Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Seleco Nacional reencontra a Nigria

Silva Cacuti - 31 de Outubro, 2013

Angola e Nigria, recorde-se, voltam a defrontar-se neste campeonato depois de o terem feito na abertura, num jogo em que a seleco nacional saiu derrotada por 39-42.

Fotografia: M. Machangomgo

Aselecção nacional terminou ontem a primeira fase do IV campeonato africano de basquetebol em cadeira de rodas na última posição, após consentir derrota, diante da congénere de Marrocos, por 39-61. Ao intervalo o marcador mostrava 17-24, já favoráveis aos visitantes. A selecção nacional começou a partida com boa percentagem nos lançamentos e defensivamente cumpria os bloqueios. Esta estabilidade no jogo durou pouco tempo. O fulgor da equipa foi-se à passagem do minuto cinco do primeiro quarto, quando a selecção comandou o marcador, 11-10, pela última vez.

Os marroquinos começaram a fazer a sua parte, tomaram a dianteira do marcador e nunca mais de lá saíram. Os poucos espectadores presentes no pavilhão, ainda sublinhavam os pontos conseguidos por ANGOLA, mas na quadra de jogos, apesar do seu esforço, a equipa angolana parecia indiferente aos apelos da claque que se formou. A selecção nacional conseguiu o péssimo registo de fazer apenas dois pontos, em 10 minutos de jogo, em todo o segundo quarto. A equipa precisava do intervalo com urgência. Já que demostrava não estar bem.

Depois do intervalo, a selecção nacional entrou com a mesma vontade que trouxe no início da partida. Mostrou-se mais rápida nos movimentos e com uma defesa à zona deixou os marroquinos desconcertados no ataque. À medida que o tempo avançava a condição física da selecção nacional piorava. Os adversários somavam pontos atrás de pontos e fizeram o seu resultado.

Com esta quinta derrota consecutiva, Angola segura a lanterna vermelha da prova e deve defrontar amanhã a Nigéria, para tentar fugir ao último lugar da classificação. Angola e Nigéria, recorde-se, voltam a defrontar-se neste campeonato depois de o terem feito na abertura, num jogo em que a selecção nacional saiu derrotada por 39-42.

Ficha Técnica

Pavilhão da Cidadela
Arbitragem: Boudra (Arg), Raban (Arg) e Mustafa (Egíp)
Assistência: 500 pessoas
 
Angola António Martins, Adilson João, Pedro António 4, Cananito Alexandre 5, Alberto Dembe, Alcino Panzo, Celestino Ngumbi, Américo Chicomo 2, Antônio Baltazar, Manuel Jamba 13, Alberto Gaspar 8 e Eduardo Sampaio
Treinador: Raul Adriano
 
Marrocos Zouhair 7, Mohamed  6, Anouar 2, Nagib, Mohammed, Mohtaf , Abdelillah 2, Bektali 4, Samir 4, Rida 15, Medhi 9 e Abdelhak 12.
Treinador: Steven Caine
Marcha do marcador: 15-20, 17-41, 28-46 e 39-61

ANGOLA
Artur Adriano

“Faltou calma
a nossa equipa”


O seleccionador nacional de basquetebol em cadeira de rodas, disse no final do jogo que faltou calma a sua equipa. “Acho que faltou calma a equipa. Os nossos atletas não aguentaram a pressão do público. Mas nós vamos entender porque o público puxou pela nossa equipa mas a responsabilidade era enorme. Temos que agradecer o empenho do público e vamos continuar a trabalhar”.

Marrocos

Abdel Al Daodi

“Foi um
  grande jogo”

O treinador do Marrocos fez ontem rasgados elogios a selecção nacional. Foi um grande Jogo. Angola tem uma boa equipa. É jovem. Está a emergir agora e penso que a diferença que há entre as duas equipas é que nós temos oito profissionais que jogam na Europa. De resto, Angola tem uma grande equipa e no futuro terá grandes jogadores”.