Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Seleco defronta Qunia apenas hoje

Hlder Jeremias, em Maputo - 23 de Setembro, 2013

Campes africanas defrontam hoje as quenianas para a terceira jornada da fase preliminar

Fotografia: Jornal dos Desportos

A partida da terceira jornada da 23 edio do Campeonato Africano de basquetebol snior feminino, prevista para ontem, no Pavilho de Maxaquene, em Maputo, foi adiada para hoje, devido s alteraes que a organizao foi obrigada a proceder na decorao do piso que acolhe o evento.Os encontros do grupo A, Zimbabwe-Senegal, Egipto-Costa do Marfim, Moambique-Arglia e do grupo B, Cabo Verde-Camares, Angola-Qunia e Nigria-Mali, s podero ser realizados hoje, nos mesmos horrios. O jogo de atraso referente ao Grupo A entre a equipa anfitri e o Zimbabwe, previsto para hoje (que seria dia de descanso) foi realizado no final da tarde de ontem.

A informao caiu como um balde de gua fria para as equipas, que ontem, a poucas horas do incio da primeira partida do grupo B, entre as seleces de Cabo Verde e Camares, foram surpreendidas com a alterao do calendrio que reservava o dia de hoje para o descanso geral. O seleccionador nacional, Anbal Moreira, mostrou-se desagradado ao constatar a realidade no local quando pretendia observar o jogo entre Cabo Verde e Camares, tendo em conta que Angola vai cruzar com a seleco camaronesa na quarta jornada, prevista para amanh.

Anbal Moreira preferiu no fazer qualquer comentrio, mas deixou transparecer o seu desagrado, na medida em que foi obrigado a marcar uma sesso de treinos no perodo da tarde de ontem para dotar a equipa de ritmo competitivo, j que a equipa realizou dois jogos consecutivos e uma pausa forada pode afectar o rendimento do plantel que evidencia paulatina ascendncia do ponto de vista tcnico.

Durante a sesso de treinos realizada no Pavilho Desportivo de Maputo, que se situa a escassos metros do palco da competio, Anbal Moreira e Eliza Pires aproveitaram para corrigir as lacunas ainda existentes no sistema defensivo, sem perder de vista a melhoria no captulo da finalizao, sectores que, nos jogos diante da Nigria e Cabo Verde, estiveram na base do desconforto que as campes africanas tiveram em determinadas etapas de jogo.De resto, a equipa continua determinada em fazer uma campanha prodigiosa, pelo que o desafio frente formao queniana no representa qualquer preocupao para Anbal Moreira e Eliza Pires, a julgar pela plida prestao com que o adversrio se tem pautado nas duas primeiras jornadas.

AFROBASKET
Paulo Madeira critica falhas organizativas


O presidente da Federao Angolana de Basquetebol, Paulo Madeira, mostrou o seu desagrado, em virtude da terceira jornada da fase preliminar do Afrobasket prevista para ontem, ter sido adiada para hoje, sem o prvio aviso s equipas que at ao princpio da manh de ontem estavam convencidas que as partidas seriam realizadas de acordo com o calendrio.O responsvel, que se encontra na capital moambicana a acompanhar a equipa nacional na sua defesa do ttulo africano, teceu fortes crticas organizao pelas lacunas que o evento tem estado a evidenciar do ponto de vista administrativo, facto que, em sua opinio, pode colocar em causa o trabalho que se tem realizado com esmero por parte da equipa tcnica.

Paulo Madeira aponta a inexistncia de um conselho permanente para se colocar todas as questes de interesse e urgncia, como uma falha grave numa competio de vulto e exige que os responsveis do evento melhorem, pois, no se pode permitir que numa prova da dimenso de um Campeonato Africano se tomem decises em cima da hora sem consultar as delegaes das equipas participantes. No dizer do homem forte da FAB, a equipa de Moambique sai beneficiada neste contexto por ter aproveitado o dia de ontem para realizar o jogo de atraso diante do Zimbabwe, depois de sbado ter vencido o Egipto por 105-53.

Estamos a disputar o Afrobasket, que no se trata de qualquer prova, pois representa o evento de maior dimenso no continente, o que exige maior responsabilidade da organizao. Infelizmente deparamo-nos com este tipo de situao pouco abonatria para o desporto e que cria transtornos na nossa programao. S ficmos a saber desta alterao hoje (ontem), quando seria correcto que nos contactassem com a devida antecedncia, desabafou Paulo Madeira. H.J

REACO
Francisco Mabjaia
nega responsabilidade


O presidente da Federao Moambicana de Basquetebol, Francisco Mabjaia, negou as responsabilidades da instituio que dirige sobre o forado adiamento da terceira jornada da fase preliminar da 23 edio do Afrobasket, que a cidade de Maputo acolhe desde sexta-feira ltima at dia 29. Em declaraes imprensa, o tambm presidente do comit organizador do evento disse que o procedimento uma orientao emanada dos rgos decisores da Fiba-Afrique, na pessoa do seu presidente, que orientou a alterao das cores na decorao do piso em que se realizam os jogos.Francisco Mabjaia reconhece que o adiamento tenha causado alguma celeuma entre as equipas que se preparavam para jogar, mas justifica a necessidade de se ter de adiar a jornada pelo facto da nova decorao no ter sido terminada a tempo. H.J

Reconhecimento
Tcnico cabo-verdiano fala de Angola


O tcnico principal de Cabo Verde, Antnio Moreira, apontou a seleco angolana como uma das principais candidatas conquista do 23 Campeonato Africano de basquetebol snior feminino, com palco em Maputo.Em declaraes ao Jornal dos Desportos, o treinador da equipa que desembarcou na capital moambicana utilizando o mesmo avio que Angola, reconheceu a superioridade de Angola no jogo da segunda jornada, disputado sbado, em que as campes africanas vergaram o adversrio por 76-51.

Para o tcnico, a sua equipa ainda tem possibilidades de passar fase seguinte, apesar de consentir duas derrotas nas jornadas iniciais, pelo que confia na capacidade das suas atletas em travar a equipa dos Camares, na terceira jornada do grupo B.Antnio Moreira mostrou-se surpreendido com o adiamento da jornada prevista para ontem mesma hora, mas reiterou o desejo do grupo em fazer o melhor para que no volte a conhecer o sabor da derrota diante de um adversrio que, em termos gerais, est ao alcance do seu plantel.H.J

NBA
Miami Heat repatria Beasley


O Miami Heat acertou com mais um reforo para a prxima temporada da NBA. A equipa actual bicampe da liga americana de basquete assinou um contrato sem garantias com Michael Beasley, que tambm joga como piv, devido sua estatura.O jogador de 24 anos e 2,08m foi a segunda escolha do Draft de 2008, sendo seleccionado justamente pelo Miami Heat. O jogador permaneceu na equipa da Flrida at 2010, quando a franquia o enviou para o Minnesota Timberwolves, a fim de abrir espao salarial para as estrelas LeBron James, Chris Bosh e Dwyane Wade.Na sua primeira passagem pelo Miami Heat, Beasley obteve mdias de 14,3 pontos e 5,9 ressaltos por jogo. Recentemente, representou o Phoenix Suns, clube que o dispensou no vero.Michael viveu o seu melhor momento da carreira connosco. Sentimos que ele pode ajudar-nos agora, disse Pat Riley, presidente do Heat.