas personalidades vai homenagear 12 figuras mundiais, entre jogadores, treinadores e apoiantes da modalidade. Para Paulo Alexandre Madeira, presidente de direcção da Federação Angolana de Basquetebol, a homenagem que também envolve  o antigo internacional angolano, considerado uma das maiores referências do basquetebol mundial, deve encher de orgulho a todos os angolanos.

“Esta homenagem penso que representa para todos os angolanos um orgulho, termos um atleta nosso do mais alto nível com este reconhecimento internacional. É sem sombras de dúvidas um orgulho para a nação e fundamentalmente para os jovens que possam ter de facto o Jean Jacques como uma referência do desporto a todos os níveis e para o futuro”, disse.

A Fiba-Mundo vai assumir as despesas referente a deslocação e a hospedagem do antigo internacional angolano, que ao serviço da Selecção Nacional conquistou os Afrobasket´s de 1989, 1991, 1993, 1995, 1999, 2001 e 2003, ao passo que o órgão reitor da modalidade vai comparticipar nas ajudas de custo.

"Nós federação apesar do Jean Jacques da Conceição ser  convidado pela Fiba-Mundo e estar a tratar o processo como seu, tomamos a liberdade de participar com as ajudas de custo para os três dias em que permanecer em Genebra", garantiu Paulo Alexandre Madeira. O presidente da FAB convidado pelo organismo que tutela a modalidade no mundo vai aproveitar a sua estada em Genebra para reforçar a cooperação existente entre as federações portuguesas e espanholas.

“Nós vamos aproveitar este evento fundamentalmente para duas situações. Estamos a reestruturar aquilo que é a actividade da nossa escola de basquetebol que trata não da formação mas também dos treinadores e árbitros e vamos manter encontros com os presidentes das federações de Portugal e de Espanha no sentido de reforçarmos a nossa cooperação no âmbito da formação”.

Neste âmbito, estão previstos viagens de quadros da FAB para os países acima referenciados a fim de beberem aquilo que é a estrutura organizativa de ensino por um lado, por outro, “para começarmos a municiarmos de manuais de procedimentos que vão facilitar de certeza todos as acções de formações que temos em carteira”, finalizou.

Nascido aos 3 de Abril de 1964, em Kinshasa, 2,02, Jean Jacques da Conceição praticou a modalidade entre 1982 a 2003, altura em que abandonou a alta competição. Começou no 1º de Agosto, passou  posteriormente pelo Benfica de Lisboa, Unicaja Málaga de Espanha, Limoges de França e Portugal Telecom.


GENEBRA
Paulo Madeira aborda mundial


O presidente da Federação Angolana de Basquetebol, Paulo Alexandre Madeira, vai aproveitar a sua estadia em Genebra, Suíça, palco da cerimónia de homenagem da Fiba-Mundo, para abortar com secretário-geral da Fiba-Mundo, Patrick Baumann, sobre a possibilidade de Angola vir a albergar nos próximos tempos o Campeonato do Mundo de sub-19 em masculinos.

“Sabe que este processo vem de algum tempo, infelizmente por questões da sua agenda o secretário-geral da Fiba-Mundo, Patrick Baumann não visitou o nosso país em Fevereiro, altura em que devia abordar com sua excelência o ministro da Juventude e desportos, doutor Gonçalves Muandumba o dossier Campeonato do Mundo de sub-19. Por isso, vamos aproveitar a nossa estadia para retomar o assunto”, disse.        M.C


AFROBASKET
Federação assina
compromisso de honra


Os compromissos de honra dos integrantes da pré-selecção nacional bem como os contratos com os técnicos começam a ser rubricados hoje, na sede da Federação Angolana de Basquetebol (FAB), sita no Complexo da Cidade Desportiva, de acordo com Paulo Alexandre Madeira. “Temos praticamente tudo preparado para que a pré-selecção nacional começa a sua preparação sem grandes constrangimentos.

Os exames médicos estão decorrer e amanhã mesmo (hoje) vamos começar a assinar os compromissos de honra e os respectivos contratos com os técnicos e atletas”.

De acordo com Paulo Alexandre Madeira, a comitiva deixa a capital do país a 16 do mês em curso, com destino a província do Bié, palco onde o cinco nacional dará início da sua preparação. No Bié, os pupilos de Paulo Macedo vão envolver-se em actividades sociais, com principal realce para visita a hospitais e centros de acolhimentos daquela parcela do território nacional.

No dia 23 a pré-selecção deixa Bié com destino a Benguela, com o regresso para Luanda a 30 do mesmo mês. Posteriormente o grupo embarca para o Reino de Espanha, palco do estágio pré-competitivo. Em terras espanholas estão já confirmados os amistosos frente as selecções Croácia e Eslovénia.
M.C


NBA
Aprovada "venda"
dos Sacramento Kings


A Liga Norte-americana de Basquetebol (NBA) anunciou este domingo a aprovação da venda do "franchise" dos Sacramento Kings a um grupo detido pelo empresário norte-americano, de origem indiana, Vivek Ranadive.

Por unanimidade, o Conselho dos governadores da NBA autorizou a família Maloof, proprietária do "franchise" californiano desde 1999, a fazer a venda, por uma soma estimada de 347 milhões de dólares (cerca de 269 milhões de euros) de acordo com a imprensa norte-americana.

A candidatura de Vivek Ranadive, fundador do grupo de informática TIBCO, foi preferida àquela, apresentada no início do ano pelo director geral da Microsoft Steve Ballmer, que pretendia deslocar a equipa para Seatle.

Desta forma, Ranadive deve vender a sua participação minoritária no "franchise" dos Golden State Warriors, igualmente com sede na Califórnia.Um pavilhão de 18.500 lugares deve ser construído em Sacramento, com uma parte garantida por financiamentos públicos.