Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Seleco de sub-19 na estreia com a Itlia

FRANCISCO CARVALHO - 01 de Julho, 2017

Caminhada para sucesso comea hoje no Cairo

Fotografia: M. achangongo | Edies Novembro

Uma missão. Um objectivo. O cinco nacional estreia-se hoje, às 20h30, na quadra de jogos do Estádio Internacional de Cairo, Egipto, no Campeonato Mundial de basquetebol de Sub-19 diante da Itália. O grupo liderado por Raul Duarte procura representar com dignidade as cores de Angola.

Depois da preparação \"possível\" em solo pátrio, a humildade deve caracterizar o cinco inicial para suprir as lacunas constatadas por Raul Duarte. O jogo colectivo deve superar o individual. Angola está presente com alguns atletas que fazem a estreia no campeonato mundial. Longe da realidade africana, o confronto com a Itália vai definir o percurso e o destino do combinado no evento.

Inserido no Grupo D com os Estados Unidos da América e Irão, outros adversários, a selecção de Raul Duarte deve impor o potencial de campeão africano. Aliás, na veia de cada atleta corre o sangue da tenacidade que caracteriza os angolanos. Foi assim no Rwanda, na fase qualificativa, quando destronou o Egipto do título, é assim hoje.

A defesa com pressão e a transposição tápida para o ataque devem dominar o sistema táctico de Angola. A selecção italiana é composta por atletas que jogam na principal Liga das terras de macarroni. São atletas dotados comgrande impulsão, o que indicia a dificuldade para os extremos e os postes angolanos.

A Selecção Italiana está no Cairo com objectivo de evitar o sétimo título dos EUA. Impulsionados pelas entidades do executivo nacional, Raul Duarte e companhia estão bem servido na componente psicológica. A evidência mais recente é a visita de António da Costa Fernandes, Embaixador na República Árabe do Egipto, ao Hotel que acolhe os integrantes da selecção nacional.

O diplomata angolano manifestou a sua crença de que a selecção nacional tem o potencial para atingir os lugares cimeiros do campeonato mundial. A motivação foi dirigida a Childe Dundão, Cley Cabango, Cristiano Xavier, Milton Valente, Tárcio Domingos, Jonatão Njungu, Glofate Buiamba, Sílvio Sousa, Bruno Fernando, Valdir Manuel, Levy Miguel, Éric Amândio, Rifen Miguel, Celton Miguel e Melvyn da Silva, segundo informações publicadas ontem pela Angop.

Noutros grupos da competição, a Argentina, Nova Zelândia, Coreia e França vão \"digladiar\" no grupo A. Em busca de passe de acesso a outra fase, Alemanha, Egipto, Porto Rico e Lituânia integram o Grupo B. Canadá, Japão e Mali, outro representante africano, figuram no Grupo C.

As boas-vindas às selecções e aos turistas presentes no Cairo acontece a partir das 19h00. A cerimónia de abertura do campeonato do mundo de basquetebol de Sub-19 é orientado por Khaled Abdel Aziz, ministro da Juventude e Desportos do Egipto. A final da competição mundial está marcada para o dia 9 de Junho no mesmo palco de estreia. Os Estados Unidos da América é o papão com seis títulos mundiais.