Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Selecção viaja motivada

Hélder Jeremias - 17 de Setembro, 2014

Selecção Nacional partiu ontem para a cidade de Cairo onde vai procurar melhorar o quinto lugar do último campeonato africano

Fotografia: Jornal dos Desportos

O técnico principal da Selecção sub-18 feminina, Jaime Covilhã, mostrou-se ontem confiante na capacidade das suas atletas na XIII edição do Campeonato Africano das Nações (Afrobasket), com início marcado para sexta-feira até dia 29 do corrente na capital do Egipto, Cairo.Em declarações ao Jornal dos Desportos, momentos antes do embarque no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, Jaime Covilhã reconheceu que o facto de ir para o palco da maior competição à escala continental sem conhecer os adversários, com quem vai cruzar na fase preliminar, constitui a primeira adversidade.

Contudo, augura uma campanha auspiciosa. O técnico angolano sustenta o seu optimismo em função da excelente forma desportiva das atletas.Apesar de ter assumido o comando técnico da equipa a escassos dias para o início da competição, Jaime Covilhã garante ter conseguido "limar as arestas com base num programa intenso de preparação, no qual foram realizados meia dúzias de jogos de controlo que permitem aferir altos níveis de motivação das atletas".

O treinador afirmou que está crente na subida do rendimento dos níveis competitivos das atletas ao longo do campeonato."Estou motivado pela forma como as atletas souberam interpretar a filosofia de jogo que tratamos de incumbir durante os escassos dias de trabalho. Por isso, creio que vamos para a competição imbuídos na crença de que a melhoria do quinto lugar será uma constatação", disse.Jaime Covilhã assegurou que são jogadoras com quem está familiarizada há bastante tempo, razão pela tenha encontrado "poucas dificuldades de as orientar".

A técnica-adjunta, Jaqueline Francisco, considerou de "muito produtiva" a última semana de trabalho. A especialista afirmou que as atletas evidenciaram níveis altos de progressão quer nos aspectos tácticos quer técnicos, com realce para a defesa, sector em que residia a maior preocupação da equipa técnica. Embarcam para o Egipto as atletas Leopoldina Emídio, Eduarda Gabriel, Joana Bendi, Cristina Correia, Tatiana Jamba, Mariana Manuel, Ruth Paím, Esperança Nunda, Érica Guilherme, Emanuela Mateus Madalena da Silva, Joana António, além da fisioterapeuta Isabel Novais e a estatística Emília Almeida.

TORNEIO INTERNACIONAL
Velha Guarda de Malange vai a Pretória


A selecção provincial de basquetebol de Malanje em velhas guardas vai competir, entre os dias 24 e 27 do corrente, na África do Sul, no Torneio Internacional de Pretória, com o patrocínio exclusivo do Grupo Cabeto, soube ontem o Jornal dos Desportos, por telefone, do seu Presidente do Conselho de Administração, Julião Domingos.Julião Domingos assegurou que a participação dos malanginos na competição em que vão evoluir igualmente antigas glórias do basquetebol sul-africanos (com quatro equipas) e moçambicanos (uma), para além das selecções provinciais de Benguela e de Luanda, enquadra-se na política de apoio social e desportivo do Grupo Cabeto, como forma de ajudar o Executivo a proporcionar bons momentos aos jovens e adultos.

"O nosso grupo empresarial foi solicitado pelas antigas glórias do basquetebol de Malanje no sentido de apoiar a sua participação no Torneio Internacional de Pretória. Tal como das vezes passadas, em que competiram em provas no país, decidimos patrocinar, pois  faz parte da política do Grupo Cabeto ajudar o fomento e não só do desporto nacional, em particular da região malanjina, quer a nível de jovens, como em velhas guardas", disse Julião Domingos.

A confraternização com antigos basquetebolistas do continente (sul-africanos e moçambicanos) é o grande objectivo da presença da selecção malangina no Torneio Internacional de Pretória, segundo Orlando Joaquim, um dos membros da equipa de velha guarda.  De acordo com Orlando Joaquim, em contacto mantido ontem com o Jornal dos Desportos, os trabalhos de preparação da selecção de Malange decorrem sem sobressaltos, numa das quadras polidesportivas da Cidade do Kilamba, em Luanda, sob orientação técnica de Gil Mendes, e a mesma realiza-se duas vezes por semana.

Os participantes, de acordo com o regulamento da competição, vão ficar divididos em dois grupos de quatro equipas cada. Os jogos serão realizados duas vezes ao dia - manhã e tarde - e apuram-se os dois primeiros de cada série para as meias-finais A viagem da comitiva malangina ao Torneio de Pretória acontece na próxima segunda-feira, 22, em voo da companhia Taag. A delegação composta por dez elementos (oito atletas, um treinador e um dirigente) vai ser chefiada por Zé Fernandes. Os oitos jogadores seleccionados pelo técnico Gil Mendes para competir em Pretória são os seguintes: Diogo João, Milton Carvalho, Jojó Carneiro, Inocêncio Simões, Francisco António, Tomé Manuel, António Branco e Alfredo Tchijiluca.
PEDRO AUGUSTO


PORTUGAL
Juízes ameaçam boicotar
início de época por dívidas



A Associação Nacional de Juízes de Basquetebol de Portugal(ANJB) anunciou  domingo um boicote ao início de época da modalidade, se não forem “integralmente liquidados os valores em dívida referentes à época transacta”, conforme nota enviada à Lusa. Conforme o documento, “os juízes já não conseguem retirar mais verbas dos seus orçamentos familiares, de forma a poderem desempenhar a actividade”, razão pela qual a ANJB decidiu que “os juízes de basquetebol não estão disponíveis a iniciar esta época desportiva efectiva, que pode ter início dia 26 de Setembro”.

Esta tomada de posição pode colocar em causa os primeiros torneios oficiais e em última instância, o início do campeonato principal marcado para 26 de Outubro. De acordo com o comunicado assinado pelo presidente associativo José Cassapo, “apesar do actual atraso de mais de seis meses devidos, os juízes estão a frequentar as acções de formação respectivas, em ano de alterações de regras, continuam a suportar todos os custos da deslocação”.