Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Seleco B perde na estreia da Taa Borislav Stankovic

Melo Clemente - 01 de Agosto, 2014

A Seleco Nacional de basquetebol B procura hoje a sua primeira vitria na Taa Borislav Stankovic

Fotografia: Jornal dos Desportos

A Selecção Nacional de basquetebol B procura hoje a sua primeira vitória na Taça Borislav Stankovic, quando defrontar, a partir das 9h00, a similar da Eslovénia, em partida a contar para a segunda jornada da competição.

Depois de terem perdido ontem, diante da selecção anfitriã, China, por 55-66, os comandados de Emanuel Trovoada vão tentar surpreender esta manhã a selecção da Eslovénia, décimo terceiro classificado do ranking Internacional, com 158 pontos, contra 143 de Angola.

Refeita do desaire da ronda inaugural, frente à China, a Selecção Nacional, vencedora da Taça Borislav Stankovic de 2008, vai tentar vergar hoje o conjunto europeu que ontem perdeu frente a  similar da Rússia, por 67-70.

Apesar de reconhecer o potencial dos eslovenos, os angolanos estão esperançados em alcançar uma vitória, para continuarem na luta pela final, marcada para o dia 4, segunda-feira.

Ontem, a partida começou de feição para o "cinco" nacional, que saiu a vencer no quarto inicial por escasso  ponto de diferença (11-10). O primeiro período foi o menos produtivo para as duas selecções que estiveram bastante apáticas, principalmente nos aspectos ofensivos.

Liderados por Roberto Fortes e Joaquim Gomes "Kikas", a Selecção Nacional cresceu no jogo, quer defensivamente quer ofensivamente, tendo anotado 19 pontos, contra 22 do seu opositor.

O equilíbrio voltou a prevalecer no terceiro quarto, tendo-se registado um  empate a 14 pontos, perfazendo 44-46, a favor da selecção anfitriã.

No derradeiro período, os angolanos foram completamente ofuscados, fruto de inúmeros erros no capítulo defensivo, onde não se faziam sentir as ajudas. Nesta etapa, a China conseguiu anotar 20 pontos, contra apenas 11 da Selecção Nacional, que teve de se render ao domínio chinês na ponta final do desafio.

O resultado final não sofre qualquer contestação, porquanto a China foi a equipa que soube manter os níveis de confiança em alta. 66-55 foi o resultado final.

O "cinco" nacional volta a entrar em campo amanhã, frente à selecção da Rússia, actual sexta classificada do ranking mundial, com 353 pontos.


Senhoras preparam mundial


A Selecção Nacional de basquetebol sénior feminina concentra-se hoje, a partir das 15h00, numa das salas de reuniões do órgão reitor da modalidade, para preparar o início dos trabalhos, na segunda-feira, dia 4, tendo em vista a sua participação na fase final do Campeonato do Mundo da Turquia, de 27 de Setembro a 5 de Outubro do ano em curso.

O seleccionador nacional, Aníbal Moreira, vai esta tarde abordar o plano de preparação com o grupo de trabalho.

O Grupo Desportivo Interclube e 1º de Agosto forneceram o maior número de atletas, oito cada, e a Universidade Lusíada contribuiu  com  Helena Viegas.

Artemís Afonso e Mafalda Barcelos, ambas a militarem no basquetebol português, e Whitney Miguel, a actuar em França, completam o lote de jogadoras convocadas para o Campeonato do Mundo da Turquia.

O combinado nacional vai trabalhar na capital do país durante três semanas e meia, antes de partir para Lisboa, em trânsito para a cidade de Limoges, França, onde vai disputar o Torneio Internacional, ao lado do país anfitrião, França, Brasil e Moçambique, outro representante do continente africano no Campeonato do Mundo.

De acordo com o plano de preparação, as comandadas de Aníbal Moreira seguem viagem para Lisboa no dia 27, em trânsito para França, rumando posteriormente para  Espanha, no dia 31, a fim de cumprirem um  estágio pré-competitivo, antes de embarcarem para o palco da competição.
A Selecção Nacional defronta a  4 de Setembro, na cidade de Almería, a similar da Sérvia.

Já na cidade de Múrcia, o combinado nacional que vai marcar presença pela primeira vez na fase final de um Campeonato do Mundo, tem agendado um amistoso diante da congénere do Japão, desafio que vai permitir ao seleccionador nacional aferir o potencial das suas jogadoras.

Das 20 convocadas, apenas 15 seguem viagem para França, país onde "cinco" nacional vai começar os jogos de controlo. A partida para Istambul tem lugar no dia 25 de Setembro, dois dias antes do começo do Campeonato do Mundo.

Aníbal Moreira convocou as seguintes atletas: Ana Gonçalves, Fineza Eusébio, Helena Francisco, Letícia André, Luísa Tomás, Nacissela Maurício, Rosa Gala e Sónia Guadalupe (1º de Agosto), Ângelina Golome, Catarina Camufal, Clarisse Mpaka, Elsa Eduardo, Mereciana Fernandes, Nadir Manuel, Ngindula Filipe e Rosemira Daniel (Interclube), Helena Viega (Lusíada), Artemís Afonso, Mafalda Barcelos (Portugal) e Whitney Miguel (França).
M.C


No Brasil
Angola joga hoje
com a Argentina


A Selecção Nacional de basquetebol A sénior masculina despede-se hoje do Torneio Internacional do Brasil, a partir das 18h00, no Maracanãzinho, contra a selecção da Argentina, campeã mundial de 1950, desafio pontuável para a segunda jornada da competição.

Desprovido das suas principais unidades, com realce para Emanuel David Ginóbili  "Manu Ginóbili", campeão da Liga Norte-americana de Basquetebol (NBA), pelo San Antonio Spurs, os argentinos apresentam-se como  favoritos à conquista dos dois pontos em disputa.

 Apear do favoritismo atribuído à selecção da Argentina, o seleccionador nacional, Paulo Macedo, vai procurar montar uma equipa que seja capaz de contrariar as acções ofensivas dos argentinos que, a par de Angola, projectam  a fase final do Campeonato do Mundo de Espanha, prova a decorrer de 30 de Agosto a 14 de Setembro próximo.

Ontem, o "cinco" nacional defrontou o país anfitrião, Brasil, que se faz presente no Torneio Internacional com todos os seus jogadores que actuam na Liga Norte-americana de Basquetebol (NBA).

Amanhã, a delegação angolana deixa a cidade do Rio de Janeiro, com destino a Espanha, a fim de  continuar o seu estágio pré-competitivo.M.C


Contrato
Chris Bosh renova
com os Miami Heat


Chris Bosh renovou esta quarta-feira por cinco temporadas o contrato com os Miami Heat, vice-campeões da NBA, optando por continuar na Florida, ao contrário de LeBron James.

Depois de ter escolhido tornar-se um jogador livre no final da temporada, Bosh acabou por assinar novo contrato com os Heat, no valor de 118 milhões de dólares ao longo de cinco anos.

A maior proposta que Bosh  recusou foi a dos Houston Rockets, equipa onde começou a carreira profissional em 2003.

Ao contrário de LeBron James, que regressou aos Cleveland Cavaliers, Bosh e Dwyane Wade, os outros dois membros do "big three" de Miami, decidiram renovar o contrato com os Heat. Eles ajudaram a franquia a conquistar dois títulos e dois segundos lugares nas últimas quatro temporadas.


NBA
Byron Scott confirmado
como treinador dos Lakers


Os Los Angels Lakers anunciaram a contratação de Byron Scott, antigo jogador do clube que era apontado como mais forte candidato a ocupar o lugar de Mike D´Antoni, treinador que não conseguiu levar a equipa aos play-offs na época passada.

«A capacidade de liderança faz de Byron Scott a pessoa ideal para levar este franchise ao sucesso», disse Mitch Kupchak, director-geral dos Lakers, que devido à política de privacidade do clube não divulgou os dados do acordo. A imprensa fala num contrato de quatro anos avaliado em 17 milhões de dólares.

Ladeado de três lendários jogadores dos Lakers – Magic Johnson, Karrem Abdul-Jabbar e Jamaal Wilkes -, Byron Scott fez a apresentação emocionado: «Há muito que tinha este sonho, ser treinador principal dos Lakers. A paixão que tenho por este clube não fica atrás de nenhuma outra.»
Com 12 anos de experiência acumulada no cargo de treinador – New Jersey Nets (2000-2004), New Orleans Hornets (2004-2010) e Cleveland Cavaliers (2010-2013) -, Byron Scott, eleito treinador do ano em 2008, sabe não vai ser fácil depois da época decepcionante da equipa californiana:

«Vai ser um desafio. Vou fazer tudo o que puder, tudo o que conseguir para levar esta equipa ao lugar que lhe pertence.»
Actualmente com 53 anos, Byron Scott foi base dos Lakers entre 1983 e 1993, sagrando-se tricampeão da NBA em 1985, 1987 e 1988. Jogou ainda nos Indiana Pacers, Vancouver Grizzlies e novamente nos Lakers, antes de terminar a carreira nos gregos do Panathinaikos, em 1998.