Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Seleco realiza ltimo treino

Melo Clemente - 22 de Junho, 2016

Seleccionador nacional ensaia ltimos diagramas antes de partir

Fotografia: Paulo Mulaza

A pré-selecção nacional de basquetebol em seniores masculino que projecta a sua participação no torneio pré-olímpico de Belgrado, Sérvia, de 04 a 10 de Julho próximo, prova selectiva aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em Agosto, realiza hoje a partir das 10h00, no Pavilhão do Victorino Cunha, a última sessão de treinos, antes de rumar para Espanha, palco do estágio pré-competitivo.

Já com os atletas "norte-americanos" (chegados ontem), aliando as dispensas de Armando Costa e Valdelício Joaquim, ambos a tratarem de assuntos pessoais no velho continente (Europa), o seleccionador nacional, Carlos António Dinis, trabalha com o grupo pela última vez em solo pátio, antes de embarcar para a cidade de Madrid, local onde a selecção realiza a etapa derradeira da sua preparação.

Sob a liderança do preparador físico, Miguel Hoyo Ramos, ­espanhol de nacionalidade, os vice-campeões africanos aprimoram a componente física, sem descurar o capítulo técnico e táctico, com realce para a técnica individual, aspecto que o seleccionador nacional considera de suma importância, dado o objectivo traçado para o torneio pré-olímpico, que passa pela qualificação do combinado nacional aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

Mais do que conseguir o apuramento aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, por via do torneio de repescagem, Carlos António Dinis, tenciona colocar o cinco nacional a jogar ao seu mais alto nível no torneio pré-olímpico de Belgrado."Primeiro, precisamos de colocar a Selecção Nacional a jogar ao seu mais alto nível, por altura do torneio pré-olímpico de Belgrado. Sabemos que será uma missão extremamente difícil, mas vamos todos imbuídos do espírito de darmos o nosso melhor", alvitrou recentemente o seleccionador ­nacional à comunicação social.

Entretanto, ontem, na penúltima sessão de treino realizado no Pavilhão Victorino Cunha, o novo capitão dos hendecacampeões africanos, Carlos Morais, tetra campeão africano, foi um dos ausentes.O internacional angolano ficou de fora da penúltima sessão de treino, em virtude de ter se queixado de ligeiras dores na perna esquerda, tendo assistido o ensaio a partir do banco.

O MVP da 27ª edição do Campeonato Africano das Nações de basquetebol em seniores masculino, vulgo Afrobasket, que se disputou em Abidjan, assegurou ao Jornal dos Desportos que amanhã pode integrar o grupo, sem qualquer limitação, dado o tratamento a que está submetido.Na capital espanhola, a pré-selecção nacional que ficou reduzido a 15 atletas dos 17 convocados inicialmente, tem agendada a realização de cinco jogos de controlo, antes de partir para a  Sérvia, para a disputa do torneio pré-olímpico.

Senegal, penta campeã africana, será o primeiro adversário da Selecção Nacional no estágio pré-competitivo. A partida entre angolanos e senegaleses está marcada para sábado em solo espanhol.A Selecção Nacional  disputa o torneio pré-olímpico de Belgrado,  inserida no Grupo A, ao lado da similar da Sérvia, país anfitrião e de Porto Rico, adversária de estreia. No Grupo B estão as selecções do Japão, Letónia e República Checa.

Em Turim,  estão as selecções da Grécia, México e Irão no Grupo A, ao passo que no Grupo B estão as selecções do Itália, Croácia e Tunísia, outro representante do continente africano.Manila é outra sede do torneio pré-olímpico, acolhe as selecções da Turquia, Senegal, outro embaixador do continente berço, e Canadá, no Grupo A, ao passo que no Grupo B estão os combinados de França, Nova Zelândia e o país anfitrião, Filipinas.

Reforços
"Americanos" integram hoje o grupo


Sílvio Sousa e Bruno Fernando, ambos a militarem nos Estados Unidos da América, são as principais novidades da última sessão de treinos da pré-selecção nacional de basquetebol em seniores masculino, que projecta a sua participação no torneio pré-olímpico de Belgrado, a realizar-se de 04 a 10 de Julho, prova selectiva para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em Agosto.

De acordo com Tony Sofrimento, secretário-geral da Federação Angolana de Basquetebol (FAB), os atletas acima referenciados  chegaram ontem ao país no final do dia.O responsável confirmou igualmente a indisponibilidade do jovem Valdir Manuel, que por razões académicas foi "afastado" do grupo de trabalhos.

"Envidamos esforços no sentido de colocar  Sílvio Sousa e Bruno Fernando até ao final do dia de hoje (ontem) em Luanda, a fim de estarem à disposição do seleccionador nacional", asseverou Tony Sofrimento, secretário-geral da FAB.Entretanto, com a confirmação hoje da integração dos dois "estrangeiros", campeões africanos de sub-16, em 2013, no Campeonato Africano das Nações da categoria, competição disputada em Antananarivo, o número de pré-seleccionados para a "operação" pode alargar para 13, que é o número de atletas disponíveis.

A par de Sílvio Sousa e de Bruno Fernando, trabalham para a prova os seguintes jogadores: Hermenegildo Santos, Gerson Domingos, Gerson Gonçalves, Roberto Fortes, Edson Ndoniema, Olímpio Cipriano, Islando Manuel, Leonel Paulo, Felizardo Ambrósio, Reggie Moore e Carlos Morais.O base, Armando Costa, e o extremo poste, Valdelício Joaquim, foram dispensados pelo seleccionador nacional, Carlos António Dinis.Armando Costa e Valdelício Joaquim encontram-se na Europa a tratar de assuntos pessoais, ao passo que o poste Yanick Moreira foi afastado do grupo.       

Baixa
Astro James pode
falhar Jogos do Rio


Depois de Stephen Curry, LeBron James deve ser o próximo a decidir  se fica fora dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Um dia depois de levar o Cleveland Cavaliers ao inédito título da NBA, o MVP (Jogador Mais Valioso) das finais está inclinado em não ir ao Brasil.Segundo a imprensa norte-americana, LeBron ia optar pelo descanso, depois da conquista dos Cavs contra o Golden State Warrios, de reviravolta, após um placar adverso de 3-1. Dessa forma, o astro tomava a mesma decisão de Stephen Curry, Russell Westbrook, James Harden, LaMarcus Aldridge e Chris Paul.

LeBron já disputou três Olimpíadas. Em Atenas, em 2004, aos 19 anos fez parte da selecção norte-americana que ficou com a medalha de bronze após uma derrota para a Argentina na semifinal. Em Pequim,  2008 e Londres, 2012, a equipa dos Estados Unidos conquistou as medalhas de ouro.