Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Seleco alcana primeira vitria

28 de Julho, 2014

Cinco nacional recuperou do desaire da ronda inaugural em que perdeu frente seleco do Brasil por 41-64 partida em que o nervozismo se apoderou dos angolanos

Fotografia: Jornal dos Desportos

A Selecção Nacional de basquetebol de Sub-16 masculina obteve a sua primeira vitória na IX edição dos Jogos da Cplp, ao derrotar ontem de manhã, no Pavilhão Anexo número dois da Cidadela Desportiva, a similar de São Tomé e Príncipe, por 57-39, em partida pontuável para a segunda jornada  da prova.

Depois de ter consentido uma derrota na partida de estreia, frente a selecção brasileira, com quem perdeu por 41-64, a equipa às ordens de Joaquim Pinto voltou a evidenciar algumas insuficiências do ponto de vista táctico perante a sua similar São Tomé,  um adversário referenciado entre os menos cotados.

A combinado nacional entrou mal no quarto inicial, marcado pela impotência no ataque e uma defesa sem consistência, tendo a adversário mostrado melhor discernimento e nível de finalização para obter a vantagem de três pontos, 14-17. O técnico Joaquim Pinto consegui corrigir algumas situações defensivas no segundo período, mas insuficiente para obter uma vantagem superior a escasso um ponto a favor de Angola (28-27), ao cabo dos dois primeiros quartos.

O intervalo veio dar outra postura aos anfitriões, numa altura em que Geraldo Santos e Tárcio Domingos melhoraram o poder de finalização e o ataque de São Tomé encontrava uma defesa mais disciplinada, fruto da qual os pupilos de Joaquim Pinto conseguiram distanciar-se no marcador por sete pontos favoráveis no penúltimo quarto (38-31).

A Selecção Nacional passou a acreditar mais nas suas capacidades, fundamentalmente, no período derradeiro, muito por conta do desgaste físico do adversário, cuja preponderância dos atletas Paulo Carvalho, cestinha da partida com 14 pontos e Cipriano Barreto, 13, já não encontrava a facilidade com que ultrapassavam o último reduto angolano, daí que, a equipa de casa tenha vencido a partida com vantagem de 18 pontos(57-39).

No final da partida, o técnico Joaquim Pinto reconheceu que a equipa não esteve muito bem, sobretudo na primeira parte, porém mostrou-se satisfeito pela forma como reagiu na segunda parte, algo que "permite antever um melhor desempenho nas próximas partidas". No outro jogo, a selecção do Brasil obteve a segunda vitória, ao bater Portugal por 61-41, quando ao intervalo já vencia por 31-16. A selecção  de Moçambique não jogou devido a desistência de Cabo Verde.

TERCEIRA JORNADA
Angola folga por imperativo de calendário

A Selecção Nacional de basquetebol, de Sub-16, masculina, está “impedida” de disputar a terceira jornada dos Jogos da Comunidade de Países de Língua Portuguesa, em virtude da desistência da similar de Cabo Verde, com quem devia medir forças hoje, a partir das 15h00, no Pavilhão Anexo número II da Cidadela Desportiva.

Depois de ter somado três pontos, mercê da vitória de ontem frente de São Tomé e Príncipe (57-39), o combinado nacional era encarado como favorito no jogo de hoje, que em caso de vitória lhe conferia a possibilidade de ficar na segunda posição, uma vez que Portugal perdeu ontem com o Brasil(61-41) e Moçambique,que ontem não jogou devido a ausência de cabo Verde, tem pela frente a selecção de Portugal.

Neste contesto, o Brasil tem a seu favor todas as possibilidades de vencer o torneio, uma vez que, depois de vencer Angola na ronda inicial(64-41) e ontem ter batido Portugal por 61-41, entra com elevado grau de favoritismo na terceira jornada, marcada para às 10h00, no Anexo II, diante da modesta equipa de São Tomé e Príncipe.

Por seu turno, Portugal, que não disputou a primeira jornada, em que devia ter pela frente o grande ausente de Cabo Verde e ontem ter consentido derrota perante o Brasil, detentor do título da última edição no território português, procura obter o seu primeiro triunfo no jogo de hoje, agendado para  às 15h00, frente a Moçambique, que vem de uma vitória sobre São Tomé, na jornada inaugural (55-48).                                               
HJ