Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Seleco de su-17 defronta anfitries

Melo Clemente - 14 de Agosto, 2014

Seleco Nacional enfrenta o Dubai

Fotografia: Jornal dos Desportos

A Selecção Nacional de basquetebol masculina de Sub-17 defronta hoje, a partir das 11h00, o país anfitrião, Dubai, em partida a contar para as classificativas do nono ao décimo sexto lugares do Campeonato do Mundo da categoria.Ontem, o seleccionador nacional, Manuel da Silva "Gi", aproveitou a folga para retemperar as energias da equipa, visando o desafio desta manhã, frente ao Dubai, um adversário que está ao alcance da Selecção Nacional.

Depois de ter falhado o apuramento para os quartos-de-final, mercê da derrota frente ao Canadá, por 59-106, o "cinco" nacional vai procurar ultrapassar esta manhã a selecção do Dubai, conjunto que até aqui não conseguiu qualquer triunfo.  O "trauma" da derrota expressiva frente aos canadianos (59-106) está totalmente esquecido, pelo que Manuel da Silva "Gi" promete um conjunto determinado, na partida desta manhã frente ao país anfitrião.

"Estivemos muito apáticos na partida frente ao Canadá mas creio que diante do Dubai as coisas vão ser  diferentes apesar de jogarmos com a selecção da casa. Vamos tentar jogar o nosso basquetebol e se conseguirmos isso não tenho dúvidas de que a vitória vai ser nossa", prognosticou o seleccionador nacional.Ainda para as classificativas do nono ao décimo sexto lugares, o Japão mede forças com a Itália, as Filipinas defronta a Argentina, ao passo que Egipto, outro representante do continente africano, vai enfrentar a Grécia.Já para os quartos-de-final, os Estados Unidos da América, actuais campeões mundiais, defrontam  a República Popular da China, o Canadá mede forças com a Sérvia, a Austrália vai ter pela frente  Porto Rico, e a França e a Espanha decidem o último passe de acesso às meias-finais.                                                  

PREPARAÇÃO
Angolanos defrontam
porto-riquenhos


A Selecção Nacional de basquetebol sénior masculina defronta hoje, a partir das 19h00, a similar de Porto Rico, em Espanha, na projecção para a fase final da 17ª edição do Campeonato do Mundo, prova a decorrer naquele país de 30 do corrente a 14 de Setembro próximo.Com duas derrotas averbadas até aqui no estágio pré-competitivo, frente à Espanha, por 70-79, e diante do Canadá, vigésimo quinto classificado do ranking da Fiba-Mundo, por 65-89, a Selecção Nacional vai procurar alcançar esta noite a sua primeira vitória, quando defrontar a selecção do Porto Rico.

Os porto-riquenhos que estão dois degraus abaixo no "cinco" nacional  no ranking da FIBA-Mundo (décimo quinto Angola-143 pontos, contra décimo sétimo Porto Rico-115 pontos), vão testar as capacidades dos campeões africanos que procuram a forma desportiva, antes da disputa da fase final do Campeonato do Mundo.Depois de se terem apresentado melhor no desafio frente à Espanha, vice-líder do ranking da FIBA-Mundo, com 885 pontos, os comandados de Paulo Macedo não conseguiram manter os mesmos níveis  diante da selecção do Canadá.

As fragilidades defensivas e ofensivas continuam a preocupar o seleccionador nacional, Paulo Macedo, que vai aproveitar os jogos de controlo para aprimorar algumas debilidades, a fim de efectuar uma boa campanha na fase final do Campeonato do Mundo.Frente ao Canada, Valdélicio Joaquim e Reggie Moore voltaram a estar em grande, para alegria do seleccionador nacional que pretende ver todas as suas principais unidades em grande forma desportiva.                              



AFRICANO
Miguel Lutonda
o rosto mais visível


O antigo base da Selecção Nacional sénior masculina de basquetebol, Miguel Lutonda, hoje treinador adjunto dos sub-17, é o rosto mais visível da delegação angolana que disputa o Campeonato do Mundo da modalidade que decorre no Dubai.O ex-atleta tem sido solicitado por elementos da Federação Internacional de Basquetebol (FIBA) para fotos e curiosidades sobre a equipa nacional.

Miguel Lutonda desperta igualmente a atenção das câmaras, de jornalistas, membros das delegações participantes e até de antigos internacionais presentes no Dubai.O "general", como é tratado nas lides do basquetebol nacional, também tem sido aplaudido e acarinhado pelos poucos, mas incansáveis, adeptos que têm puxado pela Selecção Nacional nos pavilhões Al Shabad e Al Ahli.

BASQUETEBOL 
Brasil falha Arquitecto da Paz


A selecção brasileira de basquetebol em sub-22 não vai disputar a primeira edição do Torneio Internacional  Arquitecto da Paz em seniores masculinos,  de 24 a 26 do mês em curso, no Pavilhão Multiusos do Kilamba, prova enquadrada nos festejos do 72º aniversário do Presidente da República, José Eduardo dos Santos, a assinalar-se no dia 28.O facto foi revelado ontem, ao Jornal dos Desportos, por Fernanda Teixeira, do Conselho Jurisdicional da Federação Angolana de Basquetebol (FAB) e responsável pela área administrativa da primeira edição do Torneio Internacional Arquitecto da Paz.

"Apesar de a direcção da federação ter feito todos os esforços para termos a presença da selecção de sub-22 do Brasil na primeira edição do Torneio Internacional Arquitecto da Paz, fomos mal sucedidos", disse Fernanda Teixeira, tendo assegurado por outro lado, que nos próximos dias a FAB vai prestar mais esclarecimentos sobre o assunto, em conferência de imprensa.Entretanto, a selecção dos Camarões e a Universidade Norte-americana de Louisiana Tech responderam de forma positiva ao convite formulado pelo órgão de tutela da modalidade da "bola ao cesto" no país e devem escalar Luandano dia 22, isto é, dois dias antes do começo da primeira edição do Torneio Internacional Arquitecto da Paz, competição que visa  celebrar os feitos do Chefe de Estado, no que ao desporto dizem respeito.

De acordo  com Fernanda Teixeira, o elenco liderado por Paulo Alexandre Madeira está a trabalhar no sentido de proporcionar as melhores condições de trabalho e de acomodação de todas as delegações participantes da primeira edição do Torneio Internacional Arquitecto da Paz. "Nós estamos a trabalhar no sentido de criarmos todas as condições possíveis para as delegações participantes. Gostava de aproveitar a oportunidade para mais uma vez apelarmos para todas as empresas e pessoas singulares que queiram associar-se à organização desta prova que vai ter uma periodicidade anual. estamos aberto a todo o tipo de apoios", disse Fernanda Teixeira. 

A Selecção Nacional de basquetebol em seniores masculinos que se encontra a cumprir um estágio pré-competitivo, em Espanha, vai aproveitar o Torneio Internacional para encerrar o ciclo de jogos de controlo que efectua, tendo em vista a  participação na 17ª edição do Campeonato do Mundo, prova a decorrer de 30 do mês em curso a 14 de Setembro próximo, em terras espanholas. Angola vai estar ainda na prova que visa enaltecer os feitos do Chefe de Estado  com uma selecção de esperanças. No Campeonato do Mundo de Espanha, Angola figura no Grupo D, juntamente com as selecções da Coreia do Sul, adversário de estreia, no dia 30 do mês em curso, Lituânia, Eslovénia, Austrália e México.A 17ª edição do Campeonato do Mundo vai contar com  a participação de 24 Nações, subdivididas em quatro grupos de seis selecções cada.
MC