Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Selecção trabalha incompleta

Melo Clemente - 14 de Janeiro, 2014

Pupilos de Manuel de Sousa

Fotografia: Jornal dos Desportos

Com o grupo ainda incompleto, a Selecção Nacional masculina de basquetebol de sub-23 realiza esta manhã, às 10h00, no Pavilhão Anexo número dois da Cidadela Desportiva, a sua terceira sessão de treino, por sinal a única do dia, na preparação dos terceiros Jogos da Lusofonia, prova a disputar-se de 18 a 29 deste mês, em Goa, Índia.

Sob a liderança de Manuel de Sousa "Necas", técnico que substituiu Emanuel Trovoada por questões administrativas, a Selecção Nacional de sub-23 começou ontem os trabalhos de preparação. Dos catorze atletas convocados para a "operação" Goa, doze fizeram-se presentes na sessão matinal do dia.

Braúlio Morais, base, e o extremo base António Monteiro, ambos do Recreativo do Libolo, falharam de forma justificada a primeira sessão de trabalho dirigido pela dupla técnica Manuel de Sousa "Necas" e Jacinto Olím "Jabila".

Os atletas acima referenciados seguiram ontem viagem com a equipa do Recreativo do Libolo para cidade das Acácias Rubras, Benguela, onde defrontam hoje, a partir das 18h00, o Sporting de Benguela, em acerto de calendário da XXXVI edição do Campeonato Nacional de basquetebol em seniores masculinos, BAI Basket.

Braúlio Morais, atleta que se transferiu na presente época desportiva do Petro de Luanda para o grémio de Calulo, e António Monteiro juntam-se apenas amanhã ao grupo de trabalho liderado pelo antigo internacional angolano.

Ontem, na sessão matinal, os doze atletas que marcaram presença foram de imediatas submetidos a lançamentos de curta e longa distância, seguindo-se os indispensáveis exercícios de alongamento.

Numa sessão bastante interactiva, Manuel de Sousa "Necas" privilegiou os aspectos tácticos, com principal realce para as transições rápidas defesa-ataque, utilizando inúmeras variantes de dois contra três, três contra um e três contra dois respectivamente.

Os postes Johne Pedro, Zola Paulo, Mutu Fonseca e André Miguel fizeram trabalhos específicos.

O poste Valdelício Joaquim, de dois metros e oito centímetros, foi "excluído" do grupo, por questões familiares. O campeão africano pela Selecção Nacional sénior masculina encontra-se nos Estados Unidos da América.

Para o seu lugar entrou Johne Pedro, atleta de 23 anos de idade, dois metros e oito centímetros de altura, filho do antigo internacional angolano Adriano Baião.

Ainda ontem, mas no período da tarde, a Selecção Nacional realizou um treino conjunto com o Atlético Sport Aviação (ASA).

AVALIAÇÃO
Seleccionador nacional está satisfeito

Apesar de não ter sido o responsável pela convocatória dos atletas, visando os terceiros Jogos da Lusofonia, o seleccionador nacional, Manuel de Sousa "Necas" está satisfeito com o grupo escolhido para a aludida prova.

"Penso que é um grupo equilibrado. Vamos aproveitar o pouco tempo que temos para dotá-los de grande valia técnica por formas a termos um grupo coeso que seja capaz de lutar de igual para igual com as demais selecções", alvitrou o seleccionador nacional de sub-23.

Questionado sobre os objectivos, "Necas" reafirmou que a meta passa por alcançar um dos lugares do pódio, sem no entanto precisar qual dos lugares.
"Nós vamos procurar ganhar todos os jogos. Temos um nome a defender por isso, daremos o nosso melhor mas, isto não significa que vamos ganhar a medalha de ouro", disse.

 Eis os atletas que ontem marcaram presença na primeira sessão de treinos: Edson Ndoniema, Edmir Lucas, Hermenegildo Santos, Islando Manuel e Mutu Fonseca (1º de Agosto), Yuri Swuingui, Johne Pedro e Zola Paulo (ASA), André Miguel e Ngobe Rogério (Interclube), António Matuchapa (Sporting de Benguela) e Edson Ilukilua (Progresso Associação do Sambizanga).
M.C

BAI BASKET
Sporting recebe Libolo


A formação do Recreativo do Libolo pode assumir hoje a liderança de forma isolada da XXXVI edição do Campeonato Nacional de basquetebol em seniores masculinos, em caso de vitória, quando defrontar a partir das 18h00, na cidade de Benguela, o Sporting local, em partida de acerto de calendário do BAI Basket (sétima jornada).

Com 12 pontos na tabela classificativa, a mesma do Petro de Luanda e Interclube, equipas que ocupam as posições imediatas, os libolenses podem atingir hoje os 14 pontos.

Moralizados com o triunfo do último sábado, no Complexo do Dream Space, frente ao 1º de Agosto, actual campeão nacional, a quem venceram por 94-89, o Recreativo do Libolo tentar chamar a si a conquista dos dois pontos em disputa.

Emanuel Trovoada, técnico principal do Sporting de Benguela, vai procurar gerir da melhor maneira possível o seu plantel, em face da maratona de jogos que terá no decorrer desta semana.

Entretanto, ainda hoje, mas em Luanda, o Clube Amigos de Viana recebe no Complexo do Dream Space o Atlético Sport Aviação (ASA), numa partida onde a turma aviadora é claramente superior. Sexta e sábado, o BAI Basket volta a acertar o calendário.
M.C

EM SUB -16
Benfica do Lubango
arrebata terceiro lugar


A equipa feminina de basquetebol do Benfica do Lubango em sub-16 arrebatou ontem, na província de Benguela, o terceiro lugar do Campeonato Nacional da categoria, ao derrotar a similar do 1º de Agosto, por 30-20.

Nas meias-finais, a formação do Benfica do Lubango foi superada pela Grupo Desportivo Interclube, por 20-19, falhando deste modo a disputa da final.
Na outra meia-final, o 1º de Agosto sucumbiu frente ao Sporting de Benguela, 42-43.

As formações do Sporting de Benguela e do Grupo Desportivo Interclube disputaram a final e a equipa da Polícia Nacional levou de vencida por 65-41
Já em masculinos, para as classificativas do quinto ao oitavo lugares, o Progresso bateu o Interclube, por 69-54, e o 1º de Maio de Benguela perdeu com a Casa do Pessoal do Porto do Lobito por expressivos 72-42.

Nas meias-finais o 1º de Agosto derrotou os Formigas por 78-51, e o Petro de Luanda venceu o Sporting de Benguela por 93-55. 1º de Agosto e Petro de Luanda disputaram a final, mas, até ao fecho da nossa edição desconhecíamos o resultado do encontro.
M.C

BASQUETEBOL
Rodman pede desculpas


O antigo jogador norte-americano de basquetebol Dennis Rodman apareceu ontem emocionado no aeroporto de Pequim, na China, pedindo desculpas após uma visita à Coreia do Norte onde cantou os parabéns ao líder do regime, Kim Jong-un.

O jogador, uma antiga estrela da NBA, foi fortemente criticado por não ter abordado as questões dos direitos humanos ou a situação do missionário norte-americano detido na Coreia do Norte.

Por outro lado, Dennis Rodman foi acusado de favorecer as autoridades da Coreia do Norte durante a visita de uma semana onde também participou numa partida de basquetebol entre jogadores do país e antigas estrelas da NBA e que marcaram o aniversário de Kim.

"Eu amo o meu país, a América, eu adoro o meu país e nunca o vou trocar por nada no Mundo", disse Rodman aos jornalistas no aeroporto da capital chinesa.

O antigo jogador, que acabou por pedir desculpas antes de tapar o rosto após "quebrar" a voz, disse não ser nem presidente nem embaixador do seu país, assinalando que apenas quis mostrar que as pessoas podem ser felizes por um dia, sem política. Dennis Rodman mantém desde Fevereiro do ano passado uma relação de amizade com Kim Jong-un tendo mesmo declarado o líder norte-coreano “um amigo para a vida”.
Melo Clemente